Arménios de Nagorno-Karabakh temem que as suas igrejas medievais sejam destruídas

Matt Werner / Flickr

Catedral de Ghazanchetsots.

Os arménios deslocados de Nagorno-Karabakh temem que o seu rico património arquitetónico presente nas igrejas medievais seja destruído.

Uma guerra de seis semanas em Nagorno-Karabakh, uma região montanhosa no sul do Cáucaso, terminou a 9 de novembro, depois de a Rússia ter negociado um acordo de paz entre a Arménia e o Azerbaijão.

Sob o acordo, várias províncias de etnia arménia em Nagorno-Karabakh, que os arménios chamam de Artsakh, foram entregues ao Azerbaijão em novembro e dezembro.

Este é o último capítulo de um conflito que data de pelo menos um século. Em 1921, a União Soviética declarou Nagorno-Karabakh parte do Azerbaijão, apesar da sua maioria étnica arménia. Desde então, o território tem sido palco de manifestações massivas, acordos internacionais fracassados e uma guerra brutal de 1992 a 1994.

A tragédia humana foi devastadora. Só nas batalhas de 2020, mais de 5.000 soldados morreram e mais de 100.000 pessoas foram deslocadas. Embora a guerra tenha acabado, o rico património arquitetónico da região ainda está em risco.

Organizações de património temem que as numerosas históricas igrejas, mosteiros e lápides da região possam enfrentar danos ou destruição agora que estão fora das mãos dos arménios.

Danos a igrejas históricas

A guerra já tinha danificado muitos monumentos arménios. No outono, as ofensivas do Azerbaijão bombardearam a antiga cidade de Tigranakert, fundada no primeiro século a.C. pelo rei arménio Tigranes, o Grande.

Também danificou a histórica Catedral de Cristo o Salvador “Ghazanchetsots” em Shusha, uma das maiores catedrais arménias do mundo. Shusha, chamada de Shushi pelos arménios, é a capital cultural de Karabakh.

Depois de os soldados azeris assumirem o controlo da cidade, imagens online mostraram a sua catedral arménia do século XIX vandalizada com graffiti. Outra igreja próxima do século XIX, conhecida como Kanach Zham e dedicada a São João Batista, também parece ter sido danificada.

Nagorno-Karabakh constitui um capítulo notável na história da arte arménia por causa da sua antiguidade e da sua distinção visual e religiosa.

O Mosteiro de Amaras, no sudeste, foi fundado no século IV, quando a Arménia se tornou o primeiro país a fazer do cristianismo a sua religião nacional. É o local do túmulo de São Grigoris, neto de Gregório, o Iluminador, o padroeiro e evangelizador da Arménia. É também o local da primeira escola a usar a escrita arménia.

Escavações arqueológicas recentes mostram que este túmulo pode ser acessado pelo leste – bastante incomum na arquitetura tradicional de igrejas. Os estudiosos associam isto ao Santo Sepulcro em Jerusalém, o local da crucificação e do túmulo de Jesus.

Muitas outras igrejas em Nagorno-Karabakh são mais recentes, do século XIII ao XVIII, e incorporam pedras em forma de cruz, chamadas khachkars, nas suas paredes. Khachkars geralmente apresentam inscrições escritas em arménio que registam o nome do doador e membros da família.

Passado rico, mas um futuro incerto

Nagorno-Karabakh é o lar de várias tradições arquitetónicas. Existem cavernas e pinturas e gravuras rupestres pré-históricas, bem como túmulos e mesquitas islâmicas medievais e modernas, e pontes, fortalezas e palácios.

Mas as organizações de património, museus, académicos, jornalistas e líderes religiosos estão mais preocupados com o destino do vasto número de monumentos cristãos arménios que representam as populações indígenas arménias – e que podem sofrer exatamente por esse motivo.

Investigadores temem que os monumentos possam enfrentar o mesmo destino que os sítios arménios localizados no enclave azeri de Nakhchivan, onde soldados demoliram milhares de khachkars entre 1997 e 2007.

  ZAP // The Conversation

PARTILHAR

RESPONDER

O primeiro-ministro, António Costa, acompanhado pela ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho e o ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues

Governo pisca o olho à esquerda e cede na caducidade das contratações coletivas

Esta quinta-feira, o Governo enviou aos parceiros sociais duas propostas para alterar o Código de Trabalho: a suspensão da caducidade dos contratos coletivos de trabalho e o modelo de arbitragem para ser aplicado depois de …

Bill Clinton, antigo Presidente dos Estados Unidos, foi hospitalizado

Bill Clinton foi admitido na noite de terça-feira no Centro Médico Irvine da Universidade da Califórnia para "ser tratado a uma infeção não ligada à covid". O antigo Presidente dos Estados Unidos Bill Clinton, com 75 …

Passar muito tempo no Espaço pode aumentar o risco de danos cerebrais

Um novo estudo mostra que os astronautas que passam longas temporadas no Espaço têm mais probabilidade de vir a ter danos cerebrais. Em comunicado, a equipa de cientistas responsável pela investigação explicou ter seguido cinco astronautas …

Físicos fazem medição mais precisa do mundo da idade de um neutrão

Uma equipa de físicos fez a medição mais precisa do mundo da idade de um neutrão. Este avanço da Física pode ajudar a responder a perguntas sobre o Universo primitivo. Já sabemos - com uma incerteza …

O "telescópio que comeu a astronomia" vai olhar para a Idade das Trevas do Universo

Astrónomos da NASA vão usar o Telescópio Espacial James Webb para olhar para trás no tempo até à Idade das Trevas do Universo. Alguns chamaram o Telescópio Espacial James Webb da NASA de "telescópio que comeu …

Estudo da Universidade do Minho defende legalização da prostituição em Portugal

Um estudo de um investigador da Universidade do Minho (UMinho) defende a legalização da prostituição em Portugal e denuncia a “ineficácia do modelo abolicionista” em vigor desde 1983, anunciou esta quinta-feira aquela academia. Em comunicado, a …

Dispositivo vestível impresso a 3D não precisa de ser carregado

Um grupo de especialistas desenvolveu um dispositivo vestível a que chamaram “dispositivo biossimbiótico”, que conta com vários benefícios. O novo dispositivo é impresso em 3D, personalizado e baseado em análises corporais dos utilizadores e ainda pode …

Microsoft encerra o LinkedIn na China devido às restrições locais

A Microsoft informou esta quinta-feira que irá encerrar a rede profissional LinkedIn na China até ao final do ano, justificando a decisão com a existência de um "ambiente operacional difícil", segundo a agência France-Presse (AFP). O …

Ceni anunciado mas adeptos avisam: "Só será treinador se falar connosco antes"

Mudança de treinador no São Paulo: saiu Crespo e regressou a "lenda" do clube, Ceni. Mas há palavras que não se esquecem... Mais uma mudança de equipa técnica no Brasileirão. Desta vez no São Paulo, que …

No Japão, milhares de idosos morrem sozinhos. Agora, um sistema ajuda na deteção de cadáveres nas casas

Monitorização dos edifícios permite perceber se há movimento dos ocupantes dentro das casas. Desta forma, é mais fácil evitar que corpos em decomposição permanecem no local ao longo de muito tempo. O Japão é um dos …