Netos e sobrinhos chamados a pagar lares de idosos

Foto: Tom/Flickr

As comparticipações familiares para o pagamento de lares de idosos devem aumentar com as novas regras que estão em preparação. Adaptações que não eram feitas há 18 anos e que vão também determinar que os netos e os sobrinhos podem vir a ser chamados a pagar as mensalidades dos seus avós ou tios.

O novo Regulamento das comparticipações familiares para o uso dos serviços das Instituições Particulares de Solidariedade Social, especificamente na valência de apoio a idosos, foi aprovado em Dezembro passado e está agora a ser adaptado às regras destas infraestruturas, para ser aplicado. E as alterações devem motivar um aumento nas mensalidades a pagar pelas famílias, conforme admite o presidente da Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade (CNIS), Lino Maia.

“Houve um tempo em que a Segurança Social previa uma beneficiação para idosos com grande dependência, mas hoje isso não acontece e estes são utentes que obrigam a custos mais elevados com pessoal e infraestruturas”, destaca Lino Maia na TSF, considerando que a subida está, assim, relacionada com a longevidade crescente da população idosa.

A TSF apurou que vai haver um aumento da “comparticipação paga por quem está num lar de idosos que sobe de 70 a 85% do rendimento do agregado familiar para 75 a 90% (a diferença varia conforme a dependência do idoso)”.

Todavia, os aumentos terão um limite, garante o Ministério da Solidariedade Social, em nota à referida Rádio, frisando que há “uma cláusula travão” e que “o aumento máximo é de 5%“.

O governo garante também que as novas regras vão favorecer as famílias mais carenciadas.

Quanto ao facto de netos e sobrinhos poderem ser chamados a ajudar a pagar as mensalidades dos seus avós e tios, o Ministério sustenta que “ninguém será forçado a pagar nada”.

ZAP

PARTILHAR

13 COMENTÁRIOS

    • Se estão desempregados, que vão trabalhar!!
      De parasitas está o mundo cheio, e, deviam ter vergonha de viver à custa dos pais/avôs!!!
      Mas criam filhos preguiçosos e depois, além de criem parasitas da sociedade, criam gente que não sabe, fazer nada, nem serve para nada!
      A crise não pode ser desculpa para tudo e há sempre alguma coisa para fazer; haja vontade!!

  1. o meu neto não tem idade para isso,os netos dos demais avós tem?só depois de ser mãe ou pai avô ou avó, é que se pode dar alguma opinião, e mesmo assim uma pessoa de bem não comenta a vida dos outros. Esta pessoa que se chama de eu, diz tudo só eu e mais ninguem, esta pessoa sabe lá o que é a vida,esta pessoa eu, ainda tem a fralda borrada atrás da porta.

  2. As instituições de solidariedade social, inclui uma santa casa, com um playboy a digirir, e que rouba montes de dinheiro a todos os infelizes que ainda pensam que podem ganhar nas raspadinhas e euromilhões…….tudo minado pelos fascistas.

  3. Desculpe, Dª Rosa mas o EU tem toda a razão… a nossa sociedade só se habituam a pedir arroz, massa etc , mas trabalhar, esforçarem-se está quieto que faz calos nas mãos.
    Sou mãe de uma menina de 7 anos, trabalho todo o dia, e só tenho o domingo para arrumar a casa, e se precisar de comida… trabalho mais e poupo mais.
    A nossa sociedade é uma sociedade de parasitas pedintes que só sabem pedir…

  4. A nossa sociedade tem de tudo eu trabalho desde os 10 anos de idade, e graças a deus não cheguei a pobre nem rica,mas tenho idade suficiente para ver o que me rodeia,e o que me rodeia ainda não chegou ao auge,o pior está para vir, o país está a viver a custa de pessoas como eu,não preciso que nimguem me mande trabalhar mas tambem não me sinto no direito de mandar os outros.

  5. Sim a muitas parasitas espalhadas que preferem os subsidio a trabalhar e sem duvida que é uma das razões de realmente quem por vezes precisa de ajuda seriamente não a tem ,sim deviam acabar de vez certos subsídios principalmente a que deles vive a vários e vários anos e nunca ter feito por mudar a sua vida,mas dai a netos e sobrinhos terem de ajudar a pagar situações de pessoas que trabalharam toda uma vida para as ter acho muito mal ,ou seja quem trabalha uma vida e sempre descontou deve ter a sua velhice ajudada pelo estado uma vez que também ajudou os outros ao descontar, mau é dar subsídios a quem nunca descontou e estes sim são as parasitas do mundo pois ainda se gabam de receber sem nunca ter dado nada em troca. Viva Portugal terra dos parasitas

