Touro morre com coluna partida durante largada nas Festas da Moita

Há um vídeo que está a gerar uma onda de indignação nas redes sociais, exibindo um touro que estará em sofrimento e que terá acabado por morrer, durante uma largada nas Festas da Moita. O PAN e movimentos defensores dos animais condenam o episódio.

“O lado cruel e violento da tourada”. É assim que a Plataforma “Basta de Touradas” divulga, no seu perfil do Facebook, um vídeo que ilustra os que terão sido os últimos instantes de vida de um touro, depois de uma largada na Festa de Nossa Senhora da Boa Viagem, na Moita, no distrito de Setúbal.

A morte terá ocorrido na tarde de 15 de Setembro, conforme reporta o Diário do Distrito, citando testemunhas que garantem que “o animal embateu num obstáculo e terá partido a coluna“.

Antes de morrer, o touro terá estado “vários minutos em agonia” na rua, enquanto os populares o incitavam a levantar-se. Finalmente, um homem colocou-lhe em cima um capote de toureiro, quando se percebia que ele não se conseguiria mover.

Na versão do blogue Festa Brava, a morte aconteceu durante a 9.ª Largada de Toiros, na Avenida Teófilo de Braga, quando o animal “embateu num prumo de madeira”. Na rede social Facebook, a publicação atesta que o touro não esteve “em agonia” e que morreu “quase de imediato”.

O Diário do Distrito nota que um segundo touro terá sido “abatido à paulada após ter colhido um homem”, durante uma largada nocturna na madrugada do dia 11 de Setembro. Um dado que o Festa Brava desmente, lamentando “notícias falsas”.

O PAN (Pessoas, Animais e Natureza) já condenou a morte do touro, divulgando o vídeo e realçando que a “violência não é divertimento”.

Já a Plataforma “Basta de Touradas” lança um apelo ao Governo para que aproveite este caso para adoptar “medidas legislativas urgentes que garantam o bem-estar dos animais e a protecção das crianças e jovens da violência da tauromaquia”.

Este é o segundo episódio negativo a marcar a Festa da Moita deste ano, depois do atropelamento mortal de uma jovem de 17 anos, irmã do futebolista Yannick Djaló, ex-avançado do Sporting.

SV, ZAP //

PARTILHAR

28 COMENTÁRIOS

  1. Só tenho uma palavra para descrever…. Nojentos …. Quem gosta de fazer sofrer os outros sejam animais racionais ou não racionais, só pode sofrer de problemas psiquiátricos.

  2. Cada vez fico mais desolado por ter nascido português. Povo de brandos costumes, mas incapaz de abandonar tradições estúpidas e retrogradas próprias de gente que não sendo má é ignorante e incessível ao sofrimento fútil.

  3. Tenho um carinho muito especial pelos animais … Já não consigo dizer o mesmo pelas pessoas. Tornaram-se completamente primitivas com um grau de ignorância e brutalidade fora do normal … é o País que temos …

  4. Que vergonha de país que continua a permitir estes selvagens continuem a fazer este tipo crueldades com o nome de “tradição”. É tempo de educarmos e evoluirmos Senhores Governantes, toda a vida é difícil e a sua perda deve ser sempre por um motivo válido, em que a distracção ou espectáculo não são motivos válidos. Sinto dor e choro pelo sofrimento destes animais.

  5. O PAN aprontou-se a condenar um acidente que ocorreu numa largada de toiros. Será que esse iluminados não sabem que foi um acidente, para eles tudo lhes serve para condenarem. Será que também condenam quando uma motociclista se despista e morre ou fica paraplégico num acidente? Este tipo de pessoas que se ofendem com um acidente com um animal, mas depois defendem a eutanásia, o aborto , será que para eles uma vida humana vale menos que um animal ? Defendem ainda muitas vezes o consumo de drogas leves ou outras .. Parece que o que faz mal ao ser humano é aceite e até promovido já para os animais nada se permite seja tradição ou cultura.

