“Nenhum deputado do PSD tem moral para falar dos preços da TAP”, diz Pedro Nuno Santos

António Cotrim / Lusa

O ministro das Infraestruturas e Obras Públicas, Pedro Nuno Santos

O ministro das Infraestruturas e Obras Públicas, Pedro Nuno Santos, afirmou que “nenhum deputado do PSD tem moral para falar da TAP”, durante a Comissão de Orçamento e Finanças para debater o Orçamento de Estado de 2020 (OE2020), que decorreu na terça-feira. Na mesma audição, disse que “não há tempo, nem dinheiro” para estudar outras localizações para o novo aeroporto.

Segundo noticiou o ECO, durante a audição no Parlamento, o deputado do PSD Paulo Neves questionou Pedro Nuno Santos sobre os montantes cobrados pela TAP nas viagens à Madeira. Em resposta, o ministro indicou que se o PS não tivesse revertido o processo de privatização da empresa, nem sequer se poderiam questionar esses preços.

“Hoje, só estamos a falar da TAP porque se conseguiu garantir 50% da empresa em 2015. Porque o PSD privatizou a TAP, entendia que a TAP deveria ser privatizada”, começou por responder Pedro Nuno Santos, referindo que “se o Estado não estivesse na TAP”, a preocupação da empresa com os preços cobrados aos madeirenses “era muito menor”.

O ministro continuou: “Se fizéssemos o que o PSD queria, [os portugueses] comiam os preços e calavam. Só estamos a discutir aqui hoje os preços da TAP porque um Governo socialista reverteu [o processo de privatização], se não o PSD – responsável pela privatização que travámos – não colocava aqui a questão”.

“Nenhum deputado do PSD tem moral para falar da TAP”, acusou. “Se o Estado não estivesse na TAP, tenho dúvidas que a TAP ainda cá estivesse”, frisou, acrescentando que “foi muito difícil voltar a ter 50% da TAP”.

E rematou: “Se há partidos que não se podem queixar dos preços praticados pela TAP são o PSD e o CDS. Vocês queriam que a TAP fosse uma empresa 100% privada. PCP e Bloco de Esquerda podem queixar-se, mas vocês [PSD] podem queixar-se zero”.

Apesar da participação de 50%, Pedro Nuno Santos reconhece que o Estado “não tem influência na gestão corrente da empresa”.

“Não há tempo, nem dinheiro”

Durante o debate, o ministro afastou a hipótese de estudar outras alternativas em relação ao futuro aeroporto, fechando a localização Montijo. “Há uma autorização ambiental para construção do aeroporto do Montijo. Todos os investimentos têm impacto ambiental. Não temos tempo nem dinheiro para estudar novas localizações. Já lá vão 17 estudos de localizações. Esta é a melhor solução”, revelou Pedro Nuno Santos, citado pelo Jornal i.

ANA / VINCI Aeroportos

Projeto para novo Aeroporto no Montijo

De acordo com o próprio, a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) é uma entidade “independente”, ao contrário do que sugerem algumas associações ambientais e de contestação à construção do aeroporto do Montijo.

“Acreditamos na APA”, referiu, acrescentando que, atualmente “estamos a perder dezenas de milhões de euros, centenas todos os dias, porque o aeroporto de Lisboa não pode receber a quantidade de voos que procuram todos os dias” aquela infraestrutura. Essa perda “são menos receitas, são menos empregos, perde o povo português”, garantiu.

Desta forma, rejeitou a solução defendida por Pedro Santana Lopes e Carmona Rodrigues, que apontaram Alverca como solução, que foi apresentada ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e previa a construção de mais uma pista e a capacidade de gerir 75 milhões de passageiros e 500 mil movimentos anuais de aviões.

Relativamente à extensão do Metro para Cascais considerou que “seria um erro gigantesco” e “um desastre para a população”, visto que “não é possível nenhum metro ligeiro” competir com a quantidade de passageiros que suporta o comboio.

