Descoberta nova espécie de urso-d’água ainda mais estranha do que o habitual

Vivia num parque de estacionamento de um edifício de apartamentos, no Japão, uma nova espécie de tardigrada – estranhos animais microscópicos mais conhecidos como ursos-d’água.

Este novo tardigrada foi baptizado Macrobiotus shonaicus e constitui a 168ª espécie destes micro-animais já descoberta no Japão, revelam os investigadores responsáveis pela descoberta no artigo científico publicado esta quarta-feira no PLOS ONE.

Os ursos-d’água são extremamente robustos, capazes de sobreviver nas mais adversas condições, incluindo sob temperaturas negativas de 200ºC, ou positivas de 149ºC, ou até em ambientes com radiação ou no vácuo do espaço, realça o Science Alert. Têm um corpo com menos de um milímetro de comprimento, oito pernas e bocas circulares que lhe dão um ar de constante surpresa.

Sendo tão minúsculos, parece espantoso que esta nova espécie tenha sido descoberta numa pequena amostra de musgo retirada do estacionamento de um apartamento em Tsuruoka, uma cidade na costa japonesa.

“A maioria das espécies tardigrada foi descrita a partir de musgo e líquenes – por isso, qualquer almofada de musgo parece ser interessante para as pessoas que trabalham com estes animais”, explica o bio-cientista da Universidade Keio, no Japão, Kazuharu Arakawa, que se dedica a estudar estes microscópicos seres, em declarações ao Live Science.

Mesmo assim, “foi bastante surpreendente encontrar uma nova espécie à volta do meu apartamento”, confessa o investigador.

As análises efectuadas em laboratório permitiram detectar a presença de 10 ursos-d’água a viverem no pequeno pedaço de musgo. Foram então divididos em cinco pares. As análises posteriores permitiram detectar num dos pares a nova espécie Macrobiotus shonaicus.

“Ovos esparguete”

Estes ursos-d’água têm entre 0.318 e 0.743 milímetros, com o aspecto habitual dos tardigrada, com a boca em forma de O e três filas de dentes. Arakawa explica que podem viver em algas, um dado que o surpreende porque a maioria das espécies do género Macrobiotus é carnívora.

Os ovos são outro factor que espanta o investigador, apresentando uma superfície sólida e filamentos flexíveis, parecidos com esparguete, que sobressaem para fora. Características que “podem ajudar o ovo a aderir à superfície onde é colocado“, revela Arakawa.

Stec et al (2018)

Os “ovos esparguete” dos tardigrada Macrobiotus shonaicus.

Outro aspecto que intriga o cientista é o sexo deste novo tardigrada. “O M. shonaicus tem dois sexos, enquanto outros tardigrada, que são cultiváveis em laboratório, têm sido, sobretudo, partenogenéticos (as fêmeas reproduzem-se sem a população masculina)”, destaca Arakawa.

Deste modo, o cientista repara que a nova espécie “é um modelo ideal para estudar a maquinaria e comportamentos sexuais reprodutivos dos tardigrada”.

Mas o aspecto mais fascinante para Arakawa é a possibilidade de poder estudar melhor a extraordinária capacidade que os ursos d´água têm de adaptação a condições adversas. Em 2017, um estudo científico apurou que os ursos d´água transformam-se em vidro para sobreviver à desidratação.

“Se se procurar uma definição de vida, vai conter, provavelmente, algo sobre reprodução e sobre a execução de reacções bioquímicas direccionadas para alcançar esse objectivo – essencialmente, a vida tem um metabolismo”, repara o investigador.

Mas no caso dos tardigrada, “podem perder toda a sua água corporal, à medida que o ambiente seca”, e, neste “estado anidro-biótico”, “não executam nenhuma bioquímica, nem têm metabolismo”, frisa Arakawa. E conseguem “voltar à vida rapidamente após a reidratação”, acrescenta, concluindo que isto “desafia a compreensão actual da vida e da morte”.

Esta nova espécie Macrobiotus shonaicus pertence ao grupo Macrobiotus hufelandi, o primeiro a ser descoberto em 1834. Começaram por ser encontrados na Alemanha e em Itália, mas, actualmente, há espécimes detectados por todo o mundo. Há mais de 1.200 espécies de tardigrada identificadas em todo o planeta. Apesar disso, estes curiosos micro-animais continuam a ser um grande mistério.

PARTILHAR

RESPONDER

Metallica regressam a Portugal

A banda americana regressa a Portugal a 1 de maio de 2019, num concerto no estádio do Restelo, em Lisboa. O concerto em solo luso da digressão WorldWired será o primeiro de 20 concertos agendados …

Jovem indonésio sobreviveu 48 dias à deriva no Pacífico

Um jovem indonésio sobreviveu 48 dias com a ajuda de uma plataforma para captura de peixe até ter sido resgatado por um cargueiro a cerca de dois mil quilómetros do território norte-americano de Guam, no …

Câmara de Braga condenada a pagar mais 4 milhões pelo Estádio

Construído nos mandatos de Mesquita Machado, o estádio tinha um orçamento inicial de 65 milhões, mas acabou por custar mais de 150 milhões. O Tribunal Administrativo e Fiscal condenou a Câmara de Braga a pagar mais …

Movimento de Rui Moreira confronta António Costa sobre Infarmed

A Associação Cívica Porto, o Nosso Movimento pediu, este domingo, ao primeiro-ministro que esclareça se apoiou o ministro da Saúde na decisão de reavaliar a eventual transferência do Infarmed para o Porto. A associação Porto, o …

Nova acusação de assédio sexual contra juiz nomeado por Trump para o Supremo

O juiz nomeado pelo Presidente dos EUA para o Supremo Tribunal foi acusado por uma segunda mulher, este domingo, de assédio sexual na década de 80.  A New Yorker noticiou, este domingo, que os democratas que …

"Hard Brexit" pode ser o fim do Reino Unido

A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, tem sido alertada por elementos do seu Executivo para o possível desmembramento do Reino Unido, num cenário de saída da União Europeia sem acordo, o chamado ‘hard Brexit’. Após …

Duas sondas japonesas pousaram num asteróide e fizeram História

Pela primeira vez na história, o Homem conseguiu aterrar dois rovers não tripulados num asteróide. A proeza histórica aconteceu este sábado e deveu-se aos japoneses. "Fiquei impressionado com o que conquistamos no Japão. Este é apenas …

Milionário da Somague declara falência e pede perdão de 67 milhões de euros

O ex-presidente da Somague, Diogo Vaz Guedes, declarou falência, pedindo o perdão de dívidas superiores a 67 milhões de euros. O Novo Banco e o BCP estão entre os credores do milionário. O jornal Correio da …

A China está (literalmente) a comprar um país africano

A Zâmbia corre o risco de perder a sua soberania devido à enorme dívida externa que tem com a China. O país poderá ser obrigado a entregar a Pequim a propriedade das suas principais infraestruturas de …

Conselho Superior de Magistratura não abre inquérito a juízes que desvalorizaram violação

O Conselho Superior de Magistratura considera que não existem "erros grosseiros" ou "linguagem manifestamente inadequada" no acórdão que confirma pena suspensa de dois homens julgados em primeira instância por violação. O Conselho Superior de Magistratura não …