Há uma “arma psicológica” que está a levar os soldados norte-coreanos a fugir: música pop

Jin-Hee Park / EPA

Soldado sul-coreano junto aos altifalantes instalados pela Coreia do Sul na zona desmilitarizada de Paju, a norte de Seul

Mais de mil soldados norte-coreanos fogem para a Coreia do Sul todos os anos, geralmente a partir de rotas através da China. Um potente sistema de altifalantes no país vizinho é uma das armas utilizadas para impulsionar esta situação.

Todos os dias, durante várias horas, a partir da Zona Desmilitarizada da Coreia (DMZ), um potente sistema de altifalantes transmite notícias sobre a desenvolvida Coreia do Sul, a próspera vida que por lá se leva e ainda as famosas canções pop de bandas nacionais.

Exemplos disso são a banda feminina Apink, a cantora IU, a banda masculina Big Bang ou o mundialmente famoso “Gangnam Style”, da autoria do sul-coreano Psy.

Nos últimos dias, o tema transmitido foi precisamente a deserção do soldado norte-coreano que, baleado pelos colegas durante a fuga, conseguiu ultrapassar a fronteira e se encontra agora a recuperar numa unidade hospitalar do país vizinho.

De acordo com o The Diplomat, foi precisamente esta “arma psicológica” que reforçou a vontade do desertor em escapar finamente do regime de Pyongyang, bem como de muitos outros soldados que já estiveram na mesma situação.

Em declarações a esta publicação, um guarda norte-coreano, que também fugiu em junho passado, afirma que se apaixonou pela Coreia do Sul “desde que começou a ouvir os altifalantes”.

Esta transmissão recomeçou, em agosto de 2015, depois de 11 anos de silêncio, por ordem da ex-Presidente sul-coreana entretanto destituída, Park Geun-Hye, devido a uma escalada de tensão na península.

Esta propaganda do Sul tem-se revelado uma grande “dor de cabeça” para o regime norte-coreano, uma vez que desmoraliza a sua população, confinada a um país pobre, com um regime opressor e que não oferece quaisquer condições de vida.

Recorde-se que os médicos encontraram várias lombrigas intestinais no corpo do soldado desertor, que contribuíram para infetar os órgãos afetados pelos tiros. O paciente também mostrou sintomas de “stress psicológico severo e depressão”.

Segundo o Gizmodo, o regime de Kim Jong-un também tem um sistema de propaganda semelhante, porém, deixa muito a desejar devido à baixa qualidade do equipamento.

Dias depois da deserção, vários soldados foram vistos a cavar uma trincheira na zona desmilitarizada, colocaram uma barreira móvel na respetiva estrada e estão a erguer um novo posto de guarda na sua zona de controlo. Também têm percorrido aquele trajeto “para detetarem e corrigirem eventuais falhas”.

Cerca de trinta mil soldados desertaram para o Sul desde o final da guerra (1950-53), mas a maior parte usou rotas de fuga através da China, sendo este um caso invulgar.

ZAP ZAP // RT

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Luciano 1 Dezembro, 2017 at 14:05

    Se é assim como diz, então, não será da má
    qualidade da pop-sul que levará à deserção
    dos militares do norte. . . não será?

RESPONDER

Em São Miguel, os restaurantes de concelhos em nível de alto risco fecham as portas a partir de amanhã

Todos os estabelecimentos de restauração, bebidas e similares nos concelhos do Nordeste e Vila Franca do Campo, em São Miguel, nos Açores, vão encerrar a partir de terça-feira, funcionando apenas em regime de take-away ou …

O Brasil está a construir uma nova estátua gigante de Cristo. Vai ser mais alta que a do Rio de Janeiro

Uma nova estátua gigante do Cristo que está a ser construída no sul do Brasil será ainda mais alta do que a icónica estátua do Cristo Redentor com vista para o Rio de Janeiro. Cabeça e …

Costa anuncia 252 milhões de euros de investimento na investigação e economia do mar

O primeiro-ministro anunciou hoje que o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) vai ter uma verba de 252 milhões de euros autonomizada para financiar investimentos na investigação, na economia do mar e na segurança pesqueira. Além …

Setor da restauração diz que os apoios e horários estabelecidos aumentam a “escravização"

Segundo um documento da PRO.VAR, dois em cada três (66,4%), dos estabelecimentos localizados em centros comerciais, ponderam apresentar pedidos de insolvência. O trabalho tem por base um inquérito a empresas do sector realizado entre os dias …

Ucrânia diz que Rússia não responde a pedido de conversações, mas conta com o apoio da NATO

O Presidente ucraniano, Volodimir Zelenskii, disse que ainda não conseguiu falar com o seu homólogo russo, Vladimir Putin, para discutir a escalada do conflito no Leste da Ucrânia. A Rússia e a Ucrânia acusam-se mutuamente de …

"O trabalho liberta." Polícia comunica pichagem nazi no Porto ao Ministério Público

A Polícia Municipal vai comunicar ao Ministério Público (MP) uma pichagem num portão da Avenida do Brasil, no Porto, com a frase nazi "o trabalho liberta". Uma pichagem num portão da Avenida do Brasil, no Porto, …

Um morto e um ferido em tiroteio junto a hospital em Paris. Atirador encontra-se em fuga

Um tiroteio numa rua no bairro 16 da capital francesa causou a morte de um segurança do hospital Henry Dunant e ferimentos muito graves numa utente. Os disparos deram-se em frente ao hospital Henry Dunant, …

Bloco de Esquerda quer plano nacional de férias de Verão financiado pelo Governo

O Bloco de Esquerda vai entregar um projeto de lei na Assembleia da República para que o Governo defina um programa de férias de Verão. Catarina Martins, coordenadora do partido, frisa que a maior parte …

Índia ultrapassa Brasil e é o segundo país mais afetado pela covid-19

A Índia é o segundo país mais afetado pela pandemia de covid-19, ultrapassando o Brasil, depois de registar um valor máximo de 168 mil novas contaminações nas últimas 24 horas. O país, com 1,3 mil milhões …

Dois anos depois, mulher de Assange pede que Reino Unido pressione EUA para acusações caírem

A mulher de Julian Assange, Stella Moris, disse que a Grã-Bretanha seria mais forte a fazer campanha contra regimes autoritários se pressionasse o Governo Biden a retirar o seu apelo para o extraditar sob acusações …