Não há lugar para todas as crianças no ensino pré-escolar em Lisboa

O Governo assumiu o compromisso de generalizar o ensino pré-escolar às crianças com 4 anos este ano letivo. Contudo, algumas colocações ainda estão por resolver e existem famílias à espera de uma vaga na rede pública em Lisboa.

Fonte oficial do Ministério da Educação, citada pelo DN, adiantou que “Lisboa é a única região em que temos sinalizados problemas, que contamos ter resolvidos até 9 de setembro”.

A situação deverá ser resolvida até ao início do ano letivo, já que as crianças ficam em lista de espera e, se não tiveram lugar nas cinco escolas escolhidas na inscrição, são encaminhadas para uma instituição da rede solidária.

Na instituição, a permanência para as crianças de 4 e 5 anos será gratuita “no horário coincidente com a oferta da rede pública”, lembra o Ministério da Educação.

De acordo com Carlos Andrade, vice-presidente da União das Misericórdias, o setor privado também está disposto a ajudar os alunos.

“Temos ouvido falar disso em reuniões com o Governo e estamos disponíveis para aceitar os alunos que nos pedirem para acolher”, destaca.

Segundo Filinto Lima, presidente da Associação Nacional de Diretores de Agrupamentos e Escolas Públicas, o agrupamento Dr. Costa Matos, em Vila Nova de Gaia, também tem alguns alunos por colocar – mas o assunto será resolvido.

“Tenho uma meia dúzia [de alunos] por colocar, mas já sei que vamos conseguir colocá-los por causa das desistências de alunos que já tinham lugar. Todos os anos é assim, na primeira semana de setembro há sempre ajustes”, explica.

Não deverão faltar lugares para acolher gratuitamente os cerca de 182 mil crianças do pré-escolar, mas, nesta altura, ainda há muitos alunos que não sabem onde vão ficar.

“Claro que causa mossa. Era preferível que os pais já soubessem onde vão ficar os filhos, mas este é um ano de transição e os atrasos são normais”, reconhece Filinto Lima.

Devido a uma lei aprovada em 2015 pelo anterior governo, no âmbito de um pacote legislativo sobre natalidade, o ensino pré-escolar será alargado às crianças de quatro anos até 2018, e às crianças de três anos até 2020.

BZR, ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

PEV quer reverter privatização dos CTT. PS admite todos os cenários

O Partido Ecologista “Os Verdes” (PEV) defendeu hoje, no parlamento, a “reversão da nacionalização” dos CTT, e ouviu o PS admitir “todos os cenários”. Numa declaração política no parlamento, o deputado José Luís Ferreira afirmou que, …

Voltar à normalidade "não está longe, mas não é já", avisa Pfizer

O administrador executivo da Pfizer, Albert Bourla, apelou na quarta-feira para que os governos de todo o mundo não reabram as suas economias demasiado depressa devido ao otimismo gerado pelas vacinas de covid-19. Bourla, de 59 …

Biden quer retomar acordo nuclear com o Irão, embora reconheça que será "difícil"

O vencedor das eleições presidenciais norte-americanas, Joe Biden, pretende retomar o acordo nuclear com Irão antes mesmo de novas negociações, assumiu o democrata numa entrevista ao New York Times. Joe Biden afirmou, durante a campanha eleitoral, …

Processo de reprivaticação da Efacec atrasado devido à discussão do OE2021

Apesar de as avaliações no âmbito do processo de nacionalização e futura reprivatização da Efacec já estarem concluídas, o processo esteve condicionado pela discussão do Orçamento de Estado para 2021 (OE2021). De acordo com o Jornal …

Costa sobre vacinação: “Há uma luz ao fundo do túnel, mas o túnel é muito comprido e penoso”

O primeiro-ministro, António Costa, advertiu esta quinta-feira que o processo de vacinação terá imponderabilidades externas a Portugal, sendo também complexo ao nível interno, com as dificuldades a aumentarem quanto maior for o universo de cidadãos …

Alterações climáticas podem colapsar os sistemas de saúde, alertam especialistas

O quinto relatório anual da Lancet sobre saúde e clima revelou que todos os países enfrentam ameaças à saúde humana, "que se multiplicam e se intensificam" à medida que as alterações climáticas originam novas pandemias …

Obama, Bush e Clinton vão vacinar-se publicamente para encorajar os norte-americanos

Os ex-presidentes dos EUA Barack Obama, George W. Bush e Bill Clinton disseram que estão prontos para serem vacinados publicamente contra a covid-19, a fim de encorajar os seus concidadãos a fazer o mesmo. Obama disse …

Retenção na fonte mensal reduzida em cerca de 2%. Salários terão um "ligeiro aumento"

As retenções na fonte em 2021 sobre salários de trabalho dependente vão reduzir-se em cerca de 2% face às praticadas este ano e irão permitir um “ligeiro aumento” do rendimento líquido mensal, segundo simulações da …

Em março já deverá haver imunização “suficientemente grande” da população

O epidemiologista Manuel do Carmo Gomes defendeu esta quinta-feira que “se tudo correr normalmente” com a vacinação contra a covid-19, no final de março haverá uma imunização “suficientemente grande” na população para evitar “grandes aumentos …

Quatro mortos e um ferido em explosão em estação de águas residuais em Bristol

Quatro pessoas morreram e outra ficou ferida após uma grande explosão numa estação de tratamento de águas residuais de Bristol, no sul de Inglaterra,. As vítimas mortais são três funcionários e um trabalhador externo, disse o …