Movimento anti-petróleo pede demissão do secretário de Estado “mentiroso”

Luís Forra / Lusa

Manifestação do MALP – Movimento Algarve Livre de Petróleo

O Movimento Algarve Livre de Petróleo (MALP) pediu a demissão do secretário de Estado da Energia por considerar que “mentiu aos portugueses” quando invocou a rejeição das providências cautelares para impedir o furo em Aljezur para prolongar a licença.

“Como se pode confiar num Governo que se pauta por uma conduta de engano permanente às populações, de que fará uma Avaliação de Impacto Ambiental independente e séria?”, questionou o MALP, em comunicado, sublinhando que o secretário de Estado da Energia,  Jorge Seguro Sanches, “se deve demitir”, porque “faltou à verdade”.

Segundo o MALP, não só a providência cautelar interposta pela Plataforma Algarve Livre de Petróleo decorria ainda a 08 de janeiro, data em que o secretário de Estado assinou o prolongamento, por mais um ano, dos direitos de prospeção das concessões localizadas ao largo da costa vicentina, como ainda decorre outra providência cautelar, interposta pela Comunidade Intermunicipal do Algarve, AMAL.

“Um governante que mente descaradamente em público não tem condições para se manter no seu cargo”, acusa o MALP, cujos elementos vão, na próxima quinta-feira, promover um buzinão junto à Câmara de Loulé para manifestar o seu descontentamento “com a total falta de respeito do Governo socialista” com as populações do Algarve.

O MALP quer ainda saber se António Costa “vai responder ao pedido de audiência urgente” dos autarcas do Algarve, formulado há uma semana e meia numa reunião realizada em Loulé, que juntou mais de trinta representantes de autarquias, dos setores empresarial e turístico e de movimentos ambientalistas.

A falta de respeito pelos autarcas e pelas principais associações representativas das populações da região do Algarve por parte do governo socialista apoiado pelo PCP, pelo BE e pelos Verdes, é total”, lamentam.

De acordo com o MALP, à recusa das populações do Algarve “em ver as suas praias manchadas de petróleo o Governo respondeu com o prolongamento do prazo” de prospeção de petróleo por um ano.

O embuste e as manobras dilatórias do Governo da ‘geringonça’ para conseguir avançar com a exploração de petróleo no Algarve e, ao mesmo tempo, conter a contestação social é simplesmente execrável”, concluem, acusando o Governo de “assobiar para o lado”.

A Plataforma Algarve Livre de Petróleo (PALP) anunciou em janeiro do ano passado ter tido conhecimento da emissão “no mínimo estranha” de licença para um concessionário realizar um furo no mar de Aljezur. João Branco, da Quercus, denunciou que “tudo ter sido feito assim meio às escondidas, porque a autorização foi dada, mas não foi tornada pública”.

Em maio, a PALP interpôs uma providência cautelar contra o Ministério do Mar, por ter autorizado furos de sondagem na Costa Vicentina, mas no final de fevereiro deste ano as partes acordaram em suspender os procedimentos por três meses.

“Em termos práticos, com providências cautelares a correr nos tribunais, o consórcio ENI/Galp não pode iniciar quaisquer trabalhos, sejam preparatórios ou de prospeção, ao largo de Aljezur”, esclareceu a PALP.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

As pessoas que comem mais gordura láctea têm menor risco de doença cardíaca

As pessoas que fazem uma dieta com maior teor de gordura láctea têm um menor risco de desenvolver doenças cardiovasculares, revela um novo estudo. Uma equipa internacional de cientistas estudou o consumo de gordura láctea de …

Alaphilippe revalida título de campeão mundial de fundo

O francês Julian Alaphilippe revalidou neste domingo o título de campeão mundial de fundo, ao cortar isolado a meta no final da “prova rainha” dos Mundiais de ciclismo de estrada, que decorreram na região belga …

Do céu ao inferno. Adeptos do Palmeiras chamam "arrogante" a Abel Ferreira

O Palmeiras perdeu e está cada vez mais longe da liderança do Brasileirão. Os adeptos estão insatisfeitos com as exibições e chamaram "arrogante" a Abel Ferreira. O Palmeiras, treinado pelo português Abel Ferreira, perdeu na deslocação …

Mesmo depois da morte de Ihor, centro do aeroporto ainda tem videovigilância "muito limitada"

Um ano e meio após a morte de Ihor Homeniuk, o centro de instalação temporária do aeroporto de Lisboa (CIT) continua sem cobertura total de câmaras de videovigilância em zonas comuns. A situação atual distancia-se daquilo …

Liveblog Autárquicas. Mulheres longe do poder local

Realizam-se este domingo Eleições Autárquicas em Portugal, nas quais está em jogo a eleição de 308 presidentes de câmaras municipais, os seus vereadores e assembleias municipais, bem como 3091 assembleias de freguesia. Acompanhe tudo no …

Arqueólogos desenterram (acidentalmente) ossadas com 800 anos no Peru

Os restos mortais de oito pessoas, com aproximadamente 800 anos de idade e enterrados com alimentos e instrumentos musicais na mesma câmara funerária, foram encontrados ao sul de Lima, no Peru, durante a instalação de …

Marcelo apela ao voto "por memória deste ano e meio que não esqueceremos"

O Presidente da República considerou que votar nas eleições autárquicas é mais importante do que nunca para o país recomeçar a viver e a sair das crises sanitária, económica e social. Este apelo ao voto foi …

Onde e como? Um guia para votar nas eleições autárquicas

As mesas de voto das eleições autárquicas abriram hoje às 08:00 no continente e na Madeira para a escolha dos dirigentes dos municípios e das freguesias para os próximos quatro anos. Nos Açores, as urnas abrem …

Ensino Superior: 33% dos candidatos ficaram de fora. Veja se ficou entre os colocados

Mais de 49 mil novos estudantes entraram agora para o ensino superior, tendo ficado sem colocação 33% dos candidatos à primeira fase do concurso nacional de acesso, revelam dados divulgados hoje pelo Ministério do Ensino …

Pessoas mais pobres são vistas como menos suscetíveis à dor

Um novo estudo indica que os indivíduos de classe baixa são estereotipados como insensíveis à dor física, o que pode impactar os seus cuidados médicos. “As estatísticas de saúde indicam que as pessoas ricas recebem um …