Moscovo nega interferência na Catalunha e deixa aviso a Madrid

Quique Garcia / EPA

Socialistas espanhóis querem que a vice-presidente do governo, Soraya Sáenz de Santamaría, explique no Congresso as denúncias de alegadas interferências estrangeiras, nomeadamente da Rússia, no processo independentista catalão. Moscovo nega as acusações.

De acordo com o Diário de Notícias, Alfonso Dastis, chefe da diplomacia espanhola, disse em Bruxelas ter informações de que a “manipulação e desinformação” da Rússia afetava também o processo independentista catalão.

Segundo o ministro, o tráfico nas redes sociais depois do referendo passou pela Rússia e outros países, como a Venezuela.

“O que o governo sabe é que muitas mensagens e intervenções que se produziram através das redes sociais vêm do território russo“, disse também a ministra da Defesa, María Dolores de Cospedal, explicando que não havia provas de que Moscovo estivesse por trás disso. O mesmo reiterou mais tarde o primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy.

A porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros russo, Maria Zakharova, reagiu “lamentando profundamente que a onda de campanhas antirrussas que foi gerada nos media ocidentais tenha sido elevada em Madrid a nível oficial no contexto da crise catalã”.

Além disso, Zakharova desafiou Espanha a apresentar “factos concretos” para “assumir as suas palavras”.

A porta-voz deixou depois um aviso: a única coisa que estas acusações sem provas fazem é “prejudicar as relações entre Rússia e Espanha“.

Depois disso, o PSOE pediu a comparência de Santamaría na Comissão de Segredos Oficiais, no Congresso, para que informe precisamente sobre os detalhes dessa alegada interferência estrangeira e que ações o governo está a empreender para as investigar e lhes pôr termo.

“Entendemos que esta não é uma questão de governo, mas de Estado“, disse Margarita Robles, porta-voz do grupo socialista no Congresso.

Na véspera, na sessão de perguntas e respostas ao governo, já o líder do Ciudadanos, Albert Rivera, tinha questionado Rajoy sobre o tema. “Confie na legalidade espanhola”, respondeu-lhe o primeiro-ministro, dizendo que as eleições autonómicas de 21 de dezembro se vão celebrar num clima de “normalidade e tranquilidade”.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. A Rússia tb diz q no caso do Trump tb não teve qualquer interferência e está mais q provado que TEVE e MUITO. A Russia de Putin (extrema esquerda) está a tentar a todo custo vencer o USA e Europa através da informática. Esta é a nova ARma utilizada, senão vejam qual o país q protegeu o Snowden, a EUSSIA claro, por será?…

      • É mesmo!… Eu se estivesse a beber um café, já estaria espalhado por todo o monitor. Extrema esquerda… Só mesmo de quem não faz a mínima do que isso é…

    • Ahahaaaa!…
      Pode ser ignorância, mas vamos acreditar que é apenas uma piada!…
      Já li muito coisa sobre o Putin, mas nunca pensei que alguém tivesse “coragem” de dizer que o homem mais rico do mundo (ou a Rússia) é extrema esquerda!!
      Tudo bem que cada vez é mais complicado perceber o que é a esquerda ou direita, mas, assim de repente, não estou a ver mais nenhum líder mundial mais de extrema direita do que o Putin!!
      .
      Quanto ao resto, claro que o Putin está sempre a tentar interferir/destabilizar, principalmente a Europa e os EUA – se não for para mais nada (interesses económicos, etc) é para que a Rússia falida continue a ter peso na geopolítica mundial!

Responder a V.T. Cancelar resposta

Mário Centeno nomeado governador do Banco de Portugal

O Conselho de Ministros aprovou, esta quinta-feira, o nome do ex-ministro das Finanças para o cargo de governador do Banco de Portugal (BdP). A decisão foi revelada, esta quinta-feira, depois do Conselho de Ministros, pela ministra …

Finanças admitem queda de 9% no PIB. Governo prepara-se para rever projeção inicial de 6,9%

O Ministério das Finanças admite a possibilidade de que a queda do PIB se aproxime dos 9%, revelou esta quinta-feira o Jornal de Negócios, adiantando que o Governo se prepara para rever a projeção inicial …

Vacina de Oxford testada em humanos com "resultados promissores"

Os testes clínicos em humanos da potencial vacina contra a covid-19 que a Universidade de Oxford criou tiveram "resultados prometedores" e desencadearam a resposta imunitária que se pretendia. Os testes em humanos, que desde abril envolveram …

Goa decreta novo confinamento, com Índia a rondar um milhão de casos

Depois de ter aberto portas ao turismo, Goa decreta um novo confinamento de três dias. Registaram-se 198 novos casos nas últimas 24 horas, o número mais alto desde o início da pandemia. O estado de Goa, …

Tribunal da Concorrência confirma coima de 75 mil euros a Ricardo Salgado

O Tribunal da Concorrência confirmou, esta quinta-feira, a coima de 75 mil euros aplicada pelo Banco de Portugal a Ricardo Salgado, no caso do financiamento do Grupo Alves Ribeiro (GAR) para compra de ações da …

Mais três mortes e 339 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista, esta quinta-feira, mais três mortes e 339 novos casos de infeção por covid-19 em relação a quarta-feira, mostra o boletim mais recente da DGS. Segundo o boletim diário da Direção-Geral de Saúde (DGS), dos …

Crise entrou em nova fase mas mundo "não está fora de perigo", diz FMI

A diretora do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, disse esta quinta-feira que a crise provocada pela pandemia entrou numa nova fase, que exige flexibilidade para assegurar "uma recuperação sustentável e equitativa", alertando que o mundo …

China bane importação de ovelhas portuguesas

As alfândegas chinesas baniram as importações de ovelhas e produtos relacionados de Portugal, alegando um aviso da Organização Mundial de Saúde Animal sobre um surto de paraplexia enzoótica dos ovinos na Guarda. A notícia foi avançada …

Tânia já pode abraçar os filhos. Livrou-se do coronavírus ao 16º teste após 4 meses isolada

A algarvia Tânia Poço foi, finalmente, dada como "curada" de covid-19 após quatro meses de confinamento. Aquele que terá sido o caso mais prolongado da infecção em Portugal, chegou ao fim com o 16º teste …

Exame de Matemática A criticado. Prova "infeliz" não permite "distinguir" alunos

A Sociedade Portuguesa de Matemática (SPM) criticou esta quinta-feira a elaboração do exame nacional de Matemática A, prova realizada por mais de 38.699 alunos que pretendem concorrer ao Ensino Superior. No entender da SPM, "o …