O ministro lembrou também que o Porta 65, programa de apoio ao arrendamento jovem, conta com uma dotação de 20 milhões de euros. Um valor que, destacou, representa uma subida de dois milhões de euros.

Na audição foi ainda discutido o tema dos CTT, com o governante a garantir que entrada do Estado no capital dos CTT “não está excluída”. O atual contrato de concessão dos CTT termina no final deste ano e Pedro Nuno Santos lembrou que “só há quatro países que têm empresas de correios totalmente privatizadas”: Holanda, Reino Unido, Malta e Portugal.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. E tem toda a razão!!
    Os mesmos que entregaram a TAP de “mão beijada” a uns vigaristas, agora estão preocupados com os preços?!
    Está boa!…

Responder a Eu! Cancelar resposta

Disney+ alerta para estereótipos racistas. Filmes clássicos com avisos sobre "maus tratos"

Embora já exibisse mensagens padrão desde o ano passado, a nova plataforma de vídeo Disney+ mostra agora um aviso, que não pode ser passado à frente, no início de vários filmes clássicos - como Dumbo …

Curados da covid-19 continuam com sintomas meses depois de terem contraído o vírus

Um estudo da Universidade de Oxford indica que 64% dos pacientes hospitalizados com o novo coronavírus apresenta falta de ar 2 a 3 meses depois de serem infetados. E quase 40% tem sintomas de depressão. Já …

Portugal vai estar no Mundial sub-20 (sem jogar o apuramento)

Todas as fases do Europeu sub-19 foram canceladas e a seleção portuguesa foi uma das eleitas para participar no Mundial do próximo ano. Portugal já sabe que vai estar na fase final do Mundial sub-20 (se …

Novos implantes cardíacos podem salvar 10 mil vidas por ano

O chamado envelope antibiótico envolve o implante cardíaco e previne infeções no paciente. Por ano, morrem cerca de 10 mil pessoas devido a infeções geradas pelo implante. O pacemaker é um pequeno aparelho que é colocado …

Banda dá concerto com músicos e público envoltos em bolhas de plástico para evitar contágio

A banda norte-americana Flaming Lips utilizou bolhas insufláveis ​​de tamanho humano num concerto em Oklahoma, uma solução para proteger os músicos e o público do novo coronavírus, enquanto tenta encontrar uma forma segura para atuar …

EUA. Especialista diz que as próximas semanas "vão ser as mais negras de toda a pandemia"

Um especialista em doenças infecciosas disse que no caso dos Estados Unidos, as próximas seis a 12 semanas vão ser as mais negras de toda a pandemia de covid-19. Michael Osterholm, diretor do Centro de Investigação …

Chelsea inscreve... Petr Cech

Antigo guarda-redes poderá voltar aos relvados nesta época, embora seja pouco provável, para já. Petr Čech entrou em campo pela última vez em maio de 2019, há quase um ano e meio. Já tinha anunciado a …

Disparos de satélites e naves do Star Trek? Relatório revela como seria uma guerra no Espaço

A criação da Força Espacial dos Estados Unidos evocou todos os tipos de noções fantasiosas sobre o combate no Espaço. Assim, um novo relatório explica o que é física e praticamente possível quando se trata …

Japão prepara-se para lançar água tratada de Fukushima no mar

O Japão vai libertar mais de um milhão de toneladas de água tratada da usina nuclear de Fukushima no mar, numa operação que levará cerca de 30 anos para ficar concluída. Ambientalistas e pescadores locais …

Turismo de mergulho? Submarino da "frota perdida" de Hitler aguarda o seu destino no fundo do Mar Negro

Coberto por “redes fantasmas” deixadas por pescadores, os destroços de um submarino U-20 enviado para o Mar Negro pela Alemanha nazi tornou-se recentemente tema de um documentário produzido na Turquia. Localizado a uma profundidade de 20 …