Navalny foi mesmo envenenado na Rússia. Quem o diz são laboratórios de França e da Suécia

Yuri Kochetkov / EPA

O líder da oposição russa, Alexei Navalny

Laboratórios de França e da Suécia analisaram os exames médicos efetuados ao opositor russo Alexei Navalny, confirmando que se trata de um caso de envenenamento por um agente neurotóxico do tipo Novichok, anunciou hoje o Governo alemão.

O porta-voz do Governo de Berlim, Steffen Seibert explica que “renovamos o nosso apelo à Rússia para que forneça os esclarecimentos sobre o que se passou”. Na mesma nota, o Governo reforça que “este envenenamento” constitui uma “grave violação” da Convenção sobre Armas Químicas.

Alexei Navalny, conhecido pelos seus inquéritos anticorrupção dirigidos à elite política russa, sentiu-se mal durante uma viagem de avião que realizava a 20 de agosto e foi hospitalizado de urgência em Omsk, na Sibéria, antes de ser enviado para Berlim.

Segundo as autoridades alemãs, o principal opositor do Kremlin foi, “sem dúvida”, envenenado na Rússia por um agente neurotóxico do tipo Novichok, uma substância concebida na época soviética para fins militares e já utilizada contra o ex-agente duplo russo Serguei Skripal e sua filha Iulia, em 2018, em Inglaterra.

O Governo alemão e outros países ocidentais acusam as autoridades russas pelo crime, mas o Kremlin rejeita qualquer responsabilidade. A Rússia disse que nenhum vestígio de veneno foi detetado pelos médicos russos no corpo de Navalny. Contudo os novos resultados mostram o contrário.

Na semana passada, também o secretario de Estado norte-americano Mike Pompeo, sugeriu que o envenenamento poderia ter sido orquestrado por russos. “Quando (as pessoas) veem os esforços feitos para envenenar um dissidente, e admitem que há fortes possibilidades de isso vir de altos responsáveis russos, penso que não é bom para o povo russo”, disse em tom de crítica.

ZAP ZAP // Lusa

 

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

      • Acreditar que a Rússia usava o Novichok em qualquer dissidente, sem sequer o matar, é tão inteligente como acreditar que a Terra está no centro do sistema solar. É claro que aqui não é estupidez que está em causa, é a malevolência e a vontade de impedir a Rússia de estragar o arranjinho imperialista aos EUA. O pior são aqueles que não sendo americanos não se cansam de ser os vassalos dos imperialistas. Isso sim é que é estupidez.

        • Fogo pá… Também acho. Logo o Putin que é uma espécie de Gandhi do Norte. É tudo uma conspiração contra esse benemérito. Tão boa pessoa… Quem nos dera que dominasse o mundo de uma vez! Isto ía ser um paparaíso de integridade e virtude!

  1. É preciso um grau de desconhecimento que deveria ser cobsiderado muitíssimo grave, para fazer esta alegação. 1 – o agente tóxico conhecido por Novitchok, é un neurotóxico que provoca a morte em poucos segundos e em quantidades muitíssimo pequenas. 2 – não é consistente com a utilização desta substancia a sobrevivencia em estado comatoso, e ainda menos a recuperação após uma viagem. 3 – não é a primeira vez que a “inteligencia” de países ocidentais faz esta alegação. O caso Skripal, que o Reino Unido levou à acção acbou por se mostrar completamente inconclusivo, lembre-se, devido exactamente à mesma alegação. 4 – o agente em causa, pese embora desenvolvido na antiga URSS, é fabricado hoje em vários outros países, nomeadamente os que partem para esta alegação, pelo que conhecem bem as características e sabem que são incompatíveis com esta situação. Concluindo, ou os países ocidentais estão perante um agente químico desconhecido, mas cuja letalidade é muito baixa ou inexistente – dos casos em acusação há três intoxicados e nenhum morreu – ou estão deliberadamente a fazer uma falsa acusação cujo alcance parece ser outro. A hipotese restante seria que a espionagem russa estaria a utilizar um agente que teria perdido as características (talvez fora de data), o que se de facto visassem a eliminação da pessoa em causa revelaria uma incompetência que não é consentânea com o grau de eficiência que lhe é atribuída. Donde toda esta alegação carece de uma explicação muito mais credível para a finalidade que lhe é atribuída parecendo contrariamente procurar aumentar a popularidade de um individuo totalmente em queda junto da opinião pública do seu país.

