Divulgar notícias que “desrespeitem” o Governo russo vai dar cadeia

Kremlin / POOL / EPA

O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, tomou posse para um quarto mandato

A nova lei de Moscovo criminaliza a divulgação das chamadas “fake news” e de notícias que “desrespeitem” o Governo russo. Muitos críticos olham para esta medida de Putin como uma forma de censura disfarçada.

O presidente russo Vladimir Putin assinou, esta segunda-feira, uma lei que permite a condenação de material informativo que seja insultuoso para o Governo russo. A divulgação deste tipo de conteúdo pode levar a uma multa de 20 mil euros e, caso a infração seja reincidente, pode levar até 15 dias de prisão.

A multa será calculada de acordo com o cargo do cidadão em questão. Quanto maior a responsabilidade do cargo, maior será a multa atribuída. Este método já é aplicado noutros tipo de leis russas.

De acordo com a americana NPR, as leis visarão informação online que represente um “claro desrespeito à sociedade, ao governo, aos símbolos do Estado, à constituição e às instituições governamentais”.

As críticas à nova lei não tardaram em aparecer, alegando que isto se trata de uma limitação da liberdade de expressão do povo russo. Dmitry Peskov, um porta-voz do Kremlin, já veio responder às críticas, dizendo que “dificilmente se pode concordar com a opinião de que isto é algum tipo de censura”.

“Esta esfera de notícias falsa e de insultos está sob estrita regulamentação em muitos países do mundo, mesmo em estados europeus. Sem dúvida, que isto tem que ser feito no nosso país”, acrescentou Peskov.

Em declarações à NPR, Matthew Rojansky, diretor do Wilson Center’s Kennan Institute, esta nova lei é “politicamente significativa”, porque a internet até ao momento “permaneceu um espaço relativamente livre para a expressão política, incluindo a oposição ao regime”.

De acordo com o Moscow Times, as leis mais duras de internet introduzidas nos últimos cinco anos “obrigam a que os motores de busca removam alguns resultados da pesquisa, a que serviços de mensagens partilhem chaves de encriptação com os serviços de segurança e a que redes sociais armazenem dados pessoais dos seus utilizadores em servidores nacionais”.

ZAP //

 

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Se forem para a cadeia menos mal; actualmente, alguns dos que ousam apontar o dedo ao Kremlin/Putin aparecem misteriosamente MORTOS!…

RESPONDER

Coloridos e selados. Descobertos no Egito sarcófagos com mais de 2.500 anos

As autoridades egípcias anunciaram esta segunda-feira a descoberta de uma coleção de sarcófagos datados de há mais de 2.500 anos, na zona arqueológica de Sakkara, a sul da cidade do Cairo. Em comunicado, citado pela agência …

Nokia vai criar para a NASA a primeira rede móvel operacional na Lua

O grupo finlandês Nokia vai fabricar para a NASA aquela que será a primeira rede móvel móvel na Lua, como parte de um projeto de base humana permanente da agência espacial norte-americana, foi esta segunda-feira …

Sarkozy acusado de "associação criminosa". Investigação sobre ligações à Líbia continua

Nicolas Sarkozy, o antigo Presidente francês, está a ser acusado de "associação criminosa" como parte de uma investigação sobre o financiamento da sua campanha presidencial de 2007, particularmente acerca dos seus alegados vínculos com o …

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em três milénios

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em quase três milénios, aponta uma nova investigação da Universidade de Massachusetts em Amherst, nos Estados Unidos, e da Universidade de Quebec, no Canadá. As …

NASA apresenta rover "transformer" que vai explorar os penhascos íngremes de Marte

A NASA acaba de apresentar um rover de quatro rodas, denominado DuAxel, que se pode dividir em dois rovers de duas rodas separados. O robô foi projetado para, um dia, explorar alguns dos terrenos mais …

Veneno de vespa pode ter muito "potencial" na composição de antibióticos

Com o passar dos anos, a população começa a ficar mais resistente a certos medicamentos e estes deixam de fazer efeito. Agora, uma equipa de investigadores desenvolveu novas moléculas anti-microbianas a partir do veneno de …

"Ou és infetado ou morres de fome". Trabalhadores da Amazon nas Filipinas denunciam condições precárias

Trabalhadores contratados pela empresa de segurança Ring da Amazon que trabalham em call centers nas Filipinas denunciam condições de trabalho que dizem ser precárias, mostrando-se ainda mais preocupados com a situação por causa da pandemia …

"Momento muito duro". André Almeida sofreu rotura de ligamentos e arrisca paragem longa

O futebolista internacional português André Almeida sofreu uma entorse do joelho direito, que resultou numa “rotura do ligamento cruzado anterior e do ligamento lateral interno”, informou esta segunda-feira o Benfica. O lateral dos encarnados saiu aos …

Apoio à retoma. Empresas com perdas de 25% podem reduzir horário até 33% já esta terça-feira

Empregadores com quebra de faturação igual ou superior a 25% vão poder reduzir até 33% o horário dos trabalhadores, entre outubro e dezembro, segundo a alteração ao regime de retoma progressiva de empresas em crise. O …

Chega quer tornar voto obrigatório e sanções para quem não cumprir

O deputado único do Chega entregou uma nova proposta no âmbito do projeto de revisão constitucional do partido para tornar o voto obrigatório para todos os cidadãos que o possam exercer e sanções para quem …