Nem a DGS nem a Segurança Social sabem o número real de infetados em lares

O Governo tem vindo a dizer que os lares de idosos são uma “prioridade total” em plena pandemia, mas não conhece o problema em detalhe. A DGS conta que sejam mais de 4.700 infetados, mas não tem número real, já a Segurança Social aponta para 3.200 casos e remete para a DGS.

Nos últimos meses, a pandemia tem vindo a causar muitas vítimas por todo o mundo, mas as há uma classe que tem sido mais sacrificada: os idosos. Nas últimas semanas o Governo admitiu usar uma estratégia para estar mais atento às necessidades dos lares, ainda assim existem algumas falhas. A Segurança Social e a Direção-Geral da Saúde (DGS) não sabem ao certo quantos utentes já foram infetados em lares de idosos desde o início da pandemia.

Questionada pelo Observador, a autoridade de saúde respondeu que, no que respeita às estruturas residenciais para idosos (ERPI), só dispõe de “dados acumulados relativamente aos óbitos” – que até ao passado dia 20 tinham sido 774  – e sobre o número de infetados atualmente.

Num e-mail enviado pela DGS ao Observador, a fonte afirma que que existem “662 utentes e 335 profissionais infetados, e 74 ERPI com registo de casos positivos. No final de abril, havia 2512 utentes e 1197 funcionários infetados em 365 lares, o que significa que atualmente há uma redução de 73% no números de casos”. Apresentando assim dados antigos, e que não permitem tirar conclusões sobre a situação atual.

Ao Observador, a fonte da DGS explicou ainda que a entidade com acesso a dados mais apurados sobre o assunto é o Instituto da Segurança Social, uma vez que a tutela das ERPI pertence ao ministério liderado por Ana Mendes Godinho. Contudo, e depois do Observador tentar ter acesso aos dados através desta instituição, o Instituto da Segurança Social voltou a passar a “batata quente” à saúde.

De acordo com a Segurança Social “a contabilização mais apurada de casos positivos em lares é feita pelas autoridades de saúde uma vez que são registados numa plataforma à qual só os médicos têm acesso”, pode ler-se no e-mail enviado ao Observador.

O facto de nem a DGS nem a Segurança Social estarem a par do número total de infetados em lares de idosos, pode levantar algumas dúvidas, como as colocadas recentemente pelo presidente da Assembleia da República.

“Não consigo perceber porque é que não se apreenderam lições da primeira fase e não se retiraram lições para a evolução da situação em julho e em agosto, nomeadamente”, afirmou Eduardo Ferro Rodrigues, no inicio deste mês. Perante estas declarações, Ana Mendes Godinho voltou a garantir que os lares de idosos têm sido “a prioridade total” do Governo.

Na mesma altura, Marta Temido referiu que “não podemos garantir que surtos não se repitam. O que podemos garantir é que aprenderemos com o que não correu tão bem”.

Em entrevista ao Observador, Rui Fiolhais, presidente do Instituto da Segurança Social, também recusou a ideia de que nada tenha sido alterado na gestão dos lares de idosos com estes casos e com o passar dos meses. “Nesta frente de batalha não há um antes nem um depois, há um presente constante”, garantindo que “as coisas não estão na mesma” e que a “capacidade de intervenção precoce cresceu, e muito, desde março”.

O presidente do ISS acrescentou ainda que “se a Segurança Social não estivesse como está, provavelmente o cenário que teríamos hoje seria um cenário comparável pela negativa com outros países onde a situação foi efetivamente particularmente complicada”.

À pergunta sobre quantos utentes já foram afetados pelo novo coronavírus desde março, Rui Fiolhais também não deu uma resposta assertiva.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Entre sorrisos e avisos sobre a Irlanda do Norte, Biden chuta para canto acordo comercial com o Reino Unido pós-Brexit

Um possível acordo comercial, a fronteira entre as duas Irlandas, a retirada do Afeganistão e as alterações climáticas foram alguns dos temas em cima da mesa na recepção de Boris Johnson na Casa Branca. Foi um …

UEFA duplica prémios do Europeu feminino

De oito para 16 milhões de euros. Prémio monetário bem diferente do Europeu anterior. A UEFA informou nesta quinta-feira que vai ser duplicado o total do prémio monetário para as selecções participantes no próximo Europeu feminino. O …

Número de animais abatidos continua a cair nos canis portugueses

É esperada uma estabilização do número de abates, dois anos após a entrada em vigor da legislação que regula o ato. Dois últimos anos foram marcados por quedas. Em 2020, foram abatidos em nos canis portugueses …

Entre professoras e uma personal trainer, Braga é o concelho do país com mais candidatas mulheres

Cerca de 63% dos 308 concelhos de Portugal têm, pelo menos, uma mulher candidata à presidência de uma Câmara Municipal. A liderar surge Braga com cinco candidatas mulheres às eleições autárquicas de domingo. Há 194 concelhos …

Pais revoltados com professor que deu aula com máscara no queixo — e que publica vídeos obscenos online

PSP foi chamada à Secundária Eça de Queirós, na Póvoa do Varzim, porque docente — que sugeriu aos alunos que seguissem o seu canal de YouTube onde tem vídeos em cuecas e nu — deu …

Sem surpresas, Medina mantém Lisboa, mas sem maioria absoluta. Costa e Pedro Nuno juntos em ação de campanha

As sondagens apontam para uma vitória de Medina, ainda que com um resultado inferior ao de 2017. A grande surpresa na capital será a Iniciativa Liberal, partido que poderá eleger um vereador e inclinar o …

Instrumentos musicais detalham a evolução das relações da população sul-americana

Num novo estudo, os investigadores analisaram a diversidade musical em todo o continente sul-americano com uma revisão dos diferentes instrumentos encontrados nos registos arqueológicos e etnográficos. A música é tida como uma expressão intrínseca da diversidade …

Manchester United perdeu em casa (e não adiantou faltar às aulas)

Primeira derrota "interna" do United, num jogo que não contou com Cristiano Ronaldo. No duelo entre treinadores portugueses, Nuno venceu Lage. Houve encontro entre treinadores portugueses na terceira ronda da Taça da Liga inglesa. O Tottenham, …

As discotecas vão reabrir a 1 de Outubro - mas 70% devem ir à falência até à Primavera

Apesar da reabertura dos espaços de diversão nocturna estar para breve, as associações que representam o sector queixam-se das burocracias e da falta de apoios e acreditam que muitas discotecas não vão voltar a abrir …

Candidato de Vila do Conde acusado de oferecer 50€ no supermercado por um voto no domingo

O candidato à Junta de Freguesia de Macieira da Maia, Filipe Santos, terá oferecido 100 euros a um casal idoso para votar no movimento independente, mas com uma condição: fotografar o boletim de voto com …