Trump rejeita nova acusação de abuso sexual contra Brett Kavanaugh

Michael Reynolds / EPA

O Presidente norte-americano considera que a nova acusação de abuso sexual contra o juiz do Supremo Tribunal dos Estados Unidos é “mentira”. Os democratas, por sua vez, pedem que Brett Kavanaugh seja destituído do cargo.

De acordo com a Deutsche Welle, a nova acusação de abuso sexual contra o juiz do Supremo Tribunal dos Estados Unidos, Brett Kavanaugh, foi divulgada este fim-de-semana pelo New York Times, depois de uma investigação de dez meses.

No artigo publicado este sábado, Max Stier, um ex-colega da Universidade de Yale, disse que viu Kavanaugh numa festa no dormitório universitário na qual os amigos “empurraram o seu pénis contra a mão de uma outra aluna”.

Este novo testemunho corrobora a acusação feita por Deborah Ramirez, uma ex-colega do juiz na mesma universidade, ainda durante o processo de confirmação de Kavanaugh como juiz do Supremo no ano passado, em que afirmou que este mostrou-lhe as suas partes íntimas durante uma festa na universidade.

O artigo do jornal norte-americano informa que pelo menos sete pessoas, incluindo a mãe de Ramirez, tinham ouvido falar sobre este incidente muito antes de Kavanaugh se tornar juiz. Na altura, durante a audiência de confirmação no Senado, o juiz negou as acusações de Ramirez.

O New York Times avança ainda que Max Stier notificou senadores norte-americanos e o FBI sobre este incidente, mas que o caso não foi investigado.

Este domingo, o Presidente dos EUA, Donald Trump, rejeitou os pedidos de alguns democratas para se iniciar um processo de destituição de Kavanaugh. O chefe de Estado, que defendeu ferozmente o juiz durante o seu processo de confirmação, considerou esta nova acusação uma “mentira” e afirmou que o juiz “deveria começar a processar pessoas por difamação” ou então “ter a ajuda do Departamento de Justiça”.

Pelo menos três pré-candidatos democratas pediram a destituição depois da reportagem do New York Times. A senadora democrata Kamala Harris escreveu no Twitter que “Brett Kavanaugh mentiu ao Senado dos EUA e, mais importante, mentiu ao povo norte-americano”.

“Estas novas revelações são perturbadoras. Assim como o homem que o nomeou, Brett Kavanaugh deve ser destituído”, escreveu também na mesma rede social a senadora e pré-candidata à Presidência pelo Partido Democrata Elizabeth Warren.

“Está mais claro do que nunca que Brett Kavanaugh mentiu sob juramento. Deve ser destituído e o Congresso deveria rever a falha do Departamento de Justiça em investigar adequadamente o assunto”, disse, por fim, Julián Castro, ex-secretário de Habitação e também pré-candidato democrata.

Atualmente, o Senado é controlado pelos republicanos, tornando virtualmente impossível um processo de impeachment contra o juiz nomeado por Trump.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. É triste que façam o mesmo “erro” e se esqueçam de referir que a alegada vítima nesta terceira acusação não se recorda do alegado acontecimento alguma vez ter ocorrido. Parece algo bastante importante de referir que foi deixado convenientemente de fora. Duas alegações sem qualquer fundamento não se corroboram uma à outra.

RESPONDER

Proteção Civil quer que bombeiros voltem a ser obrigados a usar cinto de segurança

A estrada mata mais bombeiros do que os incêndios. Por isso, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil criou um grupo específico para analisar o problema. Rui Ângelo, chefe da Divisão de Segurança, Saúde e …

Estratégia prevê rede de bancos de leite materno e revisão das licenças para amamentar

A ENALCP apresentada esta quarta-feira prevê a criação de uma rede nacional de bancos de leite materno e a revisão dos diretos de parentalidade. Ambientes favoráveis deverão ser também revistos. A Estratégia Nacional para a Alimentação …

DGS aconselha grávidas e bebés vegetarianos a tomarem suplementos

A Direção-geral da Saúde recomenda suplementos de vitaminas e minerais para bebés e grávidas com alimentação vegetariana e lembra que a dieta não omnívora no primeiro ano de vida deve estar sempre sob supervisão médica. "A …

Entre os boletins de voto dos emigrantes, também há cheques e contas da luz

Para exercer o seu direito de voto, os eleitores portugueses residentes no estrangeiro deveriam enviar de volta para Portugal a documentação que receberam em casa – um envelope verde com o boletim de voto, dentro …

Ryanair despede 432 trabalhadores em Espanha

A companhia aérea irlandesa Ryanair confirmou esta quarta-feira a sua intenção de despedir em Espanha 432 trabalhadores das suas bases de Girona e Canárias, 327 tripulantes de cabine e 105 pilotos, informou o sindicato USO. Num …

Eleições em Moçambique. Dados preliminares dão vitória a Nyusi

Segundo as projeções de resultados da Sala da Paz, de acordo com valores “preliminares” baseados na leitura dos editais pelos seus observadores, o atual Presidente moçambicano e candidato da Frelimo, Filipe Nyusi, terá sido reeleito …

"Quem acusou Sócrates tem de provar. Se não provar tem de ser punido"

O ex-Presidente brasileiro, Lula da Silva, defende punição de procuradores da Operação Marquês, caso a acusação contra José Sócrates seja arquivada. Esta terça-feira, em entrevista à RTP, Lula da Silva defendeu a punição dos procuradores que …

Na Saúde, Warren torna-se alvo de ataques. Mas o foco é "derrotar Trump"

O maior debate televisivo para umas eleições primárias na história dos EUA juntou 12 candidatos num só palco. Foi o primeiro debate para o qual o ex-vice-Presidente Joe Biden não partiu com vantagem, tendo a …

Trump sugere que os mexicanos são uma ameaça terrorista maior do que o Daesh

O Presidente Donald Trump sugeriu que os mexicanos são uma ameaça muito maior do que o Daesh. Respondendo uma vez mais às críticas sobre ter retirado as tropas dos Estados Unidos (EUA) junto à fronteira …

Grécia. Incêndio em campo de refugiados deixa 600 pessoas sem alojamento

Um incêndio no campo de identificação e registo de migrantes de Vathy, na ilha grega de Samos, deixou 600 refugiados sem alojamento, alertou na terça-feira a organização não-governamental (ONG) Médicos Sem Fronteiras (MSF). "Em Vathy, seis …