Neandertais e humanos podem ter “trocado ideias”

Thomas Higham / BBC

-

Humanos modernos e Neandertais coexistiram na Europa por um período dez vezes mais longo do que se pensava anteriormente, segundo um novo estudo.

O processo mais completo já feito de datação de ossos e ferramentas Neandertais indica que as duas espécies viveram lado a lado por cinco mil anos.

De acordo com os investigadores, os novos resultados indicam que os dois grupos podem mesmo ter trocado ideias e hábitos culturais.

O estudo foi publicado na revista Nature.

Até agora, restos de Neandertais foram datados por diversos laboratórios, mas muitos resultados foram considerados pouco fiáveis.

Agora, uma equipa internacional de cientistas recolheu mais de 400 amostras dos espaços europeus arqueológicos mais importantes. As amostras foram purificadas e analisadas na Universidade de Oxford, usando sofisticados métodos de datação.

Convivência

De acordo com o professor Thomas Higham, da Universidade de Oxford, os resultados mostram a melhor compreensão que já se obteve sobre a interação entre nossos ancestrais e os Neandertais, sobre quando eles se encontraram pela primeira vez e sobre o porquê da extinção Neandertal.

“Acho que podemos deixar de lado a ideia da extinção rápida dos Neandertais ter sido causada apenas pela chegada dos humanos modernos. Em vez disso, vemos um processo mais complexo no qual há uma sobreposição mais prolongada das duas populações, na qual pode ter havido troca de ideias e de cultura.”

Algumas datações anteriores indicavam que os humanos modernos e os Neandertais coexistiram na Europa apenas por 500 anos.

Tais descobertas alimentaram a especulação de que os nossos ancestrais podem ter massacrado os Neandertais ou ter-lhes transmitido doenças para as quais tinham pouca ou nenhuma resistência.

As novas datações, no entanto, indicam que as duas espécies conviveram na Europa durante até 5 mil anos. Isso suporta a visão de alguns arqueólogos que indicam que os avanços tardios nas técnicas Neandertais de confecção de ferramentas de pedra e no uso de jóias foram copiados dos humanos.

Thomas Higham / BBC

Imagem: Pé de Neandertal. Análises de restos de um Neandertal ajudaram a refinar a data da extinção da espécie.

Imagem: Pé de Neandertal. Análises de restos de um Neandertal ajudaram a refinar a data da extinção da espécie.

O estudo indica que os Neandertais foram extintos na Europa entre 41 mil e 39 mil anos atrás – 10 mil anos antes do que se considerava anteriormente. Este é o dado mais preciso obtido até agora sobre a extinção da espécie e coincide com o início de um período muito frio na Europa.

As novas datações indicam igualmente que os humanos modernos chegaram à Europa muitos milhares de anos antes do que se pensava, possivelmente por volta de 45 mil anos atrás.

Extinção gradual

Há provas arqueológicas e genéticas de que quando os humanos modernos chegaram à Europa vindos de África, os Neandertais já estavam em declínio. Estudos anteriores mostraram que o número de Neandertais tinha reduzido e os restantes já começavam a procriar com os seus próprios parentes.

As datações mais recentes parecem revelar que a chegada dos humanos modernos aumentou os problemas dos Neandertais, de acordo com o professor Chris Stringer, do Museu de História Natural em Londres.

“Caçavam os mesmos animais, recolhiam as mesmas plantas e queriam morar nas melhores cavernas. Dessa forma, uma competição económica estava prestes a acontecer”, afirmou.

“Mas não foi uma extinção instantânea. Os Neandertais não foram caçados e mortos por humanos modernos ou dizimados por doenças que os outros podem ter trazido consigo. Foi um processo mais gradual.”

O número de Neandertais caiu durante milhares de anos enquanto, ao mesmo tempo, a quantidade de humanos modernos aumentava.

O período gelado há 40 anos mil pode ter sido o fator que levou por fim a população já enfraquecida à extinção.

ZAP / BBC

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Estes “cientistas” sao mesmo burros intelectuais.

    Eles nao se extinguiram mas misturaram-se com os outros, numa pequena porporção.

  2. Título imbecil, que sugere que os Neandertais não eram humanos. Enfim, as redes sociais, bem como esta espécie de “fast media” aos poucos está a modificar as mentes menos esclarecidas, embora acredite que não seja de forma consciente, mas apenas porque a falta de rigor assim o permite.

Responder a kjkj Cancelar resposta

China diz que surto está "sob controlo" após 14 províncias não reportarem novos casos

O surto do coronavírus Covid-19 está "sob controlo", depois de a atualização diária mostrar que 14 das 34 províncias e regiões autónomas do país não detetaram novos casos, anunciaram esta sexta-feira as autoridades chinesas. O vice-diretor …

Após 2 anos preso, Pedro Dias assume três homicídios e diz-se arrependido

Pedro Dias, conhecido pelos homicídios de Aguiar da Beira, manifesta-se arrependido pelos crimes por que foi condenado a 25 anos de prisão, após cumprir dois anos da pena. Um arrependimento que é também um assumir …

Orçamento da UE. Proposta agrava corte de Portugal na coesão em 2 mil milhões

A proposta do presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, prevê um corte de 2 mil milhões de euros no envelope da coesão para Portugal. Os chefes de Estado e de Governo da União Europeia iniciaram esta …

Russos atormentam Estados Unidos outra vez. Presidenciais são o alvo

Os serviços secretos norte-americanos estão convencidos de que os russos estão, novamente, a tentar influenciar as presidenciais daquele país. Faltam nove meses para as eleições presidenciais norte-americanas, mas já há suspeitas de que os russos estão …

Processo obscuro e pouco transparente. Expansão do Metro do Porto cria mal-estar

O alargamento do Metro do Porto está a criar mal-estar entre algumas autarquias da área Metropolitana do Porto. Os autarcas falam num processo obscuro e pouco transparente. O protocolo para consolidação da expansão da rede de …

Barcelona contrata jogador com o mercado fechado (mas Leganés não pôde fazer o mesmo)

O Barcelona foi autorizado a contratar um jogador com o mercado fechado, mas o pedido do Leganés foi rejeitado. O clube perdeu Braithwaite para o clube catalão. O FC Barcelona anunciou, esta quinta-feira, a contratação do …

Portugueses gastam 160 euros por ano na "epidemia das raspadinhas". 11 vezes mais do que os espanhóis

De acordo com um estudo recente, há cada vez mais pessoas a chegarem aos consultórios médicos com a doença do jogo patológico desencadeada pela raspadinha. Num artigo científico publicado na The Lancet, Pedro Morgado e Daniela …

Direita chega ao jogo das comissões no MB Way. PSD e Chega juntam-se ao PS

O PSD quer alargar serviços dentro das contas de baixo custo e incluir transferências via a aplicação da SIBS. O Chega quer eliminar custos nessas transações. Depois da esquerda, é a vez da direita marcar terreno …

Fãs de Kobe Bryant em luto estão a deixar flores na sepultura errada

Numa tentativa de prestar homenagem ao ex-basquetebolista, vários fãs de Kobe Bryant em luto estão a deixar flores na sua sepultura. O problema é que o têm na campa de outra pessoa. Quase um mês depois …

Precários das escolas ganham menos 170 euros por mês ao entrarem nos quadros

Nas escolas, os psicólogos que passem a efetivos através do PREVPAP passam a ganhar menos 170 euros por mês. Há outros trabalhadores na mesma situação. Os psicólogos precários que trabalham em escolas passam a ganhar menos …