Decisão de não realizar arraiais era a única que se impunha, diz Fernando Medina

CML

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina (PS), reiterou esta quinta-feira que a decisão de não autorizar a realização de arraiais populares “era a única que se impunha”, devido aos riscos de propagação da pandemia.

“É uma decisão que, como imagina, nenhum presidente de câmara gostaria de tomar, gostaríamos, aliás, de poder dar outra notícia à cidade, mas tomamos esta decisão em consciência”, afirmou.

O autarca falava aos jornalistas no final de uma visita, que realizou acompanhado pelo coordenador da task force da vacinação, o vice-almirante Henrique Gouveia e Melo, ao maior centro de vacinação contra a covid-19 de Lisboa, localizado no Estádio Universitário.

Ainda a propósito dos arraiais, Fernando Medina apelou aos cidadãos para evitarem “comportamentos de risco” e adiantou que nos próximos dias a Polícia Municipal irá realizar operações de sensibilização junto dos comerciantes e das coletividades.

“É evidente que numa cidade com a dimensão de Lisboa tudo exige um alto grau de sensibilização e responsabilização individual. Vai ser executado um programa por parte da polícia municipal, nomeadamente nas zonas mais sensíveis, junto dos agentes económicos, da restauração e das coletividades, no sentido do cumprimento das normas”, apontou.

Questionado sobre a situação de alerta em que o município de Lisboa se encontra, o autarca apontou para a importância da “aceleração do processo de vacinação”.

“Para nós esta abertura das novas fases e podermos utilizar toda a capacidade de vacinação é da maior importância, pois, como é do conhecimento de todos, Lisboa encontra-se com um indicador de alerta relativamente ao número de casos e a aceleração da vacinação é uma das formas, um dos instrumentos muito importantes para se evitar o risco de subida” de novos casos, comentou.

Fernando Medina também se mostrou confiante de que o município não irá regredir no processo de desconfinamento, uma vez que “ainda não atingiu esse patamar”.

“Para haver uma regressão resultaria do facto de o município estar num patamar superior a 240 por mais de duas semanas. Lisboa não chegou a esse patamar”, argumentou.

O centro de vacinação do pavilhão 1 do Estádio Universitário, considerado o maior da cidade de Lisboa, tem capacidade para administrar 3 mil vacinas por dia.

Além de Lisboa, existem mais cinco concelhos em situação de alerta por registarem mais de 120 casos de covid-19 por 100 mil habitantes, nomeadamente Salvaterra de Magos (Santarém), Vale de Cambra (Aveiro), Braga, Cantanhede (Coimbra) e Castelo de Paiva (Aveiro).

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.693.717 mortos no mundo, resultantes de mais de 171,5 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 17.026 pessoas dos 850.262 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Alemanha. Funcionário de posto de combustível abatido a tiro por cliente que se recusou a usar máscara

Um homem de 49 anos matou um funcionário de um posto de combustível na Alemanha, após tentar comprar cerveja sem utilizar a máscara. No país, o uso deste equipamento de proteção é obrigatório para entrar …

Um violino gigante flutuou no Grande Canal de Veneza (ao som de Vivaldi)

No passado fim de semana, um violino gigante, com quase 12 metros de comprimento, desceu o Grande Canal de Veneza. A bordo estava um quarteto de cordas, que tocou Four Seasons de Vivaldi. O Noah's Violin …

Assembleia de credores aprova recuperação da Groundforce

Esta quarta-feira, os credores da Groundforce aprovaram a recuperação da empresa. Em causa está uma dívida de 154 milhões de euros. Os credores da Groundforce, reunidos esta quarta-feira em assembleia de credores, no tribunal de Monsanto, …

Europeus acreditam numa "guerra fria" entre os EUA e a China e Rússia

A maioria dos cidadãos da União Europeia (UE), 62%, considera que os Estados Unidos (EUA), com apoio das instituições comunitárias, estão numa nova "guerra fria" com a China, mas recusam envolvimento nacional, revelou um inquérito …

Desenho de Van Gogh esteve guardado mais de 100 anos. Agora, é exibido pela primeira vez

O Museu de Amesterdão, nos Países Baixos, ganhou um novo inquilino: Study for 'Worn Out', um desenho recém-descoberto de Vincent van Gogh. O holandês Vincent van Gogh ainda continua a impressionar o mundo inteiro com a …

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã, com receio de que os avanços dos últimos 20 anos tenham sido conquistados em vão. A Vice falou com algumas professoras afegãs que garantem continuar …

Apenas um terço das crianças em 91 países tem acesso a uma alimentação adequada, alerta UNICEF

Apenas um terço das crianças com menos de dois anos em 91 países em desenvolvimento têm acesso aos alimentos que necessitam para um crescimento saudável, revelou um relatório da UNICEF, apontando que nenhum progresso foi …

Preços das casas voltaram a aumentar no segundo trimestre

Entre abril e junho, o índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu 6,6% em termos homólogos. A revelação foi feita esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). O Índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu …

China anuncia fim de novas centrais a carvão no estrangeiro

Segundo os especialistas, o impacto da medida deverá depender da forma como será implementada, podendo ter um grande impacto na luta contra as alterações climáticas. Num anúncio bem recebido por ativistas e organizações ambientes, a China …

Roménia vai distribuir €200 mil a quem tiver vacinação completa contra a covid-19

A Roménia anunciou uma "lotaria de vacinação" que distribuirá prémios de até 200.000 euros entre aqueles que tiverem a vacinação completa, na tentativa de elevar a taxa de imunização, a segunda mais baixa da União …