Nacionalidade checa do romancista Milan Kundera é restituída após 40 anos

Elisa Cabot / Flickr

O romancista Milan Kundera, em 1980

O romancista Milan Kundera deixou a Checoslováquia em 1975, partindo para a França com a esposa para o que deveria ser uma curta passagem por uma universidade, acabando por não regressar. O governo comunista revogou a sua nacionalidade em 1979 e, desde então, o autor raramente voltou à terra natal.

Mas, 40 anos depois, o autor do conhecido romance The Unbearable Lightness of Being (A Insustentável Leveza do Ser, em tradução livre), voltou a ser um cidadão checo, segundo revelou a NPR. O certificado de cidadania foi entregue pelo embaixador checo na França, Petr Drulak, no apartamento do escritor, em Paris.

“Para mim, foi muito emocionante”, disse Petr Drulak à Czech Radio. “Na verdade, foi um momento muito emocionante para todos nós, porque depois de 40 anos, Milan Kundera é novamente um cidadão checo”, acrescentou o embaixador.

Petr Drulak disse tratar-se de um gesto simbólico e que Milan Kundera, de 90 anos, sempre permaneceu conetado ao país de origem, mesmo no exílio. “Ele manteve as suas convições e identidade, um checo profundo, eu diria. É realmente alguém muito ligado a este país e está muito interessado no que está acontecendo na República Checa”, afirmou ainda.

Contudo, de acordo com a NPR, não está claro se Milan Kundera está tão entusiasmado com o gesto quanto o governo checo.

O romancista tornou-se cidadão francês em 1981 e, quando visita a República Checa, permanece incógnito. Em 2008, foi homenageado com o prémio nacional de literatura da República Checa, mas não compareceu à cerimónia.

As autoridades da Checoslováquia proibiram os livros de Milan Kundera e revogaram a sua cidadania após a publicação de The Book of Laughter and Forgetting (O Livro do Riso e Esquecimento, em tradução livre), em 1979, na França. Na obra, o autor intitula o então Presidente da Checoslováquia, Gustav Husak, de “Presidente do esquecimento”.

O livro The Unbearable Lightness of Being (A Insustentável Leveza do Ser), de Milan Kundera

O romance The Unbearable Lightness of Being tornou-se num ‘best-seller’ internacional quando foi publicado, em 1984. O livro conta história de um casal, Tomas e Tereza, em meio à repressão soviética e durante a primavera de 1968, em Praga. Quatro anos após a sua publicação, a história foi adaptada para um filme norte-americano.

Desde 1989, Milan Kundera escreve os seus romances em francês e, segundo a Czech Radio, não permite que outra pessoa – a não ser ele próprio – traduza as obras para checo. Como resultado, muitas não estão disponíveis na sua língua materna.

Em 2008, uma revista checa publicou um relatório indicando que, em 1950, o autor informou a polícia secreta sobre um suposto espião, que foi posteriormente detido e esteve preso durante 14 anos. Milan Kundera negou as alegações, descrevendo-as como “mentiras puras” e “um assassinato de um autor”.

No ano passado, o primeiro-ministro checo, Andrej Babiš, visitou Milan Kundera e a sua esposa em Paris, oferecendo-se para restaurar a cidadania do escritor.

Contudo, em 1984, o escritor disse a um jornal alemão que não pretendia voltar à sua terra natal. “Não existe o sonho de retorno. Tenho Praga em mim: o cheiro, o sabor, a língua, a paisagem, a cultura”, afirmou.

Numa entrevista ao New York Times, no mesmo ano, descreveu como o próprio significado de “casa” muda na tradução.

“Em francês a palavra ‘casa’ não existe”, disse. “Diz-se ‘chez moi’ ou ‘dans ma patrie’ – o que significa que ‘casa’ já está politizada, que ‘casa’ já inclui uma política, um estado, uma nação. (…) Deve-se perguntar: O que é o lar? O que significa estar ‘em casa’? É uma pergunta complicada. Posso dizer honestamente que me sinto muito melhor aqui em Paris do que em Praga, mas posso também dizer que perdi a minha casa ao sair de Praga?”, acrescentou na altura o romancista.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Depois da polémica, Hank Azaria deixa de dar voz a Apu dos "Simpsons"

O ator que dá voz à personagem indiana Apu Nahasapeemapetilon, da série "Os Simpsons", anunciou que vai deixar de o fazer, depois de vários anos de polémica. Segundo a BBC, Hank Azaria anunciou, este fim-de-semana, que …

"Parasite" vence prémio principal do Sindicato dos Atores dos EUA

O filme do realizador sul-coreano Bong Joon-ho venceu, no domingo, o prémio mais importante do Sindicato dos Atores dos Estados Unidos (SAG), tornando-se o primeiro filme em língua estrangeira a receber tal distinção. A comédia negra …

Cientistas criam método inovador para tratamento de lesões agudas da pele

Investigadores do Centro de Neurociências e Biologia Celular (CNC) de Coimbra desenvolveram um método “inovador e sensível à luz”, que poderá ser útil no tratamento de lesões agudas da pele. Um grupo de investigadores do CNC …

Elon Musk quer enviar 10 mil pessoas a Marte até 2050

O CEO da Space X, Elon Musk, quer construir cem naves por ano e levar pelo menos dez mil pessoas a Marte até 2050, embora os protótipos das naves espaciais Starship ainda estejam sujeitos a …

Como será um iPhone daqui a um milhão de anos? Artista mostra o impacto de lixo eletrónico

https://vimeo.com/386000590 A exposição The World After Us: Imaging techno-aestethic futures tem instalações onde se pode ver a natureza a tomar conta de telemóveis, computadores, tablets e outros dispositivos, mostrando que dificilmente se desintegrarão nos próximos anos. Os …

Marca japonesa acusada de apropriação cultural por perucas de modelos

A marca japonesa Comme Des Garçons foi acusada de apropriação cultural devido às perucas usadas pelos seus modelos caucasianos num desfile na Paris Fashion Week, em França. De acordo com a BBC, as perucas com tranças …

Índia suspende a construção da primeira linha do comboio ultra-rápido Hyperloop

As autoridades estatais do estado indiano de Maharashtra decidiram suspender a construção da primeira linha do comboio ultra-rápido Hyperloop, que iria ligar as movimentadas cidades de Bombaim e Pune. O Governo local decidiu não avançar para …

Regina Duarte inicia "período de testes" na Secretaria da Cultura do Brasil

A atriz brasileira afirmou, esta segunda-feira, que iniciou um "período de testes" na Secretaria Especial da Cultura, pasta que foi convidada a liderar após a exoneração de um governante que parafraseou um discurso nazi. "Nós vamos …

Malásia devolve 150 contentores ilegais de lixo a países desenvolvidos

As autoridades da Malásia anunciaram, esta segunda-feira, que devolveram 150 contentores ilegais de lixo para os seus países de origem e afirmaram que não se querem tornar num "aterro sanitário" dos países desenvolvidos. Os países da …

Vietname contorna Huawei ao desenvolver tecnologia própria para o 5G

O maior grupo de telecomunicações do Vietname vai implementar este ano o 5G com recurso à sua própria tecnologia, contornando os chineses da Huawei, num sinal das implicações geopolíticas da rede de quinta geração. A empresa …