Nacionalidade checa do romancista Milan Kundera é restituída após 40 anos

Elisa Cabot / Flickr

O romancista Milan Kundera, em 1980

O romancista Milan Kundera deixou a Checoslováquia em 1975, partindo para a França com a esposa para o que deveria ser uma curta passagem por uma universidade, acabando por não regressar. O governo comunista revogou a sua nacionalidade em 1979 e, desde então, o autor raramente voltou à terra natal.

Mas, 40 anos depois, o autor do conhecido romance The Unbearable Lightness of Being (A Insustentável Leveza do Ser, em tradução livre), voltou a ser um cidadão checo, segundo revelou a NPR. O certificado de cidadania foi entregue pelo embaixador checo na França, Petr Drulak, no apartamento do escritor, em Paris.

“Para mim, foi muito emocionante”, disse Petr Drulak à Czech Radio. “Na verdade, foi um momento muito emocionante para todos nós, porque depois de 40 anos, Milan Kundera é novamente um cidadão checo”, acrescentou o embaixador.

Petr Drulak disse tratar-se de um gesto simbólico e que Milan Kundera, de 90 anos, sempre permaneceu conetado ao país de origem, mesmo no exílio. “Ele manteve as suas convições e identidade, um checo profundo, eu diria. É realmente alguém muito ligado a este país e está muito interessado no que está acontecendo na República Checa”, afirmou ainda.

Contudo, de acordo com a NPR, não está claro se Milan Kundera está tão entusiasmado com o gesto quanto o governo checo.

O romancista tornou-se cidadão francês em 1981 e, quando visita a República Checa, permanece incógnito. Em 2008, foi homenageado com o prémio nacional de literatura da República Checa, mas não compareceu à cerimónia.

As autoridades da Checoslováquia proibiram os livros de Milan Kundera e revogaram a sua cidadania após a publicação de The Book of Laughter and Forgetting (O Livro do Riso e Esquecimento, em tradução livre), em 1979, na França. Na obra, o autor intitula o então Presidente da Checoslováquia, Gustav Husak, de “Presidente do esquecimento”.

O livro The Unbearable Lightness of Being (A Insustentável Leveza do Ser), de Milan Kundera

O romance The Unbearable Lightness of Being tornou-se num ‘best-seller’ internacional quando foi publicado, em 1984. O livro conta história de um casal, Tomas e Tereza, em meio à repressão soviética e durante a primavera de 1968, em Praga. Quatro anos após a sua publicação, a história foi adaptada para um filme norte-americano.

Desde 1989, Milan Kundera escreve os seus romances em francês e, segundo a Czech Radio, não permite que outra pessoa – a não ser ele próprio – traduza as obras para checo. Como resultado, muitas não estão disponíveis na sua língua materna.

Em 2008, uma revista checa publicou um relatório indicando que, em 1950, o autor informou a polícia secreta sobre um suposto espião, que foi posteriormente detido e esteve preso durante 14 anos. Milan Kundera negou as alegações, descrevendo-as como “mentiras puras” e “um assassinato de um autor”.

No ano passado, o primeiro-ministro checo, Andrej Babiš, visitou Milan Kundera e a sua esposa em Paris, oferecendo-se para restaurar a cidadania do escritor.

Contudo, em 1984, o escritor disse a um jornal alemão que não pretendia voltar à sua terra natal. “Não existe o sonho de retorno. Tenho Praga em mim: o cheiro, o sabor, a língua, a paisagem, a cultura”, afirmou.

Numa entrevista ao New York Times, no mesmo ano, descreveu como o próprio significado de “casa” muda na tradução.

“Em francês a palavra ‘casa’ não existe”, disse. “Diz-se ‘chez moi’ ou ‘dans ma patrie’ – o que significa que ‘casa’ já está politizada, que ‘casa’ já inclui uma política, um estado, uma nação. (…) Deve-se perguntar: O que é o lar? O que significa estar ‘em casa’? É uma pergunta complicada. Posso dizer honestamente que me sinto muito melhor aqui em Paris do que em Praga, mas posso também dizer que perdi a minha casa ao sair de Praga?”, acrescentou na altura o romancista.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas perto de provar que microgravidade inibe crescimento de tumores

Cientistas já testaram com sucesso em laboratório que a microgravidade inibe o crescimento de tumores. Agora, os investigadores querem testar em órbita. Onde quer que esteja, Stephen Hawking permanece presente na ciência, e os seus mais …

Vibrações provocadas por "estrelamotos" permitem precisar a idade da Via Láctea

Os tremores estelares registados pelo telescópio espacial Kepler, da NASA, ajudaram a responder a um antigo enigma sobre a idade do "disco espesso" da Via Láctea. Uma equipa de cientistas, liderada por investigadores do Centro de …

Este casaco foi desenhado para nos ajudar a dormir em qualquer lado

A britânica Vollebak lançou um casaco, inspirado nos astronautas, que facilita a ideia de poder dormir, literalmente, em qualquer lado. A pensar em todas aquelas pessoas que gostam de fazer uma sesta ou outra, independentemente do …

DJ Juice WRLD morre aos 21 anos

A estrela do hip-hop norte-americano Juice WRLD faleceu este domingo (8), depois de sofrer convulsões no Aeroporto de Midway, em Chicago, avança o TMZ. O rapper tinha feito 21 anos a 2 de dezembro. De acordo …

"A Favorita" arrebata prémios do cinema europeu

O filme "A Favorita", do realizador grego Yorgos Lanthimos, arrecadou oito prémios da Academia de Cinema Europeu, numa cerimónia realizada em Berlim. "A Favorita" conquistou, entre outros, os prémios de Melhor Filme Europeu, Melhor Comédia, Realização …

Belenenses 1-1 Porto | "Dragão" escorrega e deixa fugir líder

O FC Porto não foi além de um empate na visita ao Jamor, ante o Belenenses. André Santos abriu as “hostilidades” e Alex Telles, na marcação de uma grande penalidade, fixou o resultado final. Com esta …

Caligrafia desleixada de Isabel I denuncia-a como a tradutora anónima de um livro romano

A rainha Isabel I de Inglaterra foi identificada como a tradutora anónima do livro "Anais" de Tácito. As idiossincrasias da sua caligrafia acabaram por ser fundamentais para a descoberta. Na análise a uma tradução de século …

Hashtags políticas como #MeToo tornam as pessoas menos propensas a acreditar em notícias

Tendem a passarem despercebidas, mas as hashtags são mais importantes do que julgamos. A questão que se impõe é: serão benéficas para a saúde democrática da Internet? Uma hashtag (#) é uma marca funcional, amplamente usada …

Sporting 1-0 Moreirense | "Leão" resolve à cabeçada

O Sporting regressou às vitórias na Liga NOS, embora não sem sentir algumas dificuldades, em especial no ataque. Os "leões" bateram o Moreirense por 1-0, numa partida em que remataram muito (28, máximo na Liga até …

Orçamento do Estado. "Sentido de voto do BE está completamente em aberto"

A coordenadora do BE afirmou, este domingo, que o sentido de voto do partido sobre o Orçamento do Estado para 2020 está "completamente em aberto", desejando que o Governo socialista atenda às reivindicações bloquistas. "Fizemos uma …