Os neandertais eram marinheiros (muito antes dos homens modernos)

(dr) Johannes Krause / Museum of the Krapina Neanderthals

Recriação de uma cena da vida de um grupo de Neandertais

Os Neandertais terão conseguido construir barcos e navegar nos mares cerca de 50 mil anos antes dos humanos modernos. Há indícios arqueológicos que sugerem que os nossos “primos” primitivos atravessaram o Mar Mediterrâneo em barcos há 100 mil anos – ou então, nadavam muito bem.

Os Neandertais viveram entre há 300 mil anos até há cerca de 24 mil anos, deixando vestígios da sua passagem com artefactos encontrados no Médio Oriente e no Sul do continente europeu, nomeadamente ferramentas de pedra.

Há cerca de uma década, foram encontradas ferramentas semelhantes, datadas de há 130 mil anos, na ilha grega de Creta, que se sabe existir como ilha há cerca de 5 milhões de anos.

Posteriormente, objectos idênticos foram descobertos nas também ilhas mediterrânicas de Zakynthos, Lefkada e Kefalonia, igualmente pertencentes à Grécia.

E se há quem defenda que os Neandertais podem ter nadado entre estas ilhas, há quem note que, para isso, teriam que ser extremamente bons nadadores, pois estamos a falar de distâncias de cerca de 40 quilómetros.

Essas ilhas poderiam não ser ilhas quando os nossos “primos” primitivos andavam por cá. Mas o investigador George Ferentinos, da Universidade de Patras, na Grécia, descarta esta hipótese numa nova pesquisa publicada no Journal of Archaeological Science, onde garante que as ilhas já se tinham separado do continente há 100 mil anos.

A teoria de Ferentinos é que os Neandertais tiveram uma “cultura marítima durante dezenas de milhares de anos”, muito antes de os humanos modernos se estrearem nas aventuras pelos mares, há cerca de 50 mil anos, quando fizeram a travessia para a Austrália, nota a New Scientist.

O investigador Thomas Strasser, do Providence College em Rhode Island, nos EUA, que encontrou as ferramentas em Creta, acredita também nesta tese. Os Neandertais terão usado o Mar Mediterrâneo “como uma auto-estrada”, ao invés de o olharem “como uma barreira”, frisa Strasser na New Scientist.

Mas os Neandertais podem nem ter sido os primeiros hominídeos a navegar os mares. Há cientistas que defendem que os ancestrais dos humanos modernos usavam barcos há milhões de anos, como sugerem ferramentas de pedra encontradas na ilha das Flores, na Indonésia. Isto significa que o Homo erectus pode ter atravessado o mar até às Flores bem antes de os Neandertais terem aparecido, sublinha o site Phys.org.

O barco mais antigo que se conhece data de há cerca de 10 mil anos, atesta a Science. Mas a falta de provas dessas viagens de há milhões ou milhares de anos pode justificar-se pelo facto de os barcos, naquela altura, serem feitos de madeira, o que os levaria à completa deterioração há muito tempo.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. “… Os Neandertais terão conseguido construir barcos e navegar nos mares cerca de 50 anos …”

    Estamos mesmo a falar de 50 anos? não seriam 50 000 anos?

Responder a ZAP Cancelar resposta

Teegarden B e C. Descobertos mais dois planetas que podem albergar vida

Cientistas de vários países identificaram mais dois planetas que consideram poder albergar vida, com climas temperados, semelhantes à Terra e que podem conter água líquida à superfície. A equipa da universidade alemã de Göttingen utilizou vários …

Ministério Público abre investigação a Juan Guaidó por corrupção

O Ministério Público da Venezuela anunciou a abertura de uma investigação penal contra Juan Guaidó por suspeita de corrupção relacionada com fundos para assistência a cidadãos venezuelanos na Colômbia. O anúncio foi pelo procurador-geral designado pela …

Cientistas descobrem no veneno de escorpião antibiótico contra tuberculose

Químicos no veneno podem combater estirpes resistentes da tuberculose e a bactéria causadora da pneumonia e septicemia. Veneno pode ainda travar o crescimento de células cancerígenas. Cientistas descobriram no veneno de escorpião antibióticos contra a tuberculose …

Câmara de Lisboa já cobrou 17 mil euros por trotinetas mal-estacionadas

A Polícia Municipal de Lisboa cobrou 17.145 euros em coimas por trotinetas mal-estacionadas, entre fevereiro e o início de junho, tendo removido 1.820 veículos do centro da cidade nos últimos cinco meses. "A verificação das infrações …

Berardo mostra-se "incrédulo com falta de memória" de Constâncio

O ex-governador do Banco de Portugal (BdP) disse, esta terça-feira, que Joe Berardo mentiu no Parlamento sobre alegadas reuniões entre ambos. O empresário, por sua vez, mostra-se "incrédulo com a sua falta de memória". "Tudo isso é …

Marcelo diz que foi "sensato" não incluir pergunta sobre origem étnico-racial no Censos 2021

O Presidente da República considerou que foi uma decisão sensata não incluir no Censos 2021 uma pergunta sobre a origem étnico-racial dos cidadãos, face ao debate gerado, embora a ideia fosse boa. "Acho que foi uma …

Esfinge gigante de Ramsés II vê a luz do dia ao fim de quase 100 anos

https://vimeo.com/343091742 Uma enorme esfinge do faraó egípcio Ramsés II viu finalmente a luz do dia, no passado dia 12 de junho, depois de ter sido recolocada através de um sistema monumental que a fez "flutuar" pelo …

Vai baixar o custo das chamadas para números começados por 707 e 708

A Anacom anunciou uma descida de 48% no preço máximo das chamadas de telemóvel para números começados por 707 e 708, e de 10% para telefone fixo. A decisão da Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) de baixar os …

PSG abre a porta a Neymar (e o Barcelona não a fecha)

Depois de o eventual regresso de Neymar ao Barcelona ecoar na imprensa desportiva, o presidente do Paris Saint Germain, Nasser Al-Khelaifi quebrou o silêncio sobre o jogador brasileiro. Em entrevista à France Football, o presidente …

“Explosão suspeita” entre China e Coreia do Norte causou um sismo

Os serviços sismológicos chineses registaram um sismo de 1,3 graus de magnitude na escala de Richter às 19h38 locais (12h38 em Lisboa), na cidade chinesa de Hunchun, causado por uma “explosão suspeita”, disseram as autoridades …