Multinacionais pagam menos impostos do que antes da crise

Franck Schneider / Flickr

Uma análise do Financial Times comprova que os impostos sobre as empresas diminuíram 9% nos últimos dez anos.

A análise do Financial Times revela que as grandes multinacionais estão a pagar menos impostos que aqueles que pagavam antes da crise. A pressão dos Governos para reduzirem défices fez baixar os impostos, que caíram 9% nos últimos dez anos, mas há também estratégias fiscais que ajudam estas grandes companhias.

Uma das razões da queda na fatura fiscal das empresas passa pelos cortes nos impostos, com os países a quererem ser cada vez mais competitivos no que toca à atração de investimento. Mas os números analisados pelo jornal mostram que as empresas estão a ficar para trás nos pagamentos de impostos sobre lucros obtidos.

Segundo o Eco, os números mais altos pertencem às empresas tecnológicas, cujos impostos cobrados caíram 13%, a par com as empresas do setor da indústria. Já no setor da saúde, dos bens de consumo e dos materiais, os impostos mantiveram-se inalterados.

Por exemplo, dos cerca de 40% de taxas que a Amazon tinha de pagar em 2017, a empresa terá pago menos de 5%. Já a General Electric, que também deveria ter pago mais de 40%, pagou perto de 10. O Facebook, por sua vez, pagou 5% dos quase 30% de impostos que tinha a pagar.

“Têm sido tomadas muitas medidas que são visíveis, mas a realidade é bem diferente”, afirmou Mihir Desai, professor de Finanças de Harvard, citada pelo Eco, em relação ao esforço para fazer com que as empresas paguem impostos.

“Os cortes de impostos e os descontos por propriedade intelectual têm sido as forças dominantes dos impostos sobre as empresas e isso reflete-se na dinâmica de concorrência. Chamem-lhe uma grande ironia ou hipocrisia, mas é uma das duas”, disse.

As últimas medidas reformistas propostas pela administração norte-americana foram também analisadas pelo Financial Times. Essas medidas cortam o imposto sobre as empresas de 35% para 21% e deixa cair a taxa de repatriação de lucros: medida que traz mais benefícios para as empresas do que para a economia.

Estas medidas vão trazem 400 mil milhões de dólares para os cofres dos Estados Unidos, mas irão aplicar uma poupança de 500 mil milhões de dólares para as empresas.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Na Indonésia, são os recém-licenciados quem mais vai sofrer com o impacto económico da covid-19

A covid-19 continua a desacelerar a economia na Indonésia e pode causar graves impactos nos recém-licenciados que entram no mercado de trabalho pela primeira vez. Na Indonésia, o crescimento económico diminuiu para 2,97% durante o primeiro …

Mudanças climáticas ameaçam 60% das espécies de peixes do mundo

Uma nova investigação levada a cabo por cientistas do Instituto Alfred Wegener, na Alemanha, sugere que as mudanças climáticas podem destruir mais espécies de peixes do que se pensavam anteriormente. Se as temperaturas globais subirem …

Engenheiros desenvolvem célula de combustível duas vezes mais eficiente do que a de hidrogénio

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, desenvolveu um novo processo para uma célula de combustível que funciona com o dobro da tensão das células a combustível tradicionais de hidrogénio. O novo …

Preços das bebidas concertados durante anos. Seis supermercados sob suspeita de cartel

Seis grupos de distribuição alimentar e dois fornecedores de sumos, vinhos e outras bebidas, foram acusados pela Autoridade da Concorrência de concertarem preços durante vários anos em prejuízo do consumidor. "Após investigação, a Autoridade da Concorrência, …

Sindicato denuncia mobilização forçada de médicos para tratar surto de Reguengos de Monsaraz

O Sindicado dos Médicos da Zona Sul (SMZS) denunciou hoje o que diz ser uma “mobilização forçada de médicos” pela Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo para o combate ao surto de covid-19 de …

Novo comboio-bala entra ao serviço na linha Tóquio-Osaka

O mais novo modelo de comboio-bala do Japão - o N700S - entrou ao serviço no dia 1 de julho, numa jornada inaugural de Tóquio a Osaka. A série N700S (sendo que o "S" significa "Supreme") …

Kanye West anuncia candidatura à Presidência dos EUA

O músico norte-americano Kanye West anunciou este sábado, Dia da Independência dos Estados Unidos, a sua candidatura à Casa Branca, depois de ter apoiado anteriormente o atual Presidente e candidato à reeleição, Donald Trump. "Agora devemos …

Vídeo revela, pela primeira vez, como é que o cérebro se livra dos neurónios mortos

Uma equipa de cientistas conseguiu usar, pela primeira vez, uma técnica que "mata" uma célula cerebral isolada e permite observar o processo de limpeza do sistema nervoso em tempo real. A equipa de investigadores conseguiu registar …

Reutilizável, dobrável e esterilizável. Novo "escudo" protege profissionais de saúde

Uma equipa de cientistas desenvolveu, recentemente, um dispositivo dobrável em forma de tenda que atua como um escudo físico para os profissionais de saúde na linha da frente contra a covid-19. A tenda redutora de gotículas …

O Lamborghini mais potente acelera dentro de água. É um iate com 4.000 cavalos

O resultado da primeira colaboração entre a a Lamborghini e os especialistas da Tecnomar é um iate de luxo, com 4.000 cavalos que recria a sensação de condução de um superdesportivo dentro de água. O mais …