/

Nacionalistas bascos retiram apoio a Rajoy e abrem porta a mudança de governo

Populares de Cantabria / Flickr

o presidente do Governo espanhol, Mariano Rajoy

Os cinco deputados do Partido Nacionalista Basco, PNV, anunciaram esta quinta-feira que vão apoiar o líder socialista Pedro Sánchez para que este se transforme no chefe de governo de Espanha, o que abre as portas para a saída do conservador Mariano Rajoy.

O PNV comunicou ao Parido Popular, PP, do primeiro-ministro Mariano Rajoy, que irá apoiar a moção de censura contra o seu governo, que, caso supere a votação desta sexta-feira, irá levar o líder do Partido Socialista espanhol, PSOE, à presidência do governo, confirmaram fontes do partido conservador.

A direção do PNV tomou essa decisão enquanto acontece o primeiro dia de debates sobre a moção de censura, consciente de que os seus votos são decisivos para que o secretário-geral do PSOE seja presidente de governo, pois ele conta com o apoio de outros grupos da esquerda e nacionalistas.

Sánchez precisa de pelo menos 176 votos dos 350 parlamentares do Congresso e os legisladores do PNV são decisivos para se chegar a esse limite, que o transformaria em chefe do Executivo.

A direção do PNV tomou a decisão de apoiar a moção de censura dos socialistas contra o chefe do Executivo, que se baseia na exigência de responsabilidades políticas pelos diferentes casos de corrupção que envolvem o PP, que é presidido por Rajoy há anos.

  // EFE

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.