Nova Democracia ganha vantagem sobre Syriza em sondagem

EPP / Flickr

Vangelis Meimarakis, líder da Nova Democracia

Vangelis Meimarakis, líder da Nova Democracia

A Nova Democracia registou pela primeira vez uma pequena vantagem sobre o Syriza, numa sondagem para a televisão MEGA, divulgada na noite desta quarta-feira, a dezoito dias das legislativas antecipadas na Grécia.

Na sondagem, a Nova Democracia obteve 25,3% das intenções de voto, contra 25% para o Syriza.

O ex-primeiro-ministro e líder do Syriza, Alexis Tsipras, mantém a popularidade (41,9%), mas o líder da Nova Democracia, Vangelis Meimarakis, obtém nesta sondagem mais opiniões favoráveis (44,3%), contrariamente a anteriores estudos de opinião.

O partido neonazi Aurora Dourada foi o terceiro em intenções de voto, com 5,5%.

Em quarto lugar figura a lista conjunta dos socialistas do Pasok e da esquerda moderada do Dimar, com 5,3%, seguida dos comunistas do KKE, com 5,1%, e do centrista To Potami, com 4,6%.

A Unidade Popular, formada por dissidentes do Syriza, reuniu 4% das intenções, e os nacionalistas Gregos Independentes, parceiros de coligação do Syriza, 3%, o mínimo para ter representação parlamentar.

matthew_tsimitak / Flickr

Alexis Tsipras, primeiro-ministro da Grécia

Alexis Tsipras, ex-primeiro-ministro da Grécia

A maioria dos inquiridos pronunciou-se por outro lado favoravelmente a um Governo de coligação (58,9%), apesar de Tsipras, que venceu as eleições de Janeiro com 36,3%, ter pedido uma maioria absoluta e rejeitado coligar-se com os principais partidos gregos.

Mais de dois terços (68,5%) manifestaram opinião negativa sobre o acordo para um terceiro resgate da Grécia.

Tsipras demitiu-se a 20 de agosto, abrindo caminho a eleições antecipadas a 20 de setembro, a terceira votação na Grécia desde o início do ano.

A sondagem, do instituto GPO, foi feita entre 31 de agosto e 2 de setembro através de entrevistas telefónicas a uma amostra de mil eleitores de todo o país.

/Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. O povo grego fez experiências com a utopia de uns e começa a dar sinais de pragmatismo a outros o que poderá ser entendido como sinal de credibilidade conferida depois dos riscos que assumiu não por Tsypras mas por Varoufakis. Estas sondagens sendo o que são poderão significar que o povo tende a perceber as suas próprias responsabilidades quando vota – Consciência nacional…

  2. Mas se o Syriza vier a ganhar já nada surpreenderá porque eles agora já viraram 360º e já estão mais do que convencidos de que afinal as suas promessas eleitorais não passaram apenas disso mesmo e que a tal afirmação do dracma e da saída da UE foi apenas um sonho de pouca duração, com isso acabaram por convencer os gregos de que afinal será mesmo necessário apertarem o cinto para tentarem sair do atoleiro onde estão metidos.

    • Apenas um ponto de vista: O syriza(Bloquista) pelo aventureirismo do Varoufakis(Tias) perdeu credibilidade – pelas razões que evoca – e Tsypras obrigado a distanciar-se ideologicamente tornou-se um dos iguais! O que fará os gregos não voltar a embarcar numa barcaça a braço humano cujo timoneiro, consciente do “casaco despido”, pressentiu que já ia nu! Logo a alternativa Nova Democracia inspira-lhes mais credibilidade e talvez mais consistência pelo interesse nacional.

Responder a Viés Cancelar resposta

Médicos imigrantes impedidos de ajudar a combater o coronavírus nos EUA

Devido às regras dos vistos, muitos médicos imigrantes estão a ser proibidos de ajudar a combater a pandemia de covid-19 fora do hospital em que trabalham. Os Estados Unidos continuam a sentir em força as consequências …

Espanha insiste em emissão conjunta de dívida europeia "a médio prazo"

A ministra da Economia espanhola diz que o acordo alcançado pelo Eurogrupo "fazia falta", mas insiste que haja emissão conjunta de dívida europeia "a médio prazo". O Parlamento espanhol aprovou, entretanto, a renovação do estado …

Hyundai apresenta conceito de novo elétrico conduzido com joysticks

A Hyundai apresentou o conceito para um novo veículo, chamado Prophecy. O carro elétrico não é guiado pelo tradicional volante, mas sim por dois joysticks. As feiras automóveis estão todas interrompidas devido à pandemia de covid-19, …

Hospital da Cruz Vermelha excluído da rede de combate à pandemia

O Hospital da Cruz Vermelha não vai integrar a "rede covid", criada em resposta à pandemia do novo coronavírus, anunciou esta quinta-feira o executivo, realçando que esta decisão é tomada porque, face à situação atual, …

Coronavírus. Luvas de látex são perigosas quando não utilizadas corretamente

Quase como acontece com as máscaras, caso não sejam utilizadas corretamente, as luvas descartáveis de látex podem ser perigosas, ajudando a disseminar mais facilmente o vírus. A pandemia de covid-19 despertou grande interesse de como as …

Bloco de Esquerda "não vai aceitar austeridade" no pós-pandemia

A coordenadora nacional do Bloco de Esquerda diz que "não vai aceitar austeridade" em 2021, após a pandemia da covid-19, e garantiu que, pelo seu partido, "não faltará maioria" para ajudar Portugal a sair de …

Em Canonica d'Adda, homens e mulheres têm dias diferentes para ir às compras

A presidente da câmara de uma pequena cidade da Lombardia, Canonica d'Adda, em Itália, decidiu que homens e mulheres terão dias diferentes para fazer compras, visando limitar a multidão nas lojas e lutar contra a …

Linhas de crédito alargadas a todos os setores de atividade

O Governo alargou os apoios "à globalidade do tecido empresarial", nomeadamente aos setores do comércio e serviços, dos transportes, do imobiliário, da construção, indústrias extrativas e transformadoras. As linhas de crédito lançadas pelo Governo para apoiar …

Rui Rio: PSD não está a cooperar com o PS, mas com o Governo em nome de Portugal

O presidente do PSD, Rui Rio, afirmou esta quinta-feira que não está a cooperar com o PS, mas com o Governo de Portugal na crise da pandemia, esclarecendo que aquilo que defende é uma lógica …

Seis demissões na direção do Barcelona. "Alguém meteu dinheiro ao bolso"

Seis dirigentes do FC Barcelona apresentaram demissão ao presidente do clube catalão Josep Maria Bartomeu, avança a imprensa espanhola. De acordo com a agência noticiosa EFE, que dá conta das baixas esta sexta-feira, entre as demissões …