MP acusa inspetores do SEF de homicídio de ucraniano no aeroporto

O Ministério Público vai acusar os três inspetores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras que estão em prisão domiciliária, indiciados pelo homicídio do ucraniano Ihor Homenyuk no aeroporto de Lisboa.

Bruno Sousa, Duarte Laja e Luís Silva estão em prisão domiciliária desde final de março, indiciados por homicídio qualificado do ucraniano Ihor Homenyuk no aeroporto de Lisboa. O Ministério Público deverá emitir, em breve, um despacho de acusação para que os três inspetores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) sejam julgados.

A investigação da Polícia Judiciária parece conclusiva, atribuindo a culpa da morte do cidadão ucraniano aos três inspetores do SEF, escreve o jornal Público. Nenhum dos seguranças que estavam ao serviço no Centro de Instalação Temporária do Aeroporto em Lisboa, onde ocorreu o alegado homicídio, estiveram envolvidos.



A Polícia Judiciária descreve detalhadamente o percurso de Ihor Homenyuk desde que chegou a Portugal. Inicialmente, o ucraniano foi barrado por não ter visto de trabalho. A PJ salienta que o imigrante estava agitado, energético, agressivo — mas nunca violento. À meia-noite do dia 11 de março é manietado e colocado numa sala no Centro de Instalação Temporária (CIT).

Um enfermeiro dá-lhe um calmante, seguranças amarram-no com fita-cola e lençóis, nos pés e nos tornozelos. De manhã, entram no local e dirigem-se à receção os inspetores.

“Olhe, os nossos nomes não é para constarem aí, nós não estamos cá”, disse um dos inspetores, enquanto Duarte Laja empunhava um bastão metálico na mão, ao qual lhe chama ‘El douradinho’.

Dirigiram-se à sala onde estava Ihor, que se encontrava deitado, com as calças para baixo e os boxers à mostra, a cheirar a urina, descalço e com um ferimento na cara. Uma das seguranças ouve gritos de dor vindos da sala, escreve o Público, de acordo com os relatos da PJ.

O inspetor Duarte Laja é visto, por um segurança, com o pé em cima da cabeça de Ihor ou a dar-lhe pontapés. “Isto hoje, já nem preciso de ir ao ginásio”, disse um dos inspetores à saída.

Quando os seguranças entraram na sala após a saída dos inspetores, encontraram Ihor no chão a contorcer-se de dores e com marcas visíveis de ter sido espancado.

Durante a tarde desse dia, chamaram a Cruz Vermelha, cujos dois enfermeiros registam diversos hematomas na cabeça e nos braços e incontinência do esfíncter. Mais tarde chegou o INEM, com o ucraniano já a entrar em paragem cardiorrespiratória. Tentaram reanimá-lo, mas sem sucesso.

O médico legista não teve dúvidas de que se tinha tratado de um homicídio e alertou a PJ. A investigação acredita que os seguranças não tiveram consciência da gravidade das lesões externas de Ihor, nem conhecimento das lesões internas.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Governo vai testar 35 mil funcionários de creches e pré-escolar até 3 de outubro

Os funcionários das creches, do pré-escolar e a rede nacional de amas começaram esta quinta-feira a ser testados à covid-19, numa ação que até 3 de outubro abrangerá 35 mil pessoas em todo o país. O …

Bem-vindo à última fase do desconfinamento: fim do certificado em restaurantes, máscara em transportes e lares

"Estamos em condições para avançar para a terceira fase de desconfinamento." Foi com esta frase que António Costa deu início à conferência de imprensa após o Conselho de Ministros desta quinta-feira. Portugal vai avançar para a …

EUA reabrirá campo de detenção de migrantes perto da prisão de Guantánamo

A administração do Presidente dos Estados Unidos (EUA) Joe Biden se prepara para reabrir um campo de detenção de migrantes na Baía de Guantánamo, após um aumento de migrantes e requerentes de asilo no sul …

Défice desce para 5,3% do PIB no 2.º trimestre do ano

O défice orçamental do primeiro semestre deste ano é de 5,5% do PIB. A meta do ministro das Finanças para o ano de 2021 é de 4,5%.  O défice orçamental fixou-se em 5,3% do PIB no …

É a maior contração desde 1995. INE revê queda do PIB para 8,4%

A queda foi pior do que se esperava: o Produto Interno Bruto (PIB) recuou 8,4% e não 7,6%, indicam os recentes dados do Instituto Nacional de Estatística (INE). O Produto Interno Bruto (PIB) caiu 8,4% em …

EUA aprovam terceira dose da Pfizer para maiores de 65 anos e grupos de risco

A Food and Drugs Adminustration (FDA) anunciou, na noite de quarta-feira, ter dado luz verde à administração de uma terceira dose da vacina da Pfizer em alguns casos. O organismo que regula a comercialização de medicamentos …

Estabelecimentos de Santos vão encerrar mais cedo. Psicólogos alertam que fim de restrições pode levar a excessos

Redução do horário é a solução encontrada pelos empresários para dar resposta à recente onda de criminalidade que se tem registado na zona de Santos. Especialistas em psicologia apontam o levantar das medidas de restrição, …

885 novos casos e cinco mortes. Internamentos continuam em queda

Portugal registou 885 novos casos e cinco mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde. Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal registou, nas últimas …

Número de professores de informática é insuficiente para responder à procura

Aquela que poderia ser uma notícia positiva tem, na realidade, um contexto negativo, já que evidencia uma falha estrutural do sistema de ensino português. De acordo com as informações veiculadas pela Direção-Geral da Administração Escolar (DGAE), …

De olhos postos em Almada e com a aposta em Joana Mortágua, o Bloco volta a prometer passes a 20 euros

Em campanha em Almada com Joana Mortágua, a habitação e os passes sociais foram os temas em cima da mesa do Bloco de Esquerda. Depois de andar em campanha no Norte, o Bloco de Esquerda foi …