NATO está a investigar os serviços secretos portugueses

(dr)

Frederico Carvalhão Gil, espião português

Frederico Carvalhão Gil, espião português

A detenção do espião português Frederico Carvalhão Gil em Roma a vender informações altamente classificadas levou a NATO a avançar com uma auditoria às Secretas portuguesas. 

O Diário de Notícias avança que o NATO Security Office está a preparar uma inspeção ao Serviço de Informações de Segurança (SIS), na sequência da operação Top Secret, que na semana passada levou à detenção de um espião português e de um alegado espião das secretas externas da Rússia (SVR) em Roma.

Frederico Carvalhão Gil, quadro do SIS há 30 anos, deve ser extraditado para Portugal durante o fim-de-semana.

Segundo o Diário de Notícias, o departamento de segurança da NATO tem estado em contacto direto com o Gabinete Nacional de Segurança (GNS) – responsável pelo controlo da matéria classificada das organizações internacionais – e deverá visitar a sede das Secretas portuguesas, no Forte da Ameixoeira, nos próximos dias.

De acordo com o jornal, a inspeção vai centrar-se na base de dados através da qual o SIS recebe as informações da NATO e à qual só pode aceder pessoal certificado pelo GNS. A inspeção pretende apurar as falhas e violações de procedimentos que permitiram a Carvalhão Gil aceder e retirar documentos secretos.

Além disso, as autoridades pretendem identificar possíveis “cúmplices” pois, como explica o Diário de Notícias, acredita-se que o espião pode ter tido “ajuda” interna, ainda que involuntária.

Segundo o jornal, nas buscas à casa de Carvalhão Gil foram encontrados documentos em papel e outros em pen drives, um equipamento informático interdito aos espiões.

Fontes próximas do caso citadas pelo DN descrevem o caso como sendo de “enorme gravidade”: entre os relatórios aprendidos estarão alguns classificados como “secretos” e “muito secretos”, o que significa que às mãos de Vladimir Putin poderão ter chegado dossiers altamente comprometedores da reserva de questões de segurança que envolvem os países da NATO.

No entanto, um especialista em informações classificadas explica ao Diário de Notícias que não estão previstas sanções aos países onde acontecem quebras de segurança.

“O principal objectivo será avaliar, em conjunto com as entidades destinatárias, no caso os serviços de informações portugueses, as vulnerabilidades que conduziram à fuga e encontrar soluções para evitar que torne a acontecer”, explicou.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

"O nosso Governo está pronto". Trudeau volta a ganhar as eleições - mas sem maioria absoluta

O líder do Partido Liberal do Canadá (LP) Justin Trudeau disse hoje, depois de ganhar as eleições gerais do país, que os eleitores canadianos escolheram "um plano progressivo" e que está pronto para formar um …

Travar margens nos combustíveis pode acabar por prejudicar os consumidores (e até fechar bombas)

A proposta de lei do Governo aprovada, na semana passada, para a limitação das margens das petrolíferas nos preços dos combustíveis pode acabar por travar a concorrência e até levar ao encerramento de bombas de …

"Nunca se pode tirar Messi" (mas há um gesto que pode explicar a sua substituição)

A substituição de Messi, e a forma como reagiu, no jogo entre o Paris Saint-Germain e o Lyon da Liga francesa, continua a dar que falar. E agora avança-se a possibilidade de o craque argentino …

Médicos querem que norma de isolamento tenha em conta a atual taxa de vacinação

Com o regresso às aulas, médicos de saúde pública defendem a revisão da norma referente ao isolamento de contactos de risco, para que esta tenha em consideração a elevada taxa de vacinação. O ano letivo arrancou …

Com Moedas como alvo e Temido como "guardiã", Medina prometeu um novo futuro para Lisboa

O candidato da coligação PS/Livre à presidência da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, acusou a direita de ambicionar nas autárquicas de domingo “a segunda volta do jogo que perdeu na disputa do poder legislativo”. Fernando Medina …

Descoberto sistema de esgotos intacto construído por romanos há 2.000 anos

Uma equipa de arqueólogos turcos encontrou um sistema de esgotos perfeitamente intacto na antiga cidade de Tripolo no Meandro. A infraestrutura foi construída por romanos. A antiga cidade de Tripoli no Meandro — também conhecida por …

De calculadora em riste, PSD faz contas para evitar um resultado "igual, pior ou muito pouquinho melhor" nas autárquicas

PSD tenta recuperar de duas eleições autárquicas menos conseguidas, agarrando-se aos municípios em que a obra feita pelos autarcas do PS não recebe nota positiva de forma unânime da população ou onde haverá uma transição …

Um Barcelona "de juniores" quebrou um recorde (mas quase perdia em casa)

Domingos Duarte marcou cedo e Granada esteve a ganhar em Camp Nou até perto dos 90 minutos. Equipa muito jovem do Barcelona mas mais uma exibição modesta. Quinta jornada da Liga espanhola de futebol, mais uma …

Galp recusou proposta para salvar empregos em Matosinhos (mas é Costa quem está "no olho do furacão")

O Governo tentou evitar o despedimento colectivo na refinaria da Galp em Matosinhos, desafiando a empresa a pagar uma formação feita "à medida" dos trabalhadores abrangidos. Mas a Galp recusou. Pelo meio, António Costa também …

Análise de ADN revela que japoneses modernos são descendentes de três povos diferentes

O território que hoje dá lugar ao Japão está ocupado desde o período do Paleolítico Superior. Até agora pensava-se que a ancestralidade genética japonesa era dupla, mas uma nova pesquisa vem trazer novos detalhes.  Um novo …