No Museu do Louvre, os guias vão ser refugiados sírios e iraquianos

juanillooo / Flickr

Museu do Louvre

O Museu do Louvre, em Paris, vai treinar refugiados sírios e iraquianos como guias para os visitantes que solicitam um tour em árabe.

Para os refugiados e requerentes de asilo, é agora gratuito entrar no Museu do Louvre, de acordo com a ABC. Dessa forma, o museu nacional de França vai replicar a mesma estratégia que vários museus em Berlim, na Alemanha, implementaram em 2015 sob o nome de “Multaka” e que, por sua vez, inspiraram vários museus em Oxford, no Reino Unido.

De momento, a área de arte islâmica do Louvre, sob a direção de Yannick Lintz, está em conversações com a fundação saudita Alwaleed Philanthropies para aconselhá-lo a adaptar o programa “Multaka” às prioridades do museu e ao contexto da França.

Esta mesma associação, fundada por Al-Waleed bin Talal e princesa Ameerah, doou 9 milhões de euros ao Museu de Arte Islâmica de Berlim, em 2018, para lançar o “Multaka” e apoiar outras iniciativas.

A associação também doou uma quantia desconhecida de dinheiro ao Louvre para diferentes fins, como redesenhar as suas galerias dedicadas à arte islâmica. Sabe-se, no entanto, que a mesma fundação fez doações de 17 milhões de eurosao museu nacional em 2005 para a criação da sua área de arte islâmica.

De acordo com as declarações de Yannick Lintz à revista de arte The Art Newspaper, a última colaboração entre as duas instituições remonta ao início de 2017, quando a capital francesa ainda estava a recuperar-se dos ataques terroristas de 2015, reivindicados pelo Estado Islâmico.

Lintz espera que um programa de extensão no estilo Multaka nas galerias islâmicas seja “o primeiro passo para as comunidades de refugiados adotarem o museu e abrirem as suas mentes para a cultura internacional”. E com “mais de 30 nacionalidades diferentes” entre o público potencial em Paris, o projeto do Louvre pode estender-se para outros idiomas além do árabe e do francês. Espera-se que mais detalhes sejam anunciados em 2020.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Pés de café" ajudam robôs a andar mais rápido (e sem tropeçar)

Uma das principais aplicações para robôs com pernas é a exploração de locais de desastre. No entanto, para atravessar os escombros, estas máquinas precisam de ter "pés" firmes. Uma equipa de investigadores da Universidade da Califórnia, …

Famalicão 2-1 FC Porto | Dragões falham reentrada

O FC Porto ficou hoje com a liderança da I Liga portuguesa de futebol em risco, ao perder em casa do Famalicão, por 2-1, na 25.ª jornada, que marca o regresso após a paragem devido …

Empresas chinesas compram soja dos EUA apesar de suspensão imposta pelo Governo

Empresas estatais chinesas terão comprado pelo menos três carregamentos de soja aos Estados Unidos (EUA), mesmo após o Governo ter levantado uma suspensão. Esta surgiu depois de Washington afirmar que terminaria com o acordo comercial …

Musk quer bombardear Marte. Pode ser só um "pretexto" para enviar armas nucleares para o Espaço

O plano de Elon Musk de bombardear Marte é apenas um pretexto para o lançamento de armas nucleares para o Espaço, disse o diretor da agência espacial russa Roscosmos, Dmitry Rogozin. Bombardear Marte para tornar o …

Quase 20 mil toneladas de combustível derramadas em rio na Rússia

https://cache-igi.cdnvideo.ru/igi/video/2020/6/2/%D0%BD%D0%BE%D1%80%D0%B8%D0%BB%D1%8C%D1%81%D0%BA.mp4 Quase 20 mil toneladas de combustível foram acidentalmente derramadas num rio no extremo norte da Rússia, levando as autoridades a declarar uma situação de "emergência" e levantando preocupações entre ambientalistas e residentes. Em comunicado, a associação …

Mais verde e mais barato. Suécia segue a Alemanha e instala a primeira turbina eólica de madeira

A Suécia instalou uma nova e interessante turbina eólica: uma torre construída em madeira. A Alemanha também já tem esta nova tecnologia. Construída a partir de materiais de fontes sustentáveis e que oferecem desempenho comparável às …

Já não mostra só as filas do supermercado. App "Posso ir?" também diz se pode ir à praia

A aplicação móvel que permite aos utilizadores consultar as filas e as afluências aos supermercados também mostra como está a praia. Agora, a aplicação "Posso ir?" vai também dizer-lhe se é ou não prudente ir dar …

Discurso xenófobo. Na Áustria, "a islamofobia tornou-se uma forma dominante de racismo"

A Áustria regista um aumento preocupante do discurso xenofóbico, em particular em relação aos muçulmanos e refugiados, alerta um relatório do Conselho da Europa. A Comissão do Conselho da Europa contra o Racismo e a Intolerância …

Um em cada quatro russos acredita que a pandemia é uma invenção

Um em cada quatro russos acredita que a pandemia de coronavírus é uma invenção, de acordo com uma pesquisa realizada pela Escola Superior de Economia de Moscou (HSE). Segundo avançou o site de notícias RBC, citado …

"Botellón" está de volta a Lisboa. Ajuntamentos sem controle podem estar a espalhar o vírus

Há cada vez mais ajuntamentos de jovens em Lisboa, nomeadamente nos bairros típicos, mas também em locais como bombas de gasolina, para o convívio e o consumo de álcool. Um tipo de comportamento que está …