Morte de recém-nascido no Amadora-Sintra já levou à abertura de três inquéritos

O Ministério Público determinou esta quarta-feira a abertura de um inquérito às circunstâncias da morte do recém-nascido da grávida que foi transferida do Algarve para o hospital Amadora-Sintra.

“O Ministério Público da comarca de Lisboa Oeste determinou a abertura de inquérito”, respondeu à agência Lusa a Procuradoria-geral da República (PGR).

Em causa está o caso de uma grávida com 32 semanas de gestação que foi transferida em 2 de agosto do Hospital de Faro para o Amadora-Sintra, porque a unidade de neonatologia algarvia se encontrava lotada.

A jovem acabou por ser transferida para o Hospital Amadora-Sintra, em Lisboa, nessa mesma sexta-feira porque todas as 10 incubadoras de Faro estavam ocupadas. Na manhã do dia seguinte, a 3 de agosto, o bebé nasceu através de uma cesariana, tendo acabado por morrer três horas após o parto, segundo apurou o jornal Público.

Também as duas unidades de saúde – o hospital de Faro e o Amadora-Sintra – já decidiram avançar com a abertura de inquéritos para averiguar o caso do recém-nascido.

O hospital Amadora-Sintra tinha já dito que, após uma “averiguação sumária”, se concluiu que a grávida foi “prontamente assistida”, tendo-lhe sido “dispensados todos os cuidados de saúde necessários, segundo as boas práticas clínicas”.

Em declarações à Lusa, fonte oficial do Ministério da Saúde disse que continua a “acompanhar a situação junto dos hospitais, aguardando os resultados das diligências de averiguação em curso”. Também o Bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, pediu que seja “investigado totalmente” o caso do recém-nascido.

O bastonário entende que, caso a transferência da grávida se tenha ficado a dever a falta de meios no Algarve para fazer o parto, “o Ministério da Saúde terá uma responsabilidade sobre isso”. Miguel Guimarães sublinha que a insuficiência de meios humanos nas maternidades do sul do país, incluindo a região de Lisboa, foi “várias vezes denunciada” pela Ordem e entende que a constante “circulação de grávidas por falta de condições adequadas” dos serviços pode trazer riscos e ter “consequências indesejadas”.

Fontes ligadas ao caso confirmaram ainda à Lusa que a grávida apresentava um quadro de pré-eclâmpsia, que se traduz em hipertensão na gravidez, e de descolamento da placenta.

Em declarações ao semanário Expresso, o presidente do colégio de Ginecologia e Obstetrícia da Ordem dos Médicos, João Bernardes, diz não saber “era possível o bebé ter sobrevivido (…) Só após o inquérito podemos responder a essa questão”.

“A informação que tenho é que o bebé foi transferido in utero, ou seja, dentro do abdómen materno, que é a melhor das práticas porque a melhor incubadora é sempre o ventre materno. Tinham vaga no hospital onde foram recebidos”, adiantou.

O médico recordou ainda que a taxa de sobrevivência depende da prematuridade do bebé. “Uma vez feito o parto, e se tudo correr de acordo com o considerado normal e se o bebé tiver os cuidados neonatais necessários, a taxa de sobrevivência é bastante boa mas não é 100%. Uma vez mais, depende do tipo de prematuridade”, disse ainda.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Continuo a achar que este governo foi aquele que mais desprezou a vida humana desde o 25 de abril. Veja-se os casos dos incêndios e agora o problema das maternidades e de todo o SNS em geral.
    Este governo seja pela incompetência, seja pela cativação, seja ainda por nomear profundos incompetentes para cargos de chefia é responsável por tudo isto.

    • Só gostava de saber porque é que a rapariga grávida de risco não foi para Beja ou Évora, que sempre é mais perto que Lisboa, mas, se calhar estes dois hospitais também não têm maternidades à altura. Este desgoverno acabou com o nosso SNS. São uns tristes…quem se trama é quem precisa do SNS, como se tem visto e