Nacional 0-1 FC Porto | Dragão cansado não facilita

O FC Porto foi à Madeira vencer o Nacional por 1-0. Quem pensou que seria jogo de goleada para os “azuis-e-brancos” enganou-se por completo.

Os insulares deram luta, só permitiram um golo, por parte de Mehdi Taremi – após um erro do guardião António Filipe –, e ainda desperdiçaram uma grande penalidade, terminando o jogo com menos bola, mas com registo de remates em linha com o alcançado pelos campeões nacionais, que geriram bem as consequências da fadiga evidente.

Com este resultado, o Porto mantém-se a seis pontos do líder Sporting e aumentou para seis a vantagem sobre o Benfica, que perdeu este sábado em casa com o Gil Vicente.

O jogo explicado em números

  • Sérgio Conceição apresentou um 4-3-3 na Choupana, com o regresso de Chancel Mbemba ao “onze” na Liga, tal como Sérgio Oliveira, Luis Díaz e Mehdi Taremi. Marko Grujic continuou a merecer a confiança e Moussa Marega ficou no banco. Já Manuel Machado trocou quase toda a equipa do meio-campo para a frente, tendo em conta a goleada por 5-1 sofrida nos Açores.
  • Excelente começo de jogo para o Nacional, que aos cinco minutos beneficiou de uma grande penalidade. João Camacho fugiu pela direita, entrou na grande área, e foi travado por Zaidu. Mas Marchesín travou a conversão de Éber Bessa no castigo máximo.
  • Um lance que poderia ter tido o condão de animar os acontecimentos, mas o jogo manteve-se numa toada morna, aos repelões, com o Porto a dominar no primeiro quarto-de-hora (63% de posse), a mostrar melhor qualidade no passe (84% de eficácia contra 66%), mas a não passar de dois remates, um enquadrado (1-1 do lado nacionalista).
  • Mas em cima do minuto 20, o marcador funcionou mesmo, e para o “dragão”. Erro do guarda-redes António Filipe, a Jesús Corona recolheu e entregou a Taremi, que não teve dificuldade para inaugurar o marcador. As fragilidades defensivas do Nacional começavam a vir ao de cima.
  • O jogo não melhorou de qualidade até à meia-hora, com o Porto ainda a dominar, mas o Nacional a tentar o empate e a somar três disparos, dois enquadrados, bem como seis acções com bola na área portista, apenas menos três do que os “azuis-e-brancos” do outro lado. Marchesín, já com duas defesas, uma delas a uma grande penalidade, comandava os ratings nesta fase, com 6.8. E foi apenas com os olhos que “desviou” um remate cruzado de João Camacho aos 36 minutos.
  • Jogo pobre na Madeira, mas controlado pelo FC Porto, que teve mais bola, fê-la circular melhor e teve as melhores ocasiões, se excluirmos a grande penalidade que o Nacional dispôs – e desperdiçou. As duas equipas chegaram ao intervalo com o mesmo registo de remates e de enquadrados, pelo que o melhor em campo nesta altura era o guardião portista Marchesín, fundamentalmente devido ao penálti que travou a remate de Éber Bessa. O argentino registava um GoalPoint Rating de 6.9, com dois disparos travados.

Homem de Gouveia / Lusa

  • Os minutos iniciais da etapa complementar trouxeram uma reacção tímida do Nacional, que chegada a hora de jogo tinha 42% de posse e o único remate enquadrado, ao mesmo tempo que conseguia algumas investidas pelos flancos. E pelo ar, os homens da casa tinham poucas hipóteses, pois o Porto registava 63% de duelos aéreos ofensivos ganhos.
  • O jogo foi perdendo cada vez mais clarividência, chegando aos 70 minutos com apenas quatro disparos no segundo tempo, dois para cada lado, um enquadrado (para os da casa). E todo o jogo era muito dividido, com o Porto a ganhar 20 de 38 duelos. E na posse de bola quase se registava um equilíbrio (54% para os “dragões, 46% para os insulares).
  • Até final, destaque apenas para um golo marcado por Toni Martínez, mas anulado por fora-de-jogo do avançado espanhol. Um resultado que permeia o aproveitamento e pune o desperdício.

O melhor em campo GoalPoint

O Nacional da Madeira enquadrou tantos remates (3) quanto o Porto, um deles uma grande penalidade. E Agustín Marchesín defendeu-os todos. O guarda-redes argentino esteve sempre muito atento e travou dois disparos na sua grande área, registando ainda uma saída pelo solo eficaz. Um dos jogadores do Porto mais consistentes esta temporada, terminou com um GoalPoint Rating de 7.5 e foi o MVP na Choupana.

