Nova espécie de tartaruga gigante encontrada nas Ilhas Galápagos

jdegenhardt / Flickr

Diego, tartaruga gigante macho de Galápagos com mais de 100 anos

A descoberta partiu de uma análise genética a ossos e carapaças encontrados numa caverna em 1906. A comparação com as tartarugas actuais descobriu que as espécies eram diferentes.

Conhecido por ser um sem fim de vida animal e fauna que fascina os cientistas, incluindo Darwin, o arquipélago das Galápagos acabou de nos trazer mais um avanço no estudo da Biologia, com a descoberta uma nova espécie de tartaruga gigante, de acordo com o Ministério do Ambiente do Equador.

A descoberta foi feita depois de serem feitos testes genéticos que encontraram animais a viver na ilha que ainda não tinham sido documentados. O estudo foi publicado na Heredity.

Os investigadores compararam o material genético das tartarugas que vivem atualmente em San Cristobal com ossos e carapaças encontrados em 1906 numa caverna e descobriram que eram diferentes.

Os exploradores na altura nunca chegaram às partes mais baixas da ilha, onde os animais vivem atualmente e por isso, quase 8000 tartarugas correspondem a uma linhagem diferente da conhecida até agora, relata o Science Alert.

“A espécie de tartaruga gigante que vive na ilha se San Cristobal, até agora conhecida cientificamente como Chelonoidis chathamensis, corresponde geneticamente a uma espécie diferente”, revelou o Ministério do Ambiente no Twitter.

A Conservação das Galápagos adiantou que é quase certo que a espécie agora descoberta esteja extinta. O Parque Nacional do território avança que, originalmente, viviam 15 espécies de tartarugas gigantes nas ilhas, sendo que três delas se tornaram extintas já há vários séculos.

Em 2019, um exemplar da espécie Chelonoidis phantastica foi encontrado na ilha Fernandina mais de 100 anos depois desta ter sido considerada extinta. Os cientistas vão continuar a recolher mais amostras de ADN dos ossos e das carapaças para determinarem se as tartarugas que viviam em San Cristobal devem ter um novo nome.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.