/

Nem de propósito, o enorme asteróide TB145 parece uma caveira

Arecibo Observatory / National Astronomy and Ionosphere Center

O enorme asteróide 2015 TB145 que passou pela Terra no Halloween tem o tamanho de 4 estádios de futebol e parece uma caveira

O enorme asteróide 2015 TB145 que passou pela Terra no Halloween tem o tamanho de 4 estádios de futebol e parece uma caveira

A NASA chamou-lhe uma “Abóbora Gigante”, outros chamaram-lhe “estarrecedor”. Mas a imagem do asteróide 2015 TB145, que este sábado de Halloween passou a rasar a Terra, é tão parecida com uma caveira, que até assusta.

A imagem do 2015 TB145 foi captada esta sexta-feira, pelos astrónomos do Observatório de Arecibo, em Porto Rico, e revela um asteróide com uma superfície irregular, com depressões em certas zonas que lhe dão a aparência de um crânio humano.

A imagem é obviamente uma ilusão de óptica, criada pela pareidolia, fenómeno pelo qual o cérebro humano reconhece formas e padrões familiares onde na realidade não existem.

É este fenómeno que nos permite reconhecer formas nas nuvens que vemos no céu.

Esta é apenas uma das várias imagens do 2015 TB145 captadas pelo Observatório de Arecibo, que o mostram a girar sobre si próprio com  um período de rotação de 5 horas.

“As zonas claras e escuras são indícios de irregularidades à superfície” diz o astrónomo James Richardson, do Radar Planetary Group of Universities Association, citado pelo Space.com.

“Por exemplo, a característica central escura pode ser uma grande depressão circular – possivelmente, uma cratera de impacto” – diz Richardson.

O asteróide 2015 TB145 passou com segurança pela Terra, a uma velocidade de 126.000 km/h e à distância de cerca 480.000 quilómetros, menor do que a inicialmente estimada:  cerca de 1,3 vezes a distância entre a Terra e a Lua.

Observações de radar do asteróide mostraram que ele é ainda maior do que o esperado – tem 600 metros de largura. É 28 vezes maior que o meteoro de Chelyabinsk, que entrou na atmosfera terrestre, sobre a Rússia, em Fevereiro de 2013.

O 2015 TB145 foi descoberto no passado dia 10 de outubro – apenas 21 dias antes da sua chegada à Terra – pelo observatório Pan-STARRS, no Havai. A NASA estima que possa ser o maior corpo cósmico conhecido a aproximar-se do planeta Terra até ao ano de 2027.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.