    • E o outro touro o qual espancaram à paulada nesta mesma festa? É esta a imagem de barbarie e selvajaria, de pessoas cruéis que queremos dar? São estes os valores que queremos dar aos nossos filhos?

      Respeito aos animais exige-se, chega destes idiotas fazerem o que querem e ficarem por cima da lei.

    • Carlos Paulo, esse comentario é mesmo estupido! então nao se pode defender os animais e ser tambem contra o aborto e a eutanasia? mas onde é que está escrito que ser defensor de animais obriga a que se seja contra as pessoas? é sempre esse comentario ridiculo, não sabem dizer outra coisa….”ah estão prontos a ajudar os animais, mas se veem um pobre na rua a pedir esmola nem lhe dão nada…bla bla bla” eh pá isso é a maior estupidez que ja ouvi. Em relação a ser um acidente, a culpa é dos anormais que soltaram o touro, se nao houvesse largadas, nao tinha acontecido o que aconteceu ao animal, culpa do homem! acidente ou nao!

  6. Nestas coisas estou sempre pelo Touro. E só tenho pena quando este não lhes acerta em cheio e os rebenta todos. Deveriam ficar todos pelo chão a contorcerem-se com dores.

  7. Uns Bárbaros a responsabilidade é de quem autoriza no município eventos desta natureza, e dos deputados da Assembleia da Republica que não proíbem estes bárbaros eventos da idade média ou do tempo dos romanos para não dizer do tempo do Neandertal.

  8. Caro Carlos Paulo: Não partilho da sua opinião. Vale muito mais a vida de um animal indefeso, do que a vida de uma pessoa que o usa para divertimento e o faz sofrer.

  9. Como pode afirmar que quem defende os animais não defende a vida humana e esta com dignidade acima de tudo? Quanto à tradição e cultura, ambas já justificaram o mesmo mas com seres humanos. Assim se hoje não temos dúvidas que a vida dos seres humanos não pode nem dever ser usada em tradições ou porque é cultura, vamos continuar a não evoluir e ver que os outros seres que também sofrem em espectáculos destes. Não me parece que justificações tão pobres são suficientes para justificar vidas e sofrimentos.

  10. Acabar?!…Estou farto de proibições…
    É simples: Eu não gosto das touradas, não vou!!!
    Ao que sei, estes animais vivem muito mais tempo do que qualquer outro que acabe no talho, vendidos como carne de vitela e comidos enquanto ainda bebés….
    Este “pessoalzinho” aproveitam seja o que for para deixar a sua “poia”… dizem defender animais e mantêm os pássaros em gaiolas e cães em minúsculos apartamentos, cortando-lhes caudas e orelhas, “apurando” espécies para a negociata… e pior, tratam-nos como pessoas fossem, restringindo sua identidade animal… Isto sim, é nojento!

    • acabar com isto e com tudo o que seja consumo de animais , com passaros presos em gaiolas , caes em apartamentos minusculos….TUDO ISSO É ERRADO E TEM DE ACABAR, inclusive estas largadas de touros!

  11. Morrem uns (que não querem ali estar) para felicidade de inúmeros anormais que se deleitam com o espetáculo. Porque é que os aficionados não se toureiam uns aos outros? Isso é que era festa…

  12. deviam fazer-lhes o mesmo, já não basta termos que comer carne ainda por cima brincar com ela, ainda se vive tempos da pré historia, tenham vergonha.

  13. … está na hora de se acabar com estas barbaridades com animais. Acabem com estas estupidezes animalescas
    para alguns se rirem. A politica portuguesa já nos faz rir coisa que chegue e um rir com lagrima.

