Em greve de fome, Navalny é ameaçado de ser alimentado à força. Ativistas falam em tortura

O opositor russo Alexei Navalny afirmou hoje na rede social Twitter que as autoridades penitenciárias estão a ameaçar alimentá-lo à força para quebrar a greve de fome que mantém na prisão desde 31 de março.

“Ele pesa 77 kg”, lê-se na conta @navalny, sublinhando-se que perdeu oito quilogramas desde que iniciou a greve de fome.

“Face à seriedade da greve de fome, a administração [penitenciária] ameaça-o diariamente de alimentá-lo à força”, prossegue o texto.

A alimentação à força de um preso na Rússia é permitida por lei e pode ser feita por via oral, retal ou por intubação, sendo o “tratamento” visto por ativistas de direitos humanos como uma forma de tortura.

Navalny, preso por dois anos e meio por causa de um alegado caso de fraude amplamente visto como um pretexto para prendê-lo, ideia negada pelo Kremlin, parou de comer para denunciar as condições da sua detenção na colónia prisional de Pokrov, a cerca de uma centena de quilómetros de Moscovo.

O opositor acusa as autoridades de lhe negarem tratamento médico adequado para problemas nas costas que o fazem sofrer e interferem no funcionamento das suas mãos e pernas. Segundo os advogados, Navalny tem uma dupla hérnia discal.

Além disso, o opositor russo já disse que é “torturado” pela privação de sono, uma vez que os guardas prisionais o acordam várias vezes durante a noite.

As autoridades russas, por sua vez, rejeitam todas as acusações de Navalny, defendendo que o opositor está a receber todos os cuidados médicos de que precisa.

“Ele [Navalny] ainda não tem acesso a um médico”, lê-se no texto da mensagem publicada hoje no Twitter.

Navalny, profundamente crítico do Kremlin, sobreviveu a um envenenamento com um agente nervoso desenvolvido pelos militares soviéticos no verão passado e acusa o Presidente russo, Vladimir Putin, e os serviços de inteligência (FSB) de terem tentado eliminá-lo, o que é negado pelas autoridades russas, que têm recusado até agora investigar o incidente.

Ao regressar à Rússia, após cinco meses de convalescença na Alemanha, Navalny foi preso ao chegar ao aeroporto de Moscovo e rapidamente julgado e enviado para a prisão, por violar uma revisão judicial num caso anterior.

Navalny, com milhões de seguidores nas redes sociais, é especialista em investigações de corrupção, em que visa sobretudo as ligações entre Putin e vários oligarcas russos.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Câmaras de videovigilância nas ruas portuguesas disparam em oito anos

Desde que foram autorizadas pela primeira vez em território nacional, os sistemas de videovigilância com recurso a câmaras nos espaços públicos tem sido cada vez mais requisitado pelas forças de segurança. Em 2009 foi autorizada pelo …

João Félix: o "louco" e o "calvário"

Avançado do Atlético de Madrid só esteve em campo durante 18 minutos, contra o Atlético Bilbau. Simeone defendeu o português. João Félix foi o nome mais comentado após o empate entre Atlético de Madrid e Atlético …

PCP quer limite de quatro dias por semana em teletrabalho

O projeto do PCP propõe limitar o teletrabalho a quatro dias por semana e que as empresas paguem o acréscimo das contas da luz, água, internet e telefone. O PCP quer limitar o regime de teletrabalho …

"The Crown" domina Emmys e "The Handmaid's Tale" é a derrotada da noite

A série da Netflix “The Crown” foi a grande vencedora da 73.ª edição dos Prémios Emmy, levando pela primeira vez a estatueta de Melhor Série Dramática e dominando por completo a categoria na maior noite …

Vacina contra a covid-19 em spray nasal tem vários benefícios - e pode estar para breve

Atualmente, receber uma vacina contra a contra a covid-19 é sinónimo de levar uma injeção no braço. Contudo, esta realidade pode mudar, já que um novo estudo garante a eficácia de vacinas administradas de forma …

Messi substituído e surpreendido

Jogo contra o Lyon não estava a correr bem para o PSG e o treinador Mauricio Pochettino decidiu colocar Lionel Messi no banco de suplentes. O Paris Saint-Germain "sobreviveu" neste domingo - mas já sem Lionel …

“Este senhor é primeiro-ministro? Não, mas vai ser“. Em tempo de autárquicas, Pedro Nuno faz campanha dupla

Pedro Nuno Santos tem aproveitado a campanha autárquica para prosseguir a sua campanha interna. Um dia será sucessor de António Costa e a ocasião é perfeita para ganhar simpatizantes dentro do próprio partido. Entre sexta e …

Pelo menos oito mortos e seis feridos num tiroteio em universidade na Rússia

Pelo menos oito pessoas morreram e seis outras ficaram feridas após um atirador abrir fogo hoje numa universidade na cidade russa de Perm, segundo o Comité de Investigação da Rússia citado pela agência de notícias …

Vulcão nas Canárias em erupção e destrói casas. Cinzas podem chegar à Madeira

O vulcão Cumbre Vieja, na ilha espanhola de La Palma, entrou este domingo em erupção na zona de Las Manchas, depois de mais de uma semana em que foram registados milhares de sismos na região. A …

Cientistas queriam estudar a propagação das borboletas, mas criaram uma matriosca de parasitas

Objetivo dos cientistas era perceber, através da introdução da espécie de borboletas Glanville fritillary qual o seu poder de dispersão numa ilha finlandesa. No entanto, acabaram com um retrato alarmante para todos os investigadores que …