Mulher viveu 99 anos com os órgãos nos sítios errados (e nunca soube)

(dr) Família Bentley

Num dia de primavera em 2018, o estudante de medicina Warren Nielsen, de 26 anos, e quatro colegas preparavam um cadáver no laboratório de dissecação da Oregon Health and Science University, em Portland.

O cadáver designado para a equipa de Nielsen era uma mulher de 99 anos que morreu de causas naturais. O seu nome era Rose Marie Bentley, mas os estudantes não sabiam disso. Para honrar e respeitar a privacidade daqueles que oferecem o corpo à ciência, nenhum outro detalhe é dado aos estudantes de medicina sobre a pessoa.

Mas Bentley era especial. Porquê? Uma condição chamada situs inversus com levocardia, na qual a maioria dos órgãos vitais é invertida – quase como um espelho dentro do corpo. Isso, juntamente com uma série de outras anomalias estranhas, fez de Bentley uma espécie de “unicórnio médico”, conta a CNN.

“Acredito que as probabilidades de encontrar outra pessoa como ela podem ser tão remotas como uma em 50 milhões“, disse o professor assistente Cameron Walker, professor da disciplina de Fundamentos de Anatomia Clínica.

A tarefa era abrir a cavidade torácica do corpo para examinar o coração. Não demorou muito para que o grupo de Nielsen começasse a questionar o seu conhecimento médico.
“No coração, faltava uma grande veia que normalmente está no lado direito”, disse Nielsen. Desconcertados, chamaram os professores e perguntaram: “Onde está a veia cava inferior? Não estamos a vê-la? Somos loucos?”

Um corpo tem uma grande veia chamada de veia cava que segue o lado direito da coluna vertebral, curvando-se sob o fígado e esvaziando o sangue desoxigenado no coração.

A veia de Bentley estava à esquerda e, em vez de terminar diretamente no coração, o que é típico, “a veia continuava através do diafragma, ao longo das vértebras torácicas, para cima e ao redor do arco aórtico e esvaziava no lado direito do coração “, disse Walker. “Normalmente, nenhum de nós tem um vaso que faça isso diretamente”.

Mas essa não foi a única irregularidade que Walker e os alunos encontraram no corpo de Bentley. Numerosas veias que normalmente drenam o fígado e outras partes da cavidade torácica estavam ausentes ou brotavam de um ponto incomum. O pulmão direito tinha apenas dois lóbulos, em vez de três, enquanto o átrio direito do coração tinha o dobro do tamanho normal.

“Em vez de ter um estômago à esquerda, o que é normal, o estômago estava à direita“, disse Walker. “O fígado, que normalmente está à direita, estava à esquerda. O baço estava do lado direito, em vez de à esquerda. O resto do sistema digestivo estava invertido”.

As mutações em situs inversus com levocardia ocorrem precocemente, possivelmente entre 30 e 45 dias após a gravidez. Ninguém sabe porquê. A condição ocorre em apenas um dos 22 mil bebés e está invariavelmente associada a doença cardíaca congénita grave. Por causa dos defeitos cardíacos, apenas 5% a 13% vivem após os 5 anos de idade.

Mas Bentley era uma anomalia, uma das poucas nascidas com a doença que não apresentava defeitos cardíacos. “Esse é quase certamente o fator que mais contribuiu para a sua longa vida”, disse. Juntamente com todas as outras anormalidades anatómicas extremamente raras, Bentley é uma em 50 milhões.

Rose Marie Phelps nasceu em 1918 em Waldport, uma pequena cidade na costa do Oregon. A mais nova de quatro irmãos, “ela era mimada”, disse a filha Patti Helmig, que aos 78 anos é a mais velha dos seus cinco filhos. “Ela admitiria que estava estragada”. Cabeleireira de profissão, Bentley sempre foi fascinado pela ciência. A filha acredita a mãe teria sido uma boa enfermeira se tivesse tido a oportunidade.

Apesar da azia crónica – que teria sido explicada pela anatomia gástrica incomum -, Bentley nunca teve nenhum sintoma negativo, disse Ginger Robbins, de 76 anos, o terceiro filho de Bentley. “Não tínhamos razão para acreditar que havia algo errado”. “Ela sempre foi muito saudável. Estava sempre a fazer alguma coisa, levava-nos para as Campfire Girls, pescava, nadava. Era uma excelente nadadora.”