Jogadores em Foco

  • Marko Grujic 7.0 – O sérvio chegou a esta fase da época em excelente forma e totalmente integrado nas ideias de jogo da equipa portista, pelo que tem merecido a confiança de Sérgio Conceição. E tem correspondido. Com capacidade para preencher amplas zonas do terreno, criou uma ocasião flagrante de golo, fez quatro desarmes, sofreu três faltas e ganhou nove de dez duelos aéreos, cinco deles defensivos (100%).
  • Chancel Mbemba 6.5 – Regressado à titularidade nos “dragões” na Liga, o congolês fez três desarmes e demonstrou um posicionamento irrepreensível, tendo, por isso, registado o máximo de recuperações de posse (10), a par de Rui Correia.
  • Mehdi Taremi 6.1 – Após o golaço que marcou em Londres, o iraniano voltou a merecer a titularidade e aproveitou-a para marcar o único golo do desafio. Registou três remates, seis acções com bola na área contrária (máximo da partida), ganhou três de quatro duelos aéreos ofensivos e só não tem melhor nota porque desperdiçou uma ocasião flagrante.
  • Jesús Corona 6.1 – O mexicano não brilhou tanto quanto noutras ocasiões, mas foi decisivo, ao recolher a bola no erro de António Filipe, antes de assistir Taremi para o golo da vitória portista. Tirando isso, o destaque vai para seis recuperações de posse.
  • Pepe 6.0 – O internacional português assinou dois desarmes, três alívios e ganhou dois de três duelos aéreos defensivos, e no passe esteve competente, com o máximo de passes certos da partida (55), entre eles cinco longos eficazes em dez.
  • Pedrão 6.0 – O melhor elemento dos nacionalistas. O central acabou por ter muito trabalho, primeiro com Taremi, depois com Toni Martínez, mas foi resolvendo os problemas. Aos três desarmes e cinco alívios juntou oito recuperações de posse e ganhou cinco de seis duelos aéreos defensivos.

Resumo

PARTILHAR

RESPONDER

"Uma cena da Idade Média". Refugiado encontrado morto e cercado de ratos em acampamento grego

O jovem, proveniente da Somália, foi encontrado morto dentro de uma tenda no início desta semana. No momento em que as autoridades chegaram ao local, cerca de 12 horas após a morte do rapaz, o …

Coreia do Norte alega que a covid-19 poderia flutuar em balões vindos do Sul

A Coreia do Norte pediu aos seus cidadãos que não leiam panfletos de propaganda enviados através de balões do Sul, alegando que a covid-19 poderia entrar no país através das gotículas. De acordo com a agência …

Autoagendamento a partir dos 60 anos deve arrancar no final da próxima semana

O autoagendamento para a vacinação contra a covid-19 deverá passar a contemplar as pessoas a partir dos 60 anos, em vez dos atuais 65, já no final da próxima semana, adiantou hoje à Lusa fonte …

Emprego, formação e pobreza. Cimeira Social arranca com apelos a mudança para recuperar da crise

A Cimeira Social arrancou, nesta sexta-feira, no Porto, com a presença de 24 dos 27 chefes de Estado e de Governo da UE, num evento que pretende definir a agenda social da Europa para a …

Comandos. MP pede condenação de cinco arguidos a penas entre dois e 10 anos de prisão

O Ministério Público (MP) pediu hoje a condenação de cinco dos 19 arguidos no processo relativo à morte de dois recrutas dos Comandos, em 2016, a penas de prisão entre dois e 10 anos. Nas alegações …

Juventus quer Zidane para o lugar de Pirlo

O insucesso desportivo da Juventus esta temporada deve fazer com que Pirlo saia do clube. Zidane, que também estará de saída do Real Madrid, é o favorito da vecchia signora. Zinédine Zidane estará a pensar seriamente …

“Incompetência e arrogância”. Cabrita está (novamente) debaixo de fogo. Partidos pedem a sua demissão

Eduardo Cabrita, ministro da Administração Interna, está mais uma vez no centro da polémica. Depois de ter avançado com uma requisição civil para que mais de 20 imigrantes fossem transportados para o Zmar, durante a …

Fernando José é o candidato do PS a Setúbal. Ana Catarina Mendes concorre à Assembleia Municipal

O deputado e vereador socialista Fernando José é o cabeça de lista do PS às próximas eleições autárquicas para a Câmara de Setúbal e Ana Catarina Mendes à Assembleia Municipal, revelou fonte oficial do Partido …

Portugal na zona de queda dos restos do foguetão chinês

O foguete de Longa Marcha chinês que foi lançado a 29 de abril, e agora está a preocupar o mundo. As previsões é que a reentrada na atmosfera se dê até ao próximo dia 9 …

CIP propõe "almofada" pública de 8.000 milhões para resolver moratórias

A Confederação Empresarial de Portugal (CIP) propôs ao Governo criar uma "almofada" de garantias públicas no valor de oito mil milhões de euros para dar poder às empresas e levar a banca a renegociar os …