    • Visite a Rússia e tenho a certeza que as suas agora certezas passam a incertezas
      P.S. Já lá fui algumas vezes e por isso, não estou a falar por falar

  2. Hoje é o aniversário da morte de Tomás Torquemada, o grande carrasco da Inquisição. Olhar para o seu perfil nota-se que estamos diante de um monstro. E olharmos para as estatísticas veremos que perde para Stalin em quantidade de vítimas ,mas,nem tanto.Já era tempo de se levar esses monstros ao Tribunal de Haia para serem julgados,juntamente com outros tiranos da atualidade. Slobodan Milosevic foi condenado pelo extermínio de bósnios e croatas no terror da Guerra da Sérvia , e foi feita a justiça. A Guerra da Syria ceifou a vida de mais de quatrocentos mil sírios e curdos com o patrocínio de Putin o grande aliado de Bashard Assad. Onde se encontra a ONU ? Então,esqueçamos envenenamentos de cientistas e oposicionistas. É o que pensa jlg21.com@gmail.com

RESPONDER

Um polícia morto e vários feridos em tiroteio durante operação no Rio de Janeiro

Um polícia morreu e várias outras pessoas ficaram feridas num tiroteio esta quinta-feira durante uma operação da polícia contra o tráfico de droga na comunidade de Jacarezinho, no Rio de Janeiro, Brasil, noticiou a imprensa. Segundo …

Austrália vai manter fronteiras fechadas até 2022. Índia com novo máximo de casos

O Governo australiano vai manter as fronteiras internacionais fechadas até 2022 devido a incertezas sobre vacinas e novas estirpes, disse o ministro das Finanças do país, Simon Birmingham. "As incertezas sobre a velocidade da vacinação e …

Em breve será possível usar mesmos dados biométricos no Cartão de Cidadão e Passaporte

A ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão, disse esta quinta-feira que “em breve” será possível utilizar os mesmos dados biométricos no Cartão de Cidadão e no Passaporte ou ativar a …

Rio diz que Governo “vai levar ao colo” Medina. Moedas ataca o rival e diz que as suas promessas não valem nada

O presidente do PSD, Rui Rio, afirmou esta quinta-feira que o Governo “vai levar ao colo” o candidato socialista à Câmara Municipal de Lisboa, porque “pelas guerras e desequilíbrios internos” não pode perder a eleição …

Portugal regista cinco mortos e 373 novos casos nas últimas 24 horas

O boletim desta quinta-feira da Direção-Geral da Saúde (DGS) regista cinco óbitos e 373 novos casos de covid-19 em Portugal nas últimas 24 horas. Há ainda mais 538 recuperados. O boletim da DGS, do dia 6 …

“Quem não nasceu com o apelido Espírito Santo tem de ir à luta”, diz Gama Leão

João Gama Leão deixou uma dívida de mais de 300 milhões de euros ao Novo Banco através da Prebuild, um dos grandes devedores do banco. O empresário assumiu a responsabilidade pelos créditos em incumprimento, fez …

Avião da TAP retido na Venezuela regressa a Lisboa hoje

O avião da TAP que ficou retido na Venezuela por causa de uma carga de cocaína regressa nesta quinta-feira a Lisboa, assim como a tripulação, disse à agência Lusa fonte oficial da empresa aérea portuguesa. Segundo …

Marcelo convida Ramalho Eanes para presidir comemorações dos 50 anos do 25 de Abril

O presidente da República em funções, Marcelo Rebelo de Sousa, convidou o ex-presidente da República Ramalho Eanes para presidir as comemorações dos 50 anos do 25 de Abril. O convite dirigido ao general Ramalho Eanes, um …

Vacinas contra a covid-19 para menores de 16 anos podem ser aprovadas em breve

Vacinas contra a covid-19 para menores de 16 anos podem ser aprovadas em breve. Contudo, os especialistas têm dúvidas em relação à necessidade de vacinar os mais jovens. Atualmente há apenas uma vacina contra a covid-19, …

Netanyahu não conseguiu formar Governo em Israel. Segue-se Lapid

Esta quarta-feira, Reuven Rivlin, Presidente de Israel, chamou Yair Lapid, líder do partido Yesh Atid, para lhe entregar a responsabilidade de formar um Governo que consiga o apoio do Knesset (Parlamento). O partido de Yair Lapid, …