Muhlaysia foi espancada há um mês. Há três dias foi morta

Muhlaysia Booker, a mulher transgénero de 23 anos que foi espancada há um mês, foi morta a tiro. Para já, as autoridades descartam a possibilidade de o primeiro ataque e o homicídio estarem relacionados.

A mulher transgénero de 23 anos que foi brutalmente atacada há um mês por um grupo de homens num parque de estacionamento em Dallas, no estado norte-americano do Texas, foi morta a tiro este fim-de-semana.

“Assim que chegámos, encontrámos a vítima com o rosto no chão, morta na sequência de um violento homicídio“, descreveu Vincent Weddington, chefe da polícia de Dallas, em conferência de imprensa também transmitida nas redes sociais.

Segundo o Expresso, as autoridades estão a excluir, pelo menos para já, a possibilidade de o homicídio estar relacionado com o espancamento de que a jovem foi vítima no mês passado. “Neste momento, não há nada que indicie Edward Thomas no crime que aconteceu no sábado”, asseguram as autoridades.

Edward Thomas foi o homem detido e acusado da agressão que ocorreu em abril. Continuam por identificar, deter e acusar, os restantes homens que participaram na agressão a Muhlaysia Booker.

Thomas está detido desde 12 de abril, acusado de agressão. No dia em que foi violentamente agredida, Muhlaysia tentava fazer inversão de marcha num parque de estacionamento. Quando pôs a marcha-atrás e carregou no acelerador, bateu num outro carro tendo iniciado toda a confusão.

Segundo a BBC, o condutor apontou uma arma à mulher e só a deixaria sair daquele parque de estacionamento assim que ela pagasse o arranjo do automóvel.

Uma multidão juntou-se em torno dos dois para ver o que se estava a passar e, entre os curiosos, estava o agora detido Edward Thomas, a quem terão sido oferecidos 200 dólares (cerca de 180 euros) para bater em Muhlaysia.

Nas redes sociais, foi divulgado um vídeo que mostra a agressão. Nele é possível ver Thomas a calçar umas luvas e a esmurrar repetidamente a jovem no parque de estacionamento. Ao longo do vídeo, Thomas insulta-a várias vezes, havendo também comentários homofóbicos e racistas. Outros homens juntam-se a ele para a agredirem.

Desde então, além de Thomas, foi detido um outro homem, mas não foi apresentada queixa. Agora continua a investigação à agressão e começa também a investigação à morte de Muhlaysia.

ZAP //

PARTILHAR

15 COMENTÁRIOS

  1. Estes criminosos todos vão pagar muito caro por esta tamanha covardia, breve muito Breve estes monstros, amaldiçoados, sem coração, desumano serão expulso da terra direto pro inferno, para o humbrau…

  2. Eu tento imaginar como vive um ser que só respira e vive do ódio! Gente assim, acha que não estar nem aí com um ser humano é possível viver em Paz. Ledo engano! Uma hora a conta chega. Se for nessa vida, talvez sofra “menos”, mas se for pagar quando estiver do outro lado, se prepare, pois a dor que ele causou a essa moça será mamão com açúcar perto do que ele sofrerá. Ele e os demais… Amém!!!

  3. De acordo com os comentarios, pois sejam de que genero for um ser humanos de que nao maltrate ninguem e seja pessoa de paz tem o direito a sua LIBERDADE , pois somos PO e ai PO VOLTAMOS ate venha o DIA DO JUIZO etcetc AMEN…………….
    AGP

    • Pra dizeres que não achas nada, é porque nessa cabeçorra, há algo de recriminável e merecedor de castigo, em querer mudar de sexo. Como tal para ti isto talvez seja um “pouco” excessivo, mas no fundo para ti a mudança de sexo é algo que também deve ser visto como um crime para a sociedade e um “desrespeito” pelos outros, certo?

  4. … e isto tudo se passa no país “mais democrático do mundo e rei das liberdades individuais”.
    Depois de espancada, não foi sujeita a qualquer protecção, e acaba morta.
    Daqui por dias nunca mais de fala neste ser humano.
    A sociedade e as leis americanas não são recomendáveis. Pelo menos para quem ganha menos de um milhão de dolares.

    • Sim, há criminosos nos EUA, mais alguma novidade? Não há criminosos em Portugal e nos outros países?

      O seu último parágrafo é um perfeito disparate. Alguma vez esteve nos EUA? 1 semana em NYC não conta…

      Eu vivo nos EUA, ganho muito menos de 1 milhão e não tenho intenção de regressar a Portugal, pelo menos não antes de me reformar. E já agora, o mesmo se passa com todos os outros Portugueses que encontro por aqui.

      • Não foi preciso ter ido aí para afirmar o que afirmo.
        Voce fala de garganta, eu apresento-lhe factos
        https://dataunodc.un.org/crime/intentional-homicide-victims
        Pesquise e aprenda. Claro que Colombia, Brasil e mais uns tantos serão piores que os States em criminalidade.
        Mas em 2016 (último ano com dados disponíveis)
        USA – 17250 MORTOS INTENCIONAIS – COM UMA TAXA DE 5,25
        PORTUGAL – 66 MORTOS INTENCIONAIS – COM UMA TAXA DE 0,64 !!!
        Contra factos…
        Parece que o disparate está do seu lado.

  5. NÃO À AGRESSÃO E VIOLÊNCIA.

    mas não existem nem mulheres transgénero nem homens, parem de inventar géneros que por e simplesmente não existem.

