Mulher de Fillon recebeu 900 mil euros por dois empregos fictícios

Etienne Laurent / EPA

Penelope Fillon

O candidato da direita às presidenciais em França, François Fillon, arranjou dois empregos fictícios à mulher que lhe permitiram auferir mais de 900.000 euros e remunerou dois filhos, estudantes, com 84.000 euros, noticiou hoje o semanário Canard Enchaîné.

O semanário noticiou na semana passada que Penelope Fillon recebeu ao longo de oito anos cerca de 500.000 euros enquanto assistente parlamentar do marido, funções que o jornal afirma ninguém se recorda de a ter visto exercer. A notícia motivou a abertura de um inquérito por uso indevido de fundos públicos.

Na edição a publicar na quarta-feira, o Canard Enchaîné escreve que a mulher do candidato recebeu 831.440 euros brutos como assistente parlamentar, do marido e do seu sucessor na Assembleia Nacional, Marc Joulaud, entre 1988 e 1990, 1998 e 2007 e 2012 e 2013.

Por outro lado, segundo o jornal, Penelope Fillon recebeu ainda cerca de 100.000 euros como colaboradora da revista literária La Revue des Deux Mondes, propriedade de um amigo do marido, em 2012 e 2013.

François Fillon remunerou também dois dos seus filhos como assistentes parlamentares com 84.000 euros, entre 2005 e 2007, quando ambos eram estudantes, segundo o jornal.

As novas informações foram divulgadas horas depois de inspetores da polícia terem estado na Assembleia Nacional (câmara baixa do parlamento francês), para o que o presidente do grupo parlamentar da direita (Os Republicanos), Christian Jacob, descreveu como “buscas” no antigo gabinete de Fillon.

Na segunda-feira, o casal foi ouvido, em separado, durante seis horas pela polícia francesa no departamento responsável pelo combate à corrupção e aos crimes financeiros e fiscais.

Fillon, primeiro-ministro durante a Presidência de Nicolas Sarkozy (2007-2012), é um dos favoritos às presidenciais de abril e maio de 2017 e as sondagens colocam-no como provável adversário da líder da extrema-direita, Marine Le Pen, na segunda volta.

Os deputados franceses podem contratar familiares, desde que estes exerçam efetivamente as funções pelas quais são remunerados. Fillon, que tem assentado a sua campanha na defesa da transparência, negou qualquer irregularidade.

// Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

John Cleese esgota três coliseus em 48 horas

John Cleese vai estar no Coliseu de Lisboa com “Last Time To See Me Before I Die” durante três dias. O humorista britânico esgotou as três datas em apenas 48 horas. Durante esta madrugada (10), a …

Descoberta no Egito múmia de grande animal semelhante a um leão

O Ministério das Antiguidades egípcio anunciou esta segunda-feira que uma equipa de arqueólogos desenterrou uma múmia de um grande animal incomum, semelhante a um leão ou uma leoa. “É um animal muito estranho, como um gato …

Ex-agentes da DEA revelam detalhes da vida de Escobar na prisão que o próprio construiu

Dois dos agentes do DEA, que durante mais de um ano participaram na operação de captura de Pablo Escobar, revelaram alguns detalhes sobre a vida do narcotraficante e ex-líder do cartel de Medellín na prisão La …

Num jardim zoológico da Austrália, há concertos ao vivo (para entreter os elefantes)

https://vimeo.com/372400002 O jardim zoológico de Melbourne está a desenvolver um programa mundial de músicos para tocar para a sua multigeracional manada de elefantes asiáticos em perigo de extinção para que melhore a ligação entre os seis …

Montijo: ANA pede mais tempo para analisar medidas de mitigação ambiental

A ANA – Aeroportos de Portugal pediu à Agência Portuguesa do Ambiente (APA) uma prorrogação do prazo para analisar as medidas de mitigação propostas pela entidade na Declaração de Impacte Ambiental (DIA) do futuro aeroporto …

Sérgio Conceição ultrapassa número de jogos de José Mourinho

No jogo deste domingo, que o FC Porto acabou por vencer o Boavista com um golo solitário de Alex Telles, Sérgio Conceição cumpriu o seu 128.º jogo como treinador dos dragões - mais uma partida …

Governo australiano acusado de censurar livro sobre história de Timor-Leste

O Ministério dos Negócios Estrangeiros australiano está alegadamente a tentar censurar partes do primeiro de dois volumes da história de operações militares em Timor-Leste, o dedicado à Força Internacional para Timor-Leste (Interfet), segundo revelou a imprensa …

Norte-americanos acordaram com mensagens de texto estranhas nos seus telemóveis

Na passada quinta-feira, uma grande parte da população norte-americana recebeu mensagens estranhas e inexplicáveis, muitas das quais desconfortáveis e até preocupantes. Stephanie Bovee, uma norte-americana de 28 anos de Portland, no oeste dos Estados Unidos, acordou …

Pai que fugiu por 15 países com os dois filhos no ano passado encontrado pela PSP

O pai mudou 15 vezes de país com as crianças desde o verão passado sempre sem o consentimento da mãe e sem que a mãe tivesse qualquer notícia do paradeiro dos filhos, revela a PSP. A …

Daesh está a tentar criar um novo Estado islâmico nas Filipinas

Há dois anos que a bandeira negra do Daesh deixou de esvoaçar no topo de um edifício da cidade de Marawi, em Mindanau, no sul das Filipinas, e o Presidente, Rodrigo Duterte, declarou tê-lo derrotado. …