Afinal, não é a gula que explica a obesidade

A fome hedónica “não conta a história toda”, é o que defendem os cientistas do mais recente estudo que conclui que o prazer que se retira do ato de comer não é o fator de risco no aumento de peso.

Um recente estudo realizado por cientistas do Centro Champalimaud (CC), em colaboração com outros centros portugueses, refere que o prazer que se retira do ato de comer não é o fator de risco no aumento de peso.

“A questão de base já faz parte da psicologia popular: ouve-se frequentemente dizer que a obesidade ‘é como uma dependência'”, diz Albino Oliveira-Maia, psiquiatra e neurocientista do CC que liderou o estudo, publicado na Scientific Reports.

Segundo o Diário de Notícias, o especialista garante que não há provas claras de que a fome hedónica, a vontade de comer por prazer, esteja relacionada com o peso.

Gabriela Ribeiro, nutricionista clínica e primeira autora do artigo, acrescenta ainda que o prazer de ingerir alimentos “é um comportamento natural e saudável que, na obesidade, adquire contornos particulares”.

A especialista não esconde o facto de o prazer alimentar contribuir para o excesso de peso, “mas o que mostrámos é que isso não explica a maioria dos casos de obesidade”.

O estudo baseou-se na análise de três “amostras” de adultos: 123 doentes clinicamente obesos (com índice de massa corporal superior a 30), 278 estudantes do ensino profissional ou superior e 865 pessoas globalmente representativas da população portuguesa, para, segundo o DN, confirmar as conclusões num grupo maior.

A equipa recorreu à escala PFS (Power of Food Scale) que, a partir de um questionário, permite atribuir à fome hedónica de cada pessoa um valor de 1 (mínima) a 5 (máxima).

Analisando a relação entre peso e fome hedónica, os investigadores perceberam que do grupo das pessoas que tinham obtido 1 ou 2 pontos na escala FPS, apenas 10% eram obesos, enquanto entre as que tinham 4 e 5 pontos, o número de obesos subiu para 40%.

Além disso, a análise mostrou que em cada aumento de um ponto na escala, a probabilidade de se ser obeso quase duplicava.

Os resultados comprovaram que o prazer pela comida explica a obesidade, porém os cientistas mostraram que a fome hedónica explica “menos de 10% da variabilidade do IMC.

“A recompensa alimentar não é a principal explicação da obesidade. Portanto, a dependência da comida não conta a história toda”, salienta Oliveira-Maia.

No seu conjunto, a idade, o nível de instrução e o género podem ser preditivos de apenas 6% da variabilidade do peso, pelo que os 10% atribuídos à escala PFS podem ter alguma importância. “Ainda temos de procurar os outros 84%“, diz o cientista.

Os resultados deste estudo são importantes na visão dos cientistas na medida em que “devemos basear as nossas decisões relativas à saúde em resultados reais e não em opiniões”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Proposta do PCP para passar Novo Banco para esfera pública foi chumbada

A recomendação ao Governo proposta pelo PCP para reverter da venda do Novo Banco, transferindo-o para a esfera pública, foi hoje chumbada no parlamento com os votos contra de PS, PSD, CDS-PP, PAN, Iniciativa Liberal …

Trump ataca voto por correspondência. Resultados podem não ser "determinados de forma precisa"

O Presidente dos EUA, Donald Trump, reforçou na quinta-feira no Twitter os ataques ao voto por correspondência nas eleições de novembro, ao que a rede social reagiu ligando duas das suas mensagens a informação verificada …

Quatro candidatos disputarão sucessão de Santana no Aliança

O novo líder do Aliança, que sucederá ao fundador do partido, Pedro Santana Lopes, vai ser escolhido entre quatro candidatos no próximo congresso nacional, agendado para 26 e 27 de setembro em Torres Vedras. Segundo noticiou esta …

Recomendação do PS para tarifa social de Internet sem oposição (mas partidos querem mais)

A recomendação do PS ao Governo para que crie uma tarifa social de acesso à Internet não mereceu esta quinta-feira oposição de nenhuma bancada, mas foram vários os partidos que defenderam a necessidade de “ir …

Ex-deputado PS acusado de uso abusivo de viaturas da Câmara de Barcelos

O Ministério Público acusou de peculato e abuso de poderes o ex-deputado socialista Domingos Pereira, pela alegada utilização de viaturas do município de Barcelos para deslocações de e para a Assembleia da República. Segundo nota publicada …

Quim Torra acusa Governo espanhol de tentar "excluir um presidente no meio de uma pandemia"

Um recurso do presidente separatista catalão Quim Torra contra uma condenação por desobediência que pode afastá-lo do exercício de cargos públicos durante ano e meio foi analisado na quinta-feira pelo Supremo Tribunal de Espanha. Antes …

Cinco anos depois, Volkswagen nega reembolso a 125 mil portugueses lesados

A marca alemã Volkswagen respondeu à Deco Proteste, cinco anos após o caso "dieselgate", informando que não irá indemnizar mais consumidores, tendo em vista os processos judiciais em curso. Segundo noticiou esta sexta-feira a Madremedia, em …

Novo recorde em cinco meses. Mais 780 casos por covid-19 em Portugal

Portugal regista mais seis mortos e 780 casos de infeção por covid-19 esta sexta-feira, de acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS). Os números revelados no boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde …

"Podemos chegar a 1.000 novos casos por dia". Costa pede cautela

No final da reunião de emergência com o gabinete de crise para o acompanhamento da evolução da covid-19 em Portugal, Costa deixou conselhos e pediu cautela. A reunião, convocada na quinta-feira por António Costa, surgiu …

13 de Outubro em Fátima "sim, mas sem peregrinos". Delegada de Saúde espera que a Igreja se "porte bem"

A delegada de Saúde Pública do Médio Tejo defende que as cerimónias religiosas do 13 de Outubro no Santuário de Fátima decorram "sem peregrinos", esperando que a Igreja se porte "tão bem" como aquando do …