Nova bateria de iões de lítio é flexível (e pode suportar condições extremas)

O maior inimigo das baterias é o calor. As baterias de iões de lítio são suscetíveis a acidentes, como incêndios ou até explosões, uma vez que são construídas com combustíveis e materiais inflamáveis. Recentemente, investigadores do Johns Hopkins Applied Physics Laboratory corrigiram o risco de segurança mais significativo da fonte de energia: a combustibilidade.

Reduzir a inflamabilidade de certos dispositivos, como baterias, era um objetivo do grupo de investigadores do Johns Hopkins Applied Physics Laboratory, nos Estados Unidos. Com a cada vez mais crescente procura por armazenamento de energia, os avanços de segurança marcam um passo significativo na transformação da forma como as baterias de iões de lítio são fabricadas e implementadas em dispositivos eletrónicos.

Centrados neste objetivo, os cientistas desenvolveram uma bateria de iões de lítio flexível, capaz de suportar condições extremas – incluindo submersão, corte e até impacto balístico simulado, avança o Tech Explorist.

Os cientistas criaram uma nova classe de eletrólitos water-in-salt e water-in-bisalt – WiS e WiBS, respetivamente – que, quando incorporados numa matiz polimérica, reduzem a atividade da água e elevam os recursos de energia da bateria e o ciclo de vida, eliminando os solventes inflamáveis, tóxicos e altamente reativos presentes nas baterias de lítio atuais.

Konstantinos Gerasopoulos, investigador do APL, explicou que as baterias de iões de lítio são “uma presença constante nas nossas vidas”, pelo que é fundamental “continuar a melhorar a sua segurança”, em prol do avanço da tecnologia de armazenamento de energia.

Desde o início da sua comercialização, no início dos anos 90, os componentes das baterias de lítio não mudaram muito, uma vez que continua a ser usado o mesmo tipo de célula cilíndrica ou prismática.

“Os esforços de nossa equipa concentraram-se na substituição do líquido inflamável por um polímero que melhora a segurança e o fator da forma. Estamos empolgados com o resultado. O nosso estudo revela a usabilidade e o desempenho aprimorados das baterias de lítio flexíveis à base de água que podem ser construídas e operadas ao ar livre”, referiu.

“A primeira geração de baterias flexíveis não era tão dimensionalmente estável quanto as que estamos a fabricar atualmente”, rematou o investigador. O artigo científico foi publicado recentemente na Chemical Communications.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Pessoas que enfrentam bem a manhã são mais saudáveis (e trabalham melhor)

Vários estudos têm demonstrado que algumas pessoas enfrentam as manhãs de forma naturalmente melhor, o que faz com que tenham um conjunto de diferenças cerebrais que as tornam mais felizes quando acordam. Por outro lado, as …

Cavalos, elefantes e peixes. Circo alemão substitui animais por hologramas gigantes

Após muitas críticas e polémicas à volta do uso de animais em circos, o Circo Roncalli decidiu substituí-los por hologramas, tornando-se o pioneiro nesta abordagem futurista. Os circos têm uma história polémica devido ao facto de …

FC Porto 2-3 SC Braga | Vitória no Dragão leva Braga à final da Taça

O Sporting de Braga venceu hoje o FC Porto por 3-2, em jogo da segunda mão da meia-final da Taça da Portugal de futebol, e garantiu um lugar na final da competição. Depois do empate (1-1) …

Mona Lisa: a cadeira escondida que transforma o significado da obra de Da Vinci

O quadro da autoria de Leonardo Da Vinci é a obra de arte mais famosa do mundo. Contudo, há um detalhe que tem passado despercebido: a cadeira onde a misteriosa mulher está sentada. Escondida, mas …

"Projeto Xueliang". O plano chinês para fiscalizar 100% do espaço público

O "Projeto Xueliang" da China tem como objetivo fiscalizar a totalidade do espaço público, transformando vizinhos em agentes de vigilância do Estado. Em 2016, o município de Pingyi, localizado sete horas a norte de Shangai, tinha …

Há quem tome medicamento para cavalos para tratar covid-19, podendo envenenar-se acidentalmente

A pandemia de covid-19 gerou uma série de desinformações, algumas levando as pessoas a tomar medicamentos não prescritos para tratamento da doença, colocando em risco a sua saúde. Quando a cloroquina, medicamento para tratar a malária, …

Parece o "Batmóvel", é movido a energia solar e pode ser produzido em massa

A Aptera Motors está a preparar-se para lançar o primeiro automóvel movido a energia solar a ser produzido em massa até ao final do ano. A Aptera Motors, uma empresa norte-americana, apresentou recentemente o primeiro carro …

George Floyd. Minneapolis ia contratar influencers para combater desinformação durante julgamento de Derek Chauvin

A cidade de Minneapolis, nos Estados Unidos, planeava contratar seis influencers para ajudar a partilhar informações durante o julgamento de Derek Chauvin, o ex-polícia acusado de assassinar George Floyd. De acordo com a CNN, o plano …

Imagens revelam que a Coreia do Norte oculta local onde armazena armas nucleares. EUA planeiam agir

As imagens de satélite mostram que a Coreia do Norte tomou medidas para ocultar uma instalação, que as agências de inteligência dos EUA acreditam estar a ser usada para armazenar armas nucleares. A situação fez …

Antigo primeiro-ministro italiano Matteo Renzi recebeu envelope com duas balas

O antigo chefe do governo italiano Matteo Renzi recebeu, esta quarta-feira, um envelope com duas balas no interior, uma ameaça imediatamente denunciada por toda a classe política. O envelope foi entregue diretamente na sede do Senado, …