/

Não há só madrugadores ou notívagos. Há seis tipos de pessoas

1

Um novo estudo sugere que, para além das pessoas madrugadoras e notívagas, existem mais cronotipos do que pensávamos.

Os “cronotipos” são a manifestação física e psicológica dos nossos ritmos circadianos. Apesar de o nosso relógio interno fazer o corpo responder de maneiras diferentes dependendo dos ciclos diurno ou noturno, nem tudo é preto ou branco – ou seja, nem todas as pessoas se podem dividir em apenas dois grupos: os madrugadores ou os notívagos.

De acordo com o Science Alert, Dmitry S. Sveshnikov, investigador de psicologia humana da RUDN University, conduziu um estudo com 2.300 voluntários com o objetivo de conhecer ao pormenor os padrões de atividade dos participantes. A investigação centrou-se na medição do grau de vigília ou sonolência de cada participante durante o dia.

Os resultados da investigação sugerem que existem seis cronotipos diferentes, dependendo das horas do dia em que estamos mais ou menos ativos.

Além dos tipos matinais e noturnos anteriormente estabelecidos, existem quatro novos cronotipos: tipo altamente ativo, tipo sonolento diurno, tipo ativo diurno e tipo moderadamente ativo.

(dr) RUDN University

Em termos de estado de alerta e níveis de energia, os tipos matinais têm um estado de alerta alto pela manhã, que começa a cair para níveis médios a meio do dia e para níveis baixos à noite. Por outro lado, os tipos noturnos exibem um baixo estado de alerta pela manhã, que aumenta para níveis médios a meio do dia e para níveis elevados à noite.

Os quatro novos cronotipos exibem padrões diferentes: os tipos altamente ativos revelam um alto estado de alerta ao longo do dia; os tipos sonolentos diurnos começam com níveis altos pela manhã, mergulham para níveis baixos a meio do dia e depois chegam a um final médio; os tipos ativos diurnos começam com níveis baixos, atingem o pico alto a meio do dia e terminam em alerta de nível médio; enquanto que os tipos moderadamente ativos experimentam baixos níveis de energia durante todo o dia.

Só pouco mais de um terço (37%) dos voluntários se identificaram como madrugadores ou notívagos (13% e 24%, respetivamente), embora seja importante notar que os tipos noturnos foram o cronotipo mais comum.

Os novos cronotipos englobam 58% da amostra: 18% identificam-se como sonolentos durante o dia, 16% como moderadamente ativos, 15% como ativos durante o dia e apenas 9% disseram que eram altamente ativos o dia todo.

O artigo científico foi publicado recentemente na Personality and Individual Differences.

  ZAP //

1 Comment

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE