Os neandertais eram marinheiros (muito antes dos homens modernos)

(dr) Johannes Krause / Museum of the Krapina Neanderthals

Recriação de uma cena da vida de um grupo de Neandertais

Os Neandertais terão conseguido construir barcos e navegar nos mares cerca de 50 mil anos antes dos humanos modernos. Há indícios arqueológicos que sugerem que os nossos “primos” primitivos atravessaram o Mar Mediterrâneo em barcos há 100 mil anos – ou então, nadavam muito bem.

Os Neandertais viveram entre há 300 mil anos até há cerca de 24 mil anos, deixando vestígios da sua passagem com artefactos encontrados no Médio Oriente e no Sul do continente europeu, nomeadamente ferramentas de pedra.

Há cerca de uma década, foram encontradas ferramentas semelhantes, datadas de há 130 mil anos, na ilha grega de Creta, que se sabe existir como ilha há cerca de 5 milhões de anos.

Posteriormente, objectos idênticos foram descobertos nas também ilhas mediterrânicas de Zakynthos, Lefkada e Kefalonia, igualmente pertencentes à Grécia.

E se há quem defenda que os Neandertais podem ter nadado entre estas ilhas, há quem note que, para isso, teriam que ser extremamente bons nadadores, pois estamos a falar de distâncias de cerca de 40 quilómetros.

Essas ilhas poderiam não ser ilhas quando os nossos “primos” primitivos andavam por cá. Mas o investigador George Ferentinos, da Universidade de Patras, na Grécia, descarta esta hipótese numa nova pesquisa publicada no Journal of Archaeological Science, onde garante que as ilhas já se tinham separado do continente há 100 mil anos.

A teoria de Ferentinos é que os Neandertais tiveram uma “cultura marítima durante dezenas de milhares de anos”, muito antes de os humanos modernos se estrearem nas aventuras pelos mares, há cerca de 50 mil anos, quando fizeram a travessia para a Austrália, nota a New Scientist.

O investigador Thomas Strasser, do Providence College em Rhode Island, nos EUA, que encontrou as ferramentas em Creta, acredita também nesta tese. Os Neandertais terão usado o Mar Mediterrâneo “como uma auto-estrada”, ao invés de o olharem “como uma barreira”, frisa Strasser na New Scientist.

Mas os Neandertais podem nem ter sido os primeiros hominídeos a navegar os mares. Há cientistas que defendem que os ancestrais dos humanos modernos usavam barcos há milhões de anos, como sugerem ferramentas de pedra encontradas na ilha das Flores, na Indonésia. Isto significa que o Homo erectus pode ter atravessado o mar até às Flores bem antes de os Neandertais terem aparecido, sublinha o site Phys.org.

O barco mais antigo que se conhece data de há cerca de 10 mil anos, atesta a Science. Mas a falta de provas dessas viagens de há milhões ou milhares de anos pode justificar-se pelo facto de os barcos, naquela altura, serem feitos de madeira, o que os levaria à completa deterioração há muito tempo.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. “… Os Neandertais terão conseguido construir barcos e navegar nos mares cerca de 50 anos …”

    Estamos mesmo a falar de 50 anos? não seriam 50 000 anos?

Responder a ZAP Cancelar resposta

Afinal, a economia portuguesa cresceu 2,2% em 2019 (mas está em desaceleração)

O Instituto Nacional de Estatística (INE) reviu em alta, de 0,2 pontos percentuais, o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) português em 2019, situando-o em 2,2%, três décimas acima das previsões do Governo. Ainda assim, …

Deputado do PSD propõe referendo. "Concorda com a despenalização da prática da eutanásia?"

O deputado do PSD Pedro Rodrigues enviou na quarta-feira aos companheiros de bancada um projeto de resolução que propõe ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, a convocação de um referendo sobre a eutanásia. De …

Alguém apostou no Placard num café fechado. Santa Casa perdeu dois milhões de euros

Durante quatro dias, a Santa Casa da Misericórdia registou o valor de dois milhões de euros em apostas, a partir de um café encerrado em Odivelas. Entre 9 e 12 de fevereiro, alguém apostou dois milhões …

Bairro da Jamaica. Novas suspeitas reabrem queixa contra agentes

Os moradores envolvidos nos confrontos de janeiro de 2019, no Bairro da Jamaica, pedem a reabertura do processo contra os agente da PSP. A defesa quer ver anulada a decisão do Ministério Público que acusou …

"Cuidados de morte." Governo acusado de cortar em cuidados paliativos para poupar dinheiro

A Associação Nacional dos Cuidados Continuados (ANCC) acusa o Governo de estar a cortar nos cuidados paliativos para poupar dinheiro. A TSF avança esta sexta-feira que a Associação Nacional dos Cuidados Continuados (ANCC) não tem dúvidas …

Novo Banco contrata detetives para seguir ex-líder da Ongoing

O Novo Banco contratou equipas especializadas compostas por investigadores privados para fazer o levantamento de todos os bens que possam ser associados a Nuno Vasconcellos, ex-líder da Ongoing. Segundo avança o Correio da Manhã esta sexta-feira, …

Eurobic nega que Teixeira dos Santos esteja a ser investigado pelo Banco de Portugal

Na quinta-feira, o jornal Público deu conta de uma investigação do Banco de Portugal (BdP) ao papel de Teixeira dos Santos no Eurobic no âmbito do caso Luanda Leaks. Agora, o banco vem a público …

Com Ferro Rodrigues "não acontecerá." Castração química não será debatida no Parlamento

Admitindo que as responsabilidades pela decisão de não admissibilidade do projeto de lei do Chega eram suas, Ferro Rodrigues deixou claro que, consigo na presidência da Assembleia da República, projetos de lei (provavelmente) inconstitucionais como …

Eleições para o Tribunal Constitucional suspensas. Boletins de voto estavam ilegais

A votação dos nomes para ocuparem as duas vagas no Tribunal Constitucional foi suspensa porque os boletins de votos que foram entregues aos deputados não estavam conforme manda a lei. De acordo com o jornal ECO, …

Chega já é a 5.ª força política em Portugal. CDS ultrapassado pelo PAN e Iniciativa Liberal

O PS mantém a distância para o PSD em fevereiro, segundo o Barómetro Político da Aximage para o Jornal Económico, que dá ainda conta que o CDS está em queda, posicionando-se apenas à frente do …