Os neandertais eram marinheiros (muito antes dos homens modernos)

(dr) Johannes Krause / Museum of the Krapina Neanderthals

Recriação de uma cena da vida de um grupo de Neandertais

Os Neandertais terão conseguido construir barcos e navegar nos mares cerca de 50 mil anos antes dos humanos modernos. Há indícios arqueológicos que sugerem que os nossos “primos” primitivos atravessaram o Mar Mediterrâneo em barcos há 100 mil anos – ou então, nadavam muito bem.

Os Neandertais viveram entre há 300 mil anos até há cerca de 24 mil anos, deixando vestígios da sua passagem com artefactos encontrados no Médio Oriente e no Sul do continente europeu, nomeadamente ferramentas de pedra.

Há cerca de uma década, foram encontradas ferramentas semelhantes, datadas de há 130 mil anos, na ilha grega de Creta, que se sabe existir como ilha há cerca de 5 milhões de anos.

Posteriormente, objectos idênticos foram descobertos nas também ilhas mediterrânicas de Zakynthos, Lefkada e Kefalonia, igualmente pertencentes à Grécia.

E se há quem defenda que os Neandertais podem ter nadado entre estas ilhas, há quem note que, para isso, teriam que ser extremamente bons nadadores, pois estamos a falar de distâncias de cerca de 40 quilómetros.

Essas ilhas poderiam não ser ilhas quando os nossos “primos” primitivos andavam por cá. Mas o investigador George Ferentinos, da Universidade de Patras, na Grécia, descarta esta hipótese numa nova pesquisa publicada no Journal of Archaeological Science, onde garante que as ilhas já se tinham separado do continente há 100 mil anos.

A teoria de Ferentinos é que os Neandertais tiveram uma “cultura marítima durante dezenas de milhares de anos”, muito antes de os humanos modernos se estrearem nas aventuras pelos mares, há cerca de 50 mil anos, quando fizeram a travessia para a Austrália, nota a New Scientist.

O investigador Thomas Strasser, do Providence College em Rhode Island, nos EUA, que encontrou as ferramentas em Creta, acredita também nesta tese. Os Neandertais terão usado o Mar Mediterrâneo “como uma auto-estrada”, ao invés de o olharem “como uma barreira”, frisa Strasser na New Scientist.

Mas os Neandertais podem nem ter sido os primeiros hominídeos a navegar os mares. Há cientistas que defendem que os ancestrais dos humanos modernos usavam barcos há milhões de anos, como sugerem ferramentas de pedra encontradas na ilha das Flores, na Indonésia. Isto significa que o Homo erectus pode ter atravessado o mar até às Flores bem antes de os Neandertais terem aparecido, sublinha o site Phys.org.

O barco mais antigo que se conhece data de há cerca de 10 mil anos, atesta a Science. Mas a falta de provas dessas viagens de há milhões ou milhares de anos pode justificar-se pelo facto de os barcos, naquela altura, serem feitos de madeira, o que os levaria à completa deterioração há muito tempo.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. “… Os Neandertais terão conseguido construir barcos e navegar nos mares cerca de 50 anos …”

    Estamos mesmo a falar de 50 anos? não seriam 50 000 anos?

Descobertos "quasares frios" que podem reescrever como as galáxias morrem

Durante a 234.ª reunião da Sociedade Astronómica Americana em St. Louis, Allison Kirkpatrick, professora assistente de física e astronomia da Universidade do Kansas, anunciou a sua descoberta de "quasares frios" - galáxias com abundância de …

Mulher forçada a dar à luz bebé sem crânio devido às leis antiaborto americanas

Devido à estrita legislação antiaborto americana, uma mulher foi obrigada a dar à luz o seu filho que tinha anencefalia, uma malformação que consiste na ausência de cérebro. O caso está a trazer ao de cima …

O vulcão de gelo do planeta Ceres formou-se a partir de uma bolha de lama salgada

Quando a sonda Dawn da NASA chegou a Ceres, avistou várias características marcantes, incluindo Ahuna Mons, a maior montanha do planeta anão. Tem uma altura máxima de cerca de 5 quilómetros. Dado que Ceres é inferior …

“A reforma da floresta está para o Governo como o Alqueva esteve para Guterres”

O ministro da Agricultura compara as dificuldades de implementação da reforma da floresta às enfrentadas há 20 anos pelo projeto do Alqueva e apela à continuidade destas políticas com reflexos nas próximas décadas. “A reforma da …

Quase 4.000 idosos agredidos em três meses

Entre janeiro e março deste ano, a PSP identificou 3778 vítimas de agressão em 3684 casos de violência contra idosos, escreve o Jornal de Notícias. De acordo com o diário, que avançou com os números …

Benfica vence Sporting na negra e sagra-se campeão de futsal

O Benfica sagrou-se campeão nacional de futsal, ao bater em casa o Sporting, por 4-3, no quinto e último jogo da final, disputado no Pavilhão da Luz, em Lisboa. Raul Campos, que marcou por duas vezes …

Quimioterapia por spray é a nova esperança no tratamento de cancro

Hospitais franceses estão a testar um novo tratamento para cancro do estômago. A técnica desenvolvida em 2013 está agora a ser testada, mas os resultados são promissores. "A quimioterapia clássica era horrível… mas com este tratamento, …

As brilhantes "lágrimas azuis" dos mares chineses são tóxicas (e estão a crescer)

As luzes azuis que pintam os mares chineses, muitas vezes chamadas de "lágrimas azuis", podem ser vistas depois de escurecer em muitas praias da China e tornaram-se, recentemente, numa grande atração turística. Nas noites de verão, …

PCP teme maioria absoluta de Costa. Se o PS tiver "mãos livres", há risco de retrocesso

O secretário-geral do PCP afirmou este sábado que se o PS tiver “as mãos completamente livres”, o país corre o risco de retroceder nas conquistas dos direitos alcançados e as imposições de Bruxelas serão sempre …

No Japão, pilotar drones enquanto bêbado dá prisão

Os drones revolucionaram a fotografia, ajudaram na conservação, transportaram órgãos para transplantes e até já ajudaram em missões de busca e salvamento. Mas as máquinas voadoras controladas remotamente nem sempre são usadas para o bem. Também …