Descoberta de naufrágios da Segunda Guerra pode estimular turismo subaquático em Itália

Quem visitar o sul de Itália no futuro poderá vir a contar com uma nova atividade. A recente descoberta de quarenta naufrágios na costa da ilha de Lampedusa poderá dar origem a uma nova oportunidade para o turismo subaquático.

Os naufrágios foram encontrados perto da costa de Lampedusa, uma ilha que se situa entre a Sicília e a Tunísia.

Segundo noticia a Forbes, as embarcações submersas datam da 2ª Guerra Mundial e acabaram por naufragar após uma série de ataques britânicos.

Durante a pesquisa, os mergulhadores encontraram vários detalhes que dão conta da riqueza das embarcações. Canhões, bombas, veículos antigos, camiões e tanques, foram alguns dos itens que os especialistas conseguiram desmistificar entre os destroços.

A equipa de mergulho também conseguiu resgatar um sino de bronze, pertencente a um dos navios, a uma profundidade de 73 metros.

O navio em questão era o cargueiro Egadi, que transportava correspondência e passageiros ao redor de pequenas ilhas na costa oeste da Sicília.

Contudo, a força aérea britânica atacou o Egadi a 30 de agosto de 1941, a cerca de 50 quilómetros de Lampedusa, e este acabou por naufragar causando 44 mortes, enquanto 65 pessoas conseguiram escapar através do recurso a barcos salva-vidas.

A equipa envolvida na pesquisa estava a trabalhar no projeto há mais de 15 anos. Para localizar os naufrágios, os especialistas conversaram com pescadores locais que foram observando grandes grupos de peixes atraídos pelo habitat semelhante a um recife de coral que os navios que se afundam criam.

Agora, o objetivo é desenvolver uma atrativa oferta turística a partir dos naufrágios.

Mario Arena, um dos investigadores envolvidos na descoberta, classificou os navios naufragados como “bens culturais submersos”, que têm o potencial de criar um turismo de mergulho de sucesso, como o que já existe em Malta e na Croácia.

Para já, o primeiro passo é recuperar as redes de pesca que ficaram presas nos destroços, mas este projeto já está em andamento.

Além disso, Mario Arena ainda aponta outra condicionante ao desenvolvimento desta atividade: os navios naufragados têm “impacto ambiental” devido às milhares de toneladas de explosivos a bordo que libertam agentes químicos.

Para tentar dar resposta a este entrave, a equipa está a colaborar com uma universidade na Alemanha para analisar amostras e entender o impacto dos naufrágios na vida marinha.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Marcelo admite que se "fechou uma página" - mas já deixou recados para o Natal

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, afirmou esta quinta-feira que Portugal é visto por outros países europeus como exemplo pela taxa de vacinação e combate à covid-19, mas que este "é um processo …

UGT quer salário mínimo de 1.000 euros em 2028

O secretário-geral da UGT, Carlos Silva, defendeu a necessidade de acabar com a política de baixos salários e precariedade. Carlos Silva, secretário-geral da UGT, defendeu esta quinta-feira que o Governo socialista tem obrigação de aumentar os …

Vermes partilham "memórias" através do ARN para avisar do perigo

Um artigo publicado recentemente na Cell mostra que os vermes têm uma forma peculiar de partilhar memórias: transmitem-nas através do ARN. Partilhar informação é crucial para a sobrevivência das espécies, mas como é que formas de …

Manchester United: jogador expulso e chamado a tribunal em 48 horas

Aaron Wan-Bissaka irá depor em tribunal, no final deste ano. Jovem futebolista foi apanhado a conduzir sem carta e sem seguro. Não estão a ser dias fáceis para Aaron Wan-Bissaka. O futebolista do Manchester United soube …

15 mil cadeiras vazias: Guardiola não gostou mas já ouviu um "recado"

Estádio do Manchester City voltou a ficar longe de lotação esgotada, num jogo da Liga dos Campeões. "Espero que apareça mais gente no sábado", admitiu o treinador. As palavras foram estas, depois da goleada que o …

"Fomos enganados, geologicamente enganados." Novos segredos vulcânicos revelados

Um estudo levado a cabo por cientistas da Universidade de Queensland revelou novos detalhes sobre a composição geológica da crosta terrestre. Até agora, os cientistas pensavam que a lava arrefecida dos chamados vulcões "hot spot" era …

Os planetas formam-se em sopas orgânicas — e não há duas iguais

Uma série de novas imagens revela que os planetas formam-se em sopas orgânicas — e não há duas sopas iguais. Astrónomos mapearam os produtos químicos dentro dos berços planetários com detalhe extraordinário. Os mapas revelam a …

O Hawaii quer remover a sua "escadaria para o paraíso" - e a culpa é dos turistas

Em causa estão preocupações com a segurança e vandalismo, que têm aumentado com a explosão de popularidade da escadaria Ha‘ikū nas redes sociais. É caso para dizer que a Stairway to Heaven vai para o inferno …

Inventou o ZX Spectrum e mudou o mundo. Morreu Clive Sinclair

O empresário britânico e inventor do computador doméstico ZX Spectrum, Clive Sinclair, morreu hoje aos 81 anos na sua casa, em Londres (Reino Unido), devido a doença prolongada, informou a filha ao jornal “The Guardian”. Morreu …

Esta torre construída na Suécia não é gigante em altura, mas em sustentabilidade

Para além de ser feito de um material sustentável — fornecido por florestas locais com gestão consciente e transformado por uma serração nas proximidades, o Centro Cultural dispõe de múltiplas tecnologias que fazem dele mais …