MP acusa inspetores do SEF de homicídio de ucraniano no aeroporto

O Ministério Público vai acusar os três inspetores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras que estão em prisão domiciliária, indiciados pelo homicídio do ucraniano Ihor Homenyuk no aeroporto de Lisboa.

Bruno Sousa, Duarte Laja e Luís Silva estão em prisão domiciliária desde final de março, indiciados por homicídio qualificado do ucraniano Ihor Homenyuk no aeroporto de Lisboa. O Ministério Público deverá emitir, em breve, um despacho de acusação para que os três inspetores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) sejam julgados.

A investigação da Polícia Judiciária parece conclusiva, atribuindo a culpa da morte do cidadão ucraniano aos três inspetores do SEF, escreve o jornal Público. Nenhum dos seguranças que estavam ao serviço no Centro de Instalação Temporária do Aeroporto em Lisboa, onde ocorreu o alegado homicídio, estiveram envolvidos.

A Polícia Judiciária descreve detalhadamente o percurso de Ihor Homenyuk desde que chegou a Portugal. Inicialmente, o ucraniano foi barrado por não ter visto de trabalho. A PJ salienta que o imigrante estava agitado, energético, agressivo — mas nunca violento. À meia-noite do dia 11 de março é manietado e colocado numa sala no Centro de Instalação Temporária (CIT).

Um enfermeiro dá-lhe um calmante, seguranças amarram-no com fita-cola e lençóis, nos pés e nos tornozelos. De manhã, entram no local e dirigem-se à receção os inspetores.

“Olhe, os nossos nomes não é para constarem aí, nós não estamos cá”, disse um dos inspetores, enquanto Duarte Laja empunhava um bastão metálico na mão, ao qual lhe chama ‘El douradinho’.

Dirigiram-se à sala onde estava Ihor, que se encontrava deitado, com as calças para baixo e os boxers à mostra, a cheirar a urina, descalço e com um ferimento na cara. Uma das seguranças ouve gritos de dor vindos da sala, escreve o Público, de acordo com os relatos da PJ.

O inspetor Duarte Laja é visto, por um segurança, com o pé em cima da cabeça de Ihor ou a dar-lhe pontapés. “Isto hoje, já nem preciso de ir ao ginásio”, disse um dos inspetores à saída.

Quando os seguranças entraram na sala após a saída dos inspetores, encontraram Ihor no chão a contorcer-se de dores e com marcas visíveis de ter sido espancado.

Durante a tarde desse dia, chamaram a Cruz Vermelha, cujos dois enfermeiros registam diversos hematomas na cabeça e nos braços e incontinência do esfíncter. Mais tarde chegou o INEM, com o ucraniano já a entrar em paragem cardiorrespiratória. Tentaram reanimá-lo, mas sem sucesso.

O médico legista não teve dúvidas de que se tinha tratado de um homicídio e alertou a PJ. A investigação acredita que os seguranças não tiveram consciência da gravidade das lesões externas de Ihor, nem conhecimento das lesões internas.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Sporting 2-1 Santa Clara | Super-Coates volta a ser herói

Arrancado a ferros… à campeão? O Sporting esteve a poucos segundos de registar o terceiro empate em casa, perante um Santa Clara que não foi em nada inferior aos “leões” e até conseguiu ser superior em …

Os gatos demonstram ser menos leais do que os cães (mas pode haver uma razão)

Ainda existe um estereótipo sobre a diferença entre cães e gatos. Normalmente as pessoas associam os cães a animais amorosos e leais, enquanto os gatos são tidos como distantes e indiferentes. Um novo estudo pode …

O mistério do "lago dos esqueletos" na Índia intriga cientistas há décadas

O Roopkund, localizado na parte indiana dos Himalaias, é um lago glacial com centenas de ossos humanos. E ninguém sabe como foram lá parar. Em 1942, um guarda florestal revelou ao mundo a existência deste lago …

A fronteira mais importante da China é imaginária: a Linha Hu

A Linha Hu, também conhecida como linha Heihe-Tengchong, é uma linha imaginária que divida a China em duas partes com áreas quase iguais. Estende-se da cidade de Heihe até Tengchong. Desenhada pela primeira vez em 1935, …

Algumas pessoas moram em aeroportos durante meses (ou até mesmo anos)

Aeroportos não servem de casa apenas para os sem-abrigo. Há pessoas que, involuntariamente ou não, ficam lá durante meses e, em alguns casos, até mesmo anos. Em janeiro, as autoridades de Chicago prenderam um homem de …

Senado da Carolina do Sul aprova fuzilamento como método de execução

Com esta decisão, a Carolina do Sul poderá converter-se no quarto estado do país a incorporar este método de execução de pena de morte, depois do Utah, Oklahoma e Mississípi. De acordo com a agência noticiosa …

"Oxigénio tornou-se ouro". Criminosos lucram com a sua escassez no México

A pandemia de covid-19 deixou a Cidade do México a atravessar uma grande escassez de oxigénio médico. Criminosos estão a aproveitar para lucrar com a situação. A capital mexicana registou um pico de infeções e hospitalizações …

Meteorito do tamanho de um damasco caiu em França (e os astrónomos precisam de ajuda para encontrá-lo)

Os entusiastas do Espaço estão a ser instados a procurar um meteorito do tamanho de um damasco que caiu no fim de semana passado no sudoeste de França.  O meteorito, com peso estimado em 150 gramas, …

Professora pediu a alunos para fingir que eram escravos e escreverem carta para África

Uma professora de uma escola secundária no Mississippi, nos Estados Unidos, está a ser alvo de críticas devido a uma fotografia de um trabalho de casa divulgada nas redes sociais. Foi pedido aos alunos do 8.º …

Obra de Churchill que pertencia a Angelina Jolie vendida por valor recorde

O quadro pintado pelo antigo primeiro-ministro britânico foi vendido por 8,3 milhões de libras. A pintura foi um presente de Winston Churchill para o presidente dos Estados Unidos, Franklin D. Roosevelt, e agora foi leiloada …