  6. Sou uma de 5 filhos e três dos meus irmãos decidiram colocar os meus pais num lar privado sem.nos consultarem nem a mim nem à minha irmã mais velha (cabeça de casal),fando-nis conhecimento da sua decisão é facto consumado por mensagem telefónica.
    Isto aconteceu há cerca de 2 anos. Embora contrariada pois duas dessas irmãs que tomaram a decisão também geriam os bens dos meus pais, passei a visita-los uma vez por semana e ia vendo algumas coisas que me incomodavam. Tentei chegar a consenso OM.os donos mas a dada altura não foi possível, fui ameaçada de ser posta fora do lar e chamei a GNR, posteriormente passei a estar impedida de entrar no dito lar e já lá vão 6 mese s, contudo continuava a ir lá e à porta entregava um pãozinho de leite com fiambre para darem à minha mãe, fui impedida de o fazer pois disseram-me que a nutricionista não autorizava. Passei então a levar uma flor e à segunda vez que o ia fazer fui inibida de levar mais fosse o k fosse e k nem.me atrevesse a tocar à campainha se quisesse que deixasse um bilhete na caixa do correio. Claro que isto são retaliações pelo facto de ter apresentado queixa crime. Agora esses irmãos que decidiram colocar os meus pais lá vêm pedir dinheiro dizendo que o dos meus pais acabou e que temos que pagar o lar. Eles fizeram tudo sem nos dar conhecimento são os fiadores perante a instituição. Eu dou obrigada a pagar? Ainda por cima um.montante de que não posso dispor?
    Alguém consegue esclarecer-me por favor?
    Antecipadamente grata

  7. Se a mãe do meu pai for para um centro de dia, e não tiver como pagar a mensalidade, o meu pai será obrigado a contribuir para o pagamento da mesma, mesmo não tendo sido informado?
    Qual a lei que diz que podem ir buscar qualquer tipo de rendimento para pagar esse centro de dia?
    Havendo bens, esses podem ser usados para pagar essa dita mensalidade?
    Obrigada

Pure Skies. Empresa desenha cabines dos aviões do pós-pandemia

Desde o início da pandemia, os especialistas têm testado diferentes maneiras de alcançar o distanciamento social em aviões, embora com pouco sucesso. Agora, há uma empresa que está a levar esta ideia até ao próximo …

OE2021. Bloco de Esquerda vota contra na generalidade

O Bloco de Esquerda vai votar contra a proposta do Orçamento do Estado para 2021 na generalidade, anunciou a coordenadora do partido, Catarina Martins. Em declarações aos jornalistas, a bloquista confirmou este domingo que o …

PS ganha eleições nos Açores sem garantia de maioria absoluta

O PS voltou a ganhar as eleições regionais dos Açores, obtendo entre 37% e 41%, o que não garante a maioria absoluta, segundo a projeção à boca das urnas realizada este domingo pela Universidade Católica …

Extinção da fauna em Madagáscar pode dever-se à presença humana (e a mudanças climáticas)

Grande parte da fauna de Madagáscar e das ilhas Mascarenhas foi eliminada durante o último milénio. Neste sentido, uma equipa de cientistas analisou um registo do clima nos últimos 8000 anos nas ilhas. O resultado …

PAN vai abster-se na generalidade. OE mais próximo da aprovação

O partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) vai abster-se na votação na generalidade da proposta de Orçamento do Estado para 2021 (OE2021) na próxima quarta-feira, anunciou a líder parlamentar do partido, Inês Sousa Real. Com a abstenção dos três …

O passado tóxico fica para trás. Asbestos, a cidade "amianto", mudou de nome

A cidade canadiana Asbestos (que significa amianto) ganhou um novo nome, quase 11 meses após o anúncio da votação. Wuase metade dos cerca de 6 mil residentes da cidade canadiana marcaram presença numa votação organizada num …

Menino de 12 anos encontra fóssil de dinossauro com 69 milhões de anos

Nathan Hrushkin, aspirante a paleontólogo de 12 anos, encontrou o fóssil de um dinossauro enquanto passeava com o pai em Alberta, no Canadá. Depois de enviarem uma fotografia ao Museu Royal Tyrrell, ficaram a saber …

Autarca de Cascais associa festa privada de luxo a “número muito expressivo” de casos

O presidente da Câmara Municipal de Cascais associou este sábado uma festa privada, organizada num clube de luxo na Avenida de Liberdade, a "um número muito expressivo de casos" registado no concelho. "A festa de aniversário …

João Almeida acaba em 4.º e faz história no Giro. É o melhor português de sempre na prova

O português João Almeida (Deceuninck-QuickStep) subiu este domingo ao quarto lugar final da 103.ª edição da Volta a Itália em bicicleta, no contrarrelógio da 21.ª etapa, que 'coroou' o britânico Tao Geoghegan Hart (INEOS). O português …

Santo Stefano paga 8.000 euros por ano a quem quiser viver na vila medieval italiana

Santo Stefano di Sessanio, uma vila medieval em Abruzzo, uma região no lado leste do centro-sul da Itália, está disposta a pagar a quem quiser mudar-se e começar um negócio nesta pequena localidade. Uma pequena vila medieval …