Netanyahu divide Israel. Depois de manifestação de apoio, milhares saíram à rua a pedir demissão

Abir Sultan / EPA

Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro de Israel

Milhares de israelitas manifestaram-se, em Telavive, pelo segundo sábado consecutivo para exigir a demissão do primeiro-ministro em funções, Benjamin Netanyahu, indiciado de corrupção pelo procurador-geral de Israel.

O protesto, organizado pelo Movimento por um Governo de qualidade, decorreu na praça Habima, centro da cidade, na presença de políticos e ativistas de esquerda e na sequência do anúncio, na quinta-feira, de que Benjamin Netanyahu será formalmente acusado de fraude, suborno e abuso de confiança.

“Hoje dizemos, com uma voz forte e clara, que não teremos um primeiro-ministro acusado de receber subornos”, declarou Tomer Naor, um dos organizadores do protesto.

A concentração, que segundo os media locais reuniu 5.000 pessoas, o dobro da semana passada. Os manifestantes transportavam cartazes que acusavam o chefe do Governo de “criminoso” e entoaram frases como “Netanyahu demite-te, Israel é mais importante” ou “Democracia forte, Israel forte”.

Este protesto ocorreu apenas quatro dias após milhares de israelitas se terem reunido numa outra praça da cidade em apoio ao primeiro-ministro, que denunciou a acusação como uma “tentativa de golpe” e atacou duramente a justiça e a polícia.

Nessa mobilização, os manifestantes pediram o afastamento do procurador-geral, Avijai Mandelblit, e a prisão de membros específicos da sua equipa.

Apesar de Netanyahu ainda garantir o apoio da maioria do seu partido de direita Likud, a liderança da organização reúne-se na quinta-feira para decidir a eventual convocação de primárias, a apenas seis dias do prazo definitivo fornecido ao Knesset (parlamento) para formar um novo governo e evitar as terceiras eleições legislativas em menos de um ano.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Advogados apontam falhas à investigação da morte de Giovani Rodrigues

Alguns advogados de defesa dos acusados do homicídio de Giovani Rodrigues apontaram, esta quarta-feira, falhas à investigação, desde o apuramento dos factos à condição clínica, com a revelação de que o jovem foi também vítima …

Dia com menos mortes desde 28 de outubro. Mais 830 novos casos

Há mais 830 casos de covid-19 em Portugal. A Direção-Geral da Saúde indica que há agora 1708 doentes com covid-19 internados, menos 119 do que na quarta-feira. O número de doentes nos cuidados intensivos está …

Concelhia do PSD/Sintra tenta contornar Santana (e já aprovou um nome)

Enquanto a direção nacional do PSD tenta convencer Pedro Santana Lopes, a estrutura do PSD/Sintra aprovou o nome de António Pinto Pereira como candidato. Esta quarta-feira, a concelhia do PSD/Sintra aprovou o nome de António Pinto …

TAP com novo voo do Brasil para Portugal a 11 de março

A Embaixada de Portugal em Brasília anunciou, esta quarta-feira, que se irá realizar, a 11 de março, um novo voo entre São Paulo e Lisboa, em "condições inteiramente idênticas" às da viagem de repatriamento ocorrida …

Campos de reeducação servem para reduzir o número de uigures, diz estudo chinês

Um relatório chinês confirma que os campos de reeducação para onde o Governo envia os uigures da província de Xinjiang têm como objetivo diminuir a população uigur. O documento foi publicado acidentalmente online Depois de uma …

Merkel cede e aceita levantamento progressivo das medidas. França estima que situação melhore em abril

A chanceler alemã, Angela Merkel, aceitou na quarta-feira um levantamento progressivo das restrições contra a pandemia na Alemanha, cedendo a um descontentamento crescente na opinião e no próprio governo a sete meses das eleições legislativas. Ao …

Não tem de "haver culpados" no incêndio que matou cães em Santo Tirso, diz Governo

A secretária de Estado da Administração Interna, Patrícia Gaspar, defendeu ontem que “não tem de haver culpados” no incêndio de julho de 2020 que vitimou mais de 70 animais em dois abrigos ilegais em Santo …

Diagnóstico de grupo de peritos confirma cenário negro na Saúde Pública

A Comissão para a Elaboração da Proposta de Reforma da Saúde Pública e Sua Implementação pinta um retrato negro do estado da Saúde Pública em Portugal. Em fevereiro do ano passado, a ministra Marta Temido nomeou …

"Raciocínio Neandertal". Biden critica fim das máscaras obrigatórias no Texas

O Presidente norte-americano criticou, esta quarta-feira, a decisão do governador do Texas de acabar com a obrigatoriedade de utilização de máscara, classificando-a de "raciocínio Neanderthal". "Estamos à beira de ser capazes de mudar fundamentalmente a natureza …

Joacine já exonerou quatro assessores desde que saiu do Livre

Silavnia de Barros e Inês Beleza Barreiros saíram do gabinete de Joacine Katar Moreira. A deputada não-inscrita já exonerou quatro assessores desde que se desvinculou do Livre. Esta quarta-feira, um despacho publicado em Diário da República …