A única pista que pode ser incomum ocorreu quando o apêndice de Bentley foi removido, disse Louise Allee, a quarta filha. “O cirurgião notou que o apêndice não estava no lugar certo quando o tiraram, mas nunca nos disse nada. Ninguém disse nada quando tiraram a vesícula biliar ou quando fizeram uma histerectomia”.

A decisão de doar o corpo começou com Jim Bentley, marido de Rose Marie, mas ela também “achava que era a melhor coisa”. As crenças do casal sobre a doação causaram impacto. Todas as três filhas planeiam doar os corpos à ciência.

Jim Bentley manteve a promessa e doou o corpo quando morreu de pneumonia mais de uma dúzia de anos antes da morte da esposa. As filhas sabiam que ele teria gostado de saber sobre os interiores peculiares de Rose. E que teria dito Rose sobre ser uma em 50 milhões? “Ela teria pensado que era engraçado”, disse Robbins. Allee concordou: “Teria um grande sorriso no rosto”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Pinto da Costa diz ter total confiança em Sérgio Conceição

O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, garantiu que tem "total confiança nos jogadores e no treinador", Sérgio Conceição, que no sábado colocou o lugar à disposição, de acordo com a newsletter oficial dos …

Isabel dos Santos utilizou três identidades para entrar e sair de Portugal

A empresária angola Isabel dos Santos utilizou três documentos de identificação distintos durante as últimas viagens que fez entre Portugal e o Reino Unido. "Izabel Dosovna Kukanova", "Isabel José dos Santos" e "Santos Isabel" foram as …

Voar nunca foi tão seguro, garante a Estatística

Voar em companhias áreas comerciais nunca foi tão seguro, garante um estudo levado a cabo por um professor do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) que monitoriza o número de mortes de passageiros de todo o …

Coronavírus já provocou 56 mortes. China começa a desenvolver vacina

China começou a desenvolver uma vacina contra o novo coronavírus, que já provocou a morte a 56 pessoas e infetou 1.975 pessoas no país, informa este domingo o jornal oficial do Partido Comunista Chinês (PCC). De …

Portugueses vencem "Óscares" de animação em Los Angeles

O filme “Tio Tomás, A Contabilidade dos Dias” da realizadora portuguesa Regina Pessoa, venceu este domingo o prémio de Melhor Curta Metragem e Sérgio Martins venceu a Melhor Direção de Animação em Longa Metragem, pelo …

Juiz Neto de Moura muda nome com que assina acórdãos

O juiz Neto de Moura, envolvido em algumas decisões polémicas sobre violência doméstica, alterou o nome com que assina os acórdãos, avança o Jornal de Notícias na sua edição impressa deste domingo. De acordo com …

Violenta tempestade faz pelo menos 30 mortos em Minas Gerais

A violenta tempestade que desde quinta-feira assola o estado de Minas Gerais, sudeste do Brasil, já provocou pelo menos 30 mortos e 17 desaparecidos, anunciou este domingo a Proteção Civil. De acordo com o novo balanço, …

Descobertas quatro novas espécies de tubarões que caminham

Foram descobertas quatro novas espécies de tubarões que caminham usando as suas barbatanas. Ao todo são já conhecidas nove espécies deste tipo de tubarões. Investigadores encontraram tubarões que caminham nas águas do norte da Austrália e …

Caso suspeito de infeção por coronavírus em Portugal deu negativo

A Direção-Geral da Saúde (DGS) informou este domingo que o primeiro caso suspeita de coronavírus em Portugal, com um paciente sob observação no Hospital de Curry Cabral, em Lisboa, deu negativo após  análises. "A Direção-Geral da …

Francisco Rodrigues dos Santos é o novo líder do CDS

A moção de estratégia de Francisco Rodrigues dos Santos, sob o título "Voltar a Acreditar", foi a mais votada na madrugada domingo no 28.º congresso do CDS, em Aveiro, avançaram à agência Lusa fontes partidárias. A …