  14. pois pois, não concordo com estas práticas, de facto é uma crueldade, mas será que muitos aqui que defendem tanto os animais….não consomem carne de animais mortos em matadores e em condições muito mais cruéis?? Muitas vezes ainda conscientes e já esfolados?? Não se esqueçam de um factor muito importante…grande parte da carne que se consome, vem de fora.
    Se calhar, se o consumo de carne for abandonado, ou muito menor, seria muito mais útil do que “só condenar” e depois “vamos ás bifanas” ou “pregos no pão”.
    Não se esqueçam que tradições não são nada fáceis de mudar, leva tempo, e só com exemplos, mudanças de hábitos, e sobretudo, incutir essa mudança no nossos filhos, e isto, começa em casa.
    E com isto, não foi minha intenção de ofender ninguém, é só um alerta.

  15. Vamos todos a comer ervas e depois os bois vão morrer á fome, por falta dela. Não acham maior crueldade deixar os animais morrer à fome por falta de erva. Sim, estes biliões a comerem, fumarem e snifarem erva não há erva que resista!

  16. A grandeza de um país e seu progresso podem ser medidos pela maneira como trata
    os seus animais.

    é uma pena que os nossos governantes não tenham a coragem de acabar com estas “tradições barbaras” e darem e fazerem leis que protejam mais os animais.

RESPONDER

Já há rascunho do acordo da COP25 (mas nada está ainda totalmente fechado)

Esta segunda-feira arranca a semana decisiva, depois de uma semana de trabalho técnico ara definir as linhas que vão dar origem ao documento final da 25.ª Convenção das Partes (COP25) da Convenção-Quadro das Nações Unidas …

Novos escalões de IRS só serão criados "a meio da legislatura"

Esta segunda-feira, o Governo disse aos parceiros sociais que só deverão acontecer "mexidas no IRS", nomeadamente a criação de novos escalões, a meio desta legislatura. O Governo de António Costa confirmou aos parceiros sociais que a …

Navios em Portugal poluem tanto quanto as oito cidades com mais carros

O transporte marítimo deve integrar o regime de comércio de licenças de emissão da União Europeia (UE), defendeu, esta segunda-feira, a associação ambientalista ZERO, exigindo limites de emissão de dióxido de carbono (CO2) para navios …

Já são conhecidos os nomeados aos Globos de Ouro. Netflix lidera com "O Irlandês" e "Marriage Story"

A cerimónia de entrega de prémios realiza-se a 5 de janeiro de 2020 no hotel Beverly Hilton, em Los Angeles, e será apresentada por Ricky Gervais. Já são conhecidos os nomeados à 77ª edição dos Globos …

Falhas na formação de médicos levam ministra a criar grupo de trabalho

A ministra da Saúde determinou a constituição de um grupo de trabalho para criar um manual de regras e procedimentos para a avaliação das capacidades de formação de médicos no SNS, depois de falhas apontadas …

Surto de sarampo leva Samoa a fechar escolas e serviços. Ativista anti-vacinação detido

Com o objetivo de conter o surto de sarampo que já matou 60 pessoas, o governo de Samoa está a pedir à população que coloque uma bandeira vermelha em frente às casas nais as pessoas …

Poluição do ar leva Sarajevo a cancelar todos os eventos públicos

As autoridades bósnias consideram que a poluição na capital do país, Sarajevo, atingiu níveis perigosos nos últimos dias. Perante a densa nuvem de nevoeiro que paira na cidade, o governo regional decidiu cancelar todos os …

A banana colada à parede que custou 108 mil euros foi comida

A banana mais cara do mundo, presa a uma parede com fita adesiva, foi descascada e comida por um artista que visitava o stand da galeria Perrotin, na feira de arte contemporânea Art Basel, nos …

Empresas norte-americanas reforçam domínio na venda global de armas

O Instituto Internacional de Estudos de Paz de Estocolmo (SIPRI) revelou esta segunda-feira que as empresas norte-americanas aumentaram o domínio no comércio global de armas em 2018, para 59% do volume total entre as 100 …

Faltam medicamentos para doenças crónicas nas Farmácias (e ninguém sabe porquê)

Há medicamentos para doenças crónicas que estão, constantemente, em falta nas Farmácias Portuguesas. Uma situação preocupante, sobretudo para os pacientes que deles precisam, e que não tem uma explicação. A Associação Nacional de Farmácias está …