Moscovo acusa Washington de treinar jihadistas na Síria

theglobalpanorama / Flickr

A Rússia acusou, este sábado, os Estados Unidos de treinarem centenas de jihadistas perto de um campo de refugiados na cidade de Al Hasaka, noroeste da Síria, para lançar uma nova contraofensiva contra o Estado sírio.

“Sob o comando de instrutores norte-americanos das forças operacionais especiais está-se a criar uma nova unidade chamada ‘Novo Exército Sírio’ a partir de grupos de terroristas dispersos”, informou o Centro para a Reconciliação da Síria russo num comunicado.

A nota oficial sublinha que o referido centro de treino se situa nas imediações do campo de refugiados que está a 20 quilómetros a noroeste da cidade de Al Shadadi, em Hasaka.

“Segundo os testemunhos de refugiados que regressaram a casa, os instrutores norte-americanos anunciaram que quando estiverem concluídos os treinos as unidades serão dispersas no sul da Síria para lutar contra as forças governamentais“, adianta.

Os refugiados asseguram que o referido centro funciona há mais de meio ano e é utilizado pela coligação internacional liderada por Washington “como base de treino para terroristas que chegam de diferentes partes da Síria”.

“Atualmente nos arredores do campo de refugiados estão concentrados cerca de 750 terroristas” procedentes de várias zonas da Síria, refere a nota.

Depois de ter proclamado a “derrota completa” do Estado Islâmico na Síria, o Presidente russo, Vladimir Putin, visitou na última segunda-feira pela primeira vez a base aérea russa naquele país árabe.

Hoje, o secretário de Defesa norte-americano, Jim Mattis, também alertou para voos perigosos de caças russos sobre o que é considerada uma zona segurança na Síria, questionando-se sobre se o incidente foi um erro de voo ou deliberado.

Mattis disse aos jornalistas que os EUA e a Rússia ainda estão a usar uma linha telefónica para coordenar os voos sobre o movimentado céu sírio, já que a coligação liderada pelos americanos pretende eliminar os militantes remanescentes do grupo terrorista.

Dois caças russos Su-25 voaram através de uma linha não oficial que separa as forças aéreas russas e norte-americanas no leste da Síria, na quarta-feira, chegando perigosamente perto de aeronaves dos Estados Unidos.

Os aviões de combate F-22 da Força Aérea dos EUA, em resposta a esta ação, lançaram avisos de advertência. Jim Mattis declarou que não espera perfeição nos voos, mas também não quer manobras perigosas.

O secretário da Defesa afirmou que não está claro se este incidente foi deliberado ou um erro, um voo desleixado.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Netanyahu terá visitado Arábia Saudita (e reunido com Mike Pompeo e o príncipe herdeiro em segredo)

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, terá viajado no domingo em segredo à Arábia Saudita para se encontrar com o príncipe herdeiro saudita Mohammed bin Salman, divulgaram esta segunda-feira vários meios de comunicação de Israel. De acordo …

Arguidos no processo da queda da árvore na Madeira vão a julgamento

O Tribunal da Comarca da Madeira decidiu, esta segunda-feira, após a fase de instrução, levar a julgamento os dois arguidos no caso da queda da árvore no Funchal que, em agosto de 2017, provocou a …

Ausência de máscara na via pública dá multa a pelo menos 7 pessoas por dia

Entre 28 de outubro e 16 de novembro, a GNR e a PSP aplicaram 825 coimas por incumprimento relativo ao uso de máscara, sendo que mais de 130 foram por falta dela na via pública. De …

França cria "crime de ecocídio" para punir danos graves ao ambiente

A ministra da Transição Ecológica, Barbara Pompili, e o ministro da Justiça de França, Eric Dupont-Moretti, anunciaram a criação do "crime de ecocídio", que visa prevenir e punir os danos graves ao ambiente. Ao Journal du Dimanche, explicaram …

BCE reitera que retoma económica só em 2022 (e "enfraquecida")

Para Philip Lane, economista-chefe do Banco Central Europeu, a vacina traz uma perspetiva para o final do próximo ano e para 2022, mas não para os próximos seis meses. O economista-chefe do Banco Central Europeu (BCE), …

Ventura notificado para apresentar defesa em processo por discriminação

A Comissão para a Igualdade e contra a Discriminação Racial (CICDR) notificou André Ventura para apresentar a sua defesa na sequência de alegadas declarações de carácter discriminatório em relação à etnia cigana no Facebook. A comissão …

UNICEF prepara maior operação da história para administrar dois mil milhões de vacinas

A UNICEF anunciou hoje que está a analisar a logística de transporte de cerca de dois mil milhões de vacinas contra a covid-19 para 92 países e que esta será a maior operação internacional da …

China deteta surtos em três cidades e impõe bloqueios e milhões de testes

As autoridades chinesas estão a testar milhões de pessoas, a impor bloqueios e a fechar escolas depois de vários casos do novo coronavírus transmitidos localmente terem sido diagnosticados nos últimos dias, em três cidades. À medida …

Joe Biden escolhe Antony Blinken para secretário de Estado

O Presidente-eleito escolheu Antony Blinken - um dos seus assessores mais antigos e mais próximos de Joe Biden - para o cargo de secretário de Estado, decisão que ainda terá de ser validada pelo Senado …

Portugal regista mais 74 mortes e 4044 novos casos de covid-19

Portugal regista, esta segunda-feira, mais 74 mortes e 4044 novos casos de infeção por covid-19, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 4044 novos casos, 2258 …