Nacionalidade checa do romancista Milan Kundera é restituída após 40 anos

Elisa Cabot / Flickr

O romancista Milan Kundera, em 1980

O romancista Milan Kundera deixou a Checoslováquia em 1975, partindo para a França com a esposa para o que deveria ser uma curta passagem por uma universidade, acabando por não regressar. O governo comunista revogou a sua nacionalidade em 1979 e, desde então, o autor raramente voltou à terra natal.

Mas, 40 anos depois, o autor do conhecido romance The Unbearable Lightness of Being (A Insustentável Leveza do Ser, em tradução livre), voltou a ser um cidadão checo, segundo revelou a NPR. O certificado de cidadania foi entregue pelo embaixador checo na França, Petr Drulak, no apartamento do escritor, em Paris.

“Para mim, foi muito emocionante”, disse Petr Drulak à Czech Radio. “Na verdade, foi um momento muito emocionante para todos nós, porque depois de 40 anos, Milan Kundera é novamente um cidadão checo”, acrescentou o embaixador.

Petr Drulak disse tratar-se de um gesto simbólico e que Milan Kundera, de 90 anos, sempre permaneceu conetado ao país de origem, mesmo no exílio. “Ele manteve as suas convições e identidade, um checo profundo, eu diria. É realmente alguém muito ligado a este país e está muito interessado no que está acontecendo na República Checa”, afirmou ainda.

Contudo, de acordo com a NPR, não está claro se Milan Kundera está tão entusiasmado com o gesto quanto o governo checo.

O romancista tornou-se cidadão francês em 1981 e, quando visita a República Checa, permanece incógnito. Em 2008, foi homenageado com o prémio nacional de literatura da República Checa, mas não compareceu à cerimónia.

As autoridades da Checoslováquia proibiram os livros de Milan Kundera e revogaram a sua cidadania após a publicação de The Book of Laughter and Forgetting (O Livro do Riso e Esquecimento, em tradução livre), em 1979, na França. Na obra, o autor intitula o então Presidente da Checoslováquia, Gustav Husak, de “Presidente do esquecimento”.

O livro The Unbearable Lightness of Being (A Insustentável Leveza do Ser), de Milan Kundera

O romance The Unbearable Lightness of Being tornou-se num ‘best-seller’ internacional quando foi publicado, em 1984. O livro conta história de um casal, Tomas e Tereza, em meio à repressão soviética e durante a primavera de 1968, em Praga. Quatro anos após a sua publicação, a história foi adaptada para um filme norte-americano.

Desde 1989, Milan Kundera escreve os seus romances em francês e, segundo a Czech Radio, não permite que outra pessoa – a não ser ele próprio – traduza as obras para checo. Como resultado, muitas não estão disponíveis na sua língua materna.

Em 2008, uma revista checa publicou um relatório indicando que, em 1950, o autor informou a polícia secreta sobre um suposto espião, que foi posteriormente detido e esteve preso durante 14 anos. Milan Kundera negou as alegações, descrevendo-as como “mentiras puras” e “um assassinato de um autor”.

No ano passado, o primeiro-ministro checo, Andrej Babiš, visitou Milan Kundera e a sua esposa em Paris, oferecendo-se para restaurar a cidadania do escritor.

Contudo, em 1984, o escritor disse a um jornal alemão que não pretendia voltar à sua terra natal. “Não existe o sonho de retorno. Tenho Praga em mim: o cheiro, o sabor, a língua, a paisagem, a cultura”, afirmou.

Numa entrevista ao New York Times, no mesmo ano, descreveu como o próprio significado de “casa” muda na tradução.

“Em francês a palavra ‘casa’ não existe”, disse. “Diz-se ‘chez moi’ ou ‘dans ma patrie’ – o que significa que ‘casa’ já está politizada, que ‘casa’ já inclui uma política, um estado, uma nação. (…) Deve-se perguntar: O que é o lar? O que significa estar ‘em casa’? É uma pergunta complicada. Posso dizer honestamente que me sinto muito melhor aqui em Paris do que em Praga, mas posso também dizer que perdi a minha casa ao sair de Praga?”, acrescentou na altura o romancista.

Taísa Pagno ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

ROUGHIE. Planador subaquático observa silenciosamente os mares (sem perturbar a vida selvagem)

Os veículos subaquáticos autónomos tornaram-se ferramentas versáteis para explorar os mares. Porém, estas ferramentas podem ser prejudiciais para o meio ambiente ou ter problemas em movimentar-se em espaços confinados. Uma equipa de investigadores da Purdue University, …

Igreja cipriota pede que a música "demoníaca" da Eurovisão seja cancelada. Governo rejeita

El Diablo foi a canção escolhida para representar o Chipre no festival da Eurovisão, que terá lugar em Roterdão, em maio. A música cipriota da Eurovisão está a causar polémica. A Igreja Ortodoxa do Chipre pediu, …

Cientistas propõem que indústria da moda pague "royalties" pelo padrão leopardo

Cientistas de Oxford, no Reino Unido, propõem que a indústria da moda comece a pagar royalties pelo uso do padrão que imita a pele de leopardo, para tentar ajudar a reverter o declínio deste felino. "O …

André Ventura foi reeleito presidente do Chega com 97,3% (e deixou recados ao PSD)

André Ventura foi reeleito este sábado, com 97,3% dos votos nas eleições internas para a presidência do Chega. O presidente demissionário do Chega foi reeleito este sábado com 97,3% dos votos, percentagem que considerou legitimá-lo para …

Uma das maiores camas do céu. JetBlue revela a nova classe executiva do Airbus A321neo

Uma das maiores camas no céu deverá estrear dentro de alguns meses, quando a JetBlue começar a voar com os seus A321neo de Boston e Nova Iorque a Londres. No dia 26 de fevereiro, a norte-americana …

Putin diz que Internet pode destruir a sociedade se não for regida pela moral

 Internet pode destruir a sociedade a partir se não não for regida por valores e leis da moral, considerou Vladimir Putin. O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, advertiu que a Internet pode destruir a sociedade a …

China torna-se o primeiro país do mundo a ter mais de mil multimilionários

A China tornou-se o primeiro país do mundo a ultrapassar a marca dos mil multimilionários, tendo neste momento um total de 1058 pessoas que têm a sorte de poder fazer parte desse grupo restrito. De acordo …

Gil Vicente 0-2 Porto | Vida fácil para o “dragão” em Barcelos

O FC Porto venceu o Gil Vicente em Barcelos, por 2-0. Pepe e Corona saíram ao intervalo com problemas físicos. O Porto foi a Barcelos conquistar três pontos de forma tranquila, perante um Gil Vicente que …

Na Índia, o comércio ilegal de burros está a crescer. A sua carne é considerada afrodisíaca

Viagra? Não, a população do estado de Andhra Pradesh, na Índia, tem um novo método para aumentar o desejo sexual: carne de burro. Esta crença está a fazer com que o comércio ilegal de carne …

Com as fronteiras fechadas, companhia aérea australiana lança "voos mistério"

A companhia aérea australiana Qantas anunciou “voos mistério”, nos quais os passageiros não fazem ideia para onde vão, numa tentativa de atrair mais clientes. As fronteiras internacionais da Austrália estão atualmente fechadas e parece improvável que …