  6. Em primeiro lugar isto é um homicídio, ponto final. Sempre um crime por demais repudiável. É inadmissível e deve ser punido como tal. Se a razão de ser do crime é castigar a pessoa pelo exercer da sua liberdade de modificar o seu corpo, então além de homicídio é estupidez pura. Todo o indivíduo deve ter direito de fazer a mudança de sexo que entender. O corpo é dele(a) e se ele não se sente bem ao viver em sociedade com o sexo com que nasceu, ou se se sente psicológicamente uma mulher/homem presa(o) num corpo de homem/mulher, ninguém tem o direito de querer impedir isso. Cada um é dono do seu corpo.

    Acontece que a meu ver, a única coisa errada é quando os transsexuais querem que os outros finjam à força que não sabem ou não percebem, que aquela pessoa não é uma mulher/homem de nascensa, mas sim alguém de cortou e cozeu umas partes do corpo do sexo oposto e toma umas hormonas. No meu entender, um tanssexual não é uma pessoa do sexo oposto àquele com que nasceu físicamante. Podem implantar orgãos sexuais e tomar hormonas, mas a restante anatomia (esqueleto, orgãos não sexuais, etc…) continuarão sempre a ser os do sexo com que nasceram. Cortam, cozem e tomam hormonas artificialmente… Mas aqueles maxilares, aquelas arcadas supra-oculares, aquelas mãos e aqueles pés, continuarão a não enganar ninguém. Mais importante de tudo, continuarão a ser genéticamente do género com que nasceram (XX ou XY, respectivamente).

    Pelo que ficou atrás dito, eu acho que tanto uma pessoa tem direito a fazer “mudança” de sexo, como qualquer outra pessoa tem direito a *não fingir* que não percebe o sexo genético dessa pessoa. Se é verdade que a sociedade não deve ter o direito de impedir que alguém altere o seu corpo como entender, também é verdade que as liberdades de uns terminam onde começam as dos outros e como tal, um tanssexual pode *pedir* que o tratem pelo seu novo género. Mas não pode nem deve querer obrigar ninguém a fazê-lo contra vontade, nem *impor* à sociedade que o(a) vejam como ele(a) quer ser visto(a). Senão, temos o reprimido de repente a passar a repressor.

  7. Mais propaganda. Tanta morte diaria por violencia nos Estados Unidos, esta é noticia pq?
    E onde está o suposto video de que falam?

  8. É esta a ponta do iceberg que será cada vez mais visível agora que os tumps deste mundo percebem que podem ganhar pela força.
    Preparem-se, tempos tenebrosos aproximam-se OUTRA VEZ

    • Infelizmente, os tempos tenebrosos são como os terremotos e os asteroides. Não é uma questão de “se” vai acontecer, mas apenas de “quando”!

RESPONDER

Filho de Bolsonaro já não vai ser embaixador em Washington

O deputado Eduardo Bolsonaro, filho do Presidente do Brasil, anunciou na terça-feira, na Câmara dos Deputados, que desistiu da sua indicação para embaixador do país em Washington, nos Estados Unidos (EUA). Na véspera, Jair Bolsonaro, que …

OE2020. Catarina Martins critica chantagem da Comissão Europeia a cada ano

A coordenadora do Bloco de Esquerda criticou esta terça-feira a chantagem da Comissão Europeia em relação a Portugal repetida a cada legislatura e a cada ano, reiterando a disponibilidade "para negociar um Orçamento do Estado …

Maior parte das escolas não cumprem lei de 2009 sobre a educação sexual

Grande parte das escolas não está a cumprir a lei de 2009 que define como deve ser dada a educação sexual no ensino obrigatório, do 1.º ao 12.º ano de escolaridade. A conclusão surge num relatório …

Pouco poder, mas algum. Deputados únicos podem desencadear revisão da Constituição

Os deputados únicos não têm poder para pedir a votação do programa de Governo, ao contrário dos grupos parlamentares, nem podem sozinhos censurar o Executivo, mas podem desencadear, como qualquer parlamentar, um processo de revisão …

Funcionários públicos esperam entre 100 e 280 dias para se poderem reformar. Processo pode ser acompanhado online

A atribuição das novas pensões de reforma aos funcionários públicos está a demorar, em média, entre 100 a 280 dias - ou seja, entre três e mais de nove meses. A revelação foi feita esta terça-feira, …

"Onde está o Varandas?". Claques não faltaram à vitória do Sporting em hóquei em patins

Apesar das quebras de protocolos, Juventude Leonina e Diretivo Ultras XXI marcaram presença no jogo desta terça-feira de hóquei em patins entre o Sporting e a Oliveirense. Na noite desta terça-feira, o Pavilhão João Rocha foi …

Do azedume às contas do passado. Críticos internos atacam Rio

Depois de Rui Rio ter anunciado esta segunda-feira que se recandidata à liderança do PSD, os críticos internos vieram a público. Acusam-no de querer dividir o partido e ajustar contas com o passado e esperam …

"Acho ridículo que sejam feitas obras, portas ou não", diz Ventura

O CDS que não quer o líder do Chega no meio dos seus deputados e a solução pode mesmo passar por abrir uma porta especial para o deputado. "Acho ridículo", comenta André Ventura. Na última conferência …

Duas vitórias em 14 jogos. Benfica quer travar o calvário da Champions

O Benfica recebe esta quarta-feira o Lyon, estando praticamente obrigado a ganhar para seguir em frente na competição milionária. Apesar de reconhecer a dificuldade, Rúben Dias acredita os encarnados vão voltar aos bons resultados. A …

Barcelona-Real Madrid oficialmente adiado para 18 de dezembro

O Comité de Competições da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) concordou, esta quarta-feira, em marcar o FC Barcelona-Real Madrid, que se deveria disputar no sábado, para 18 de dezembro, "por motivos excecionais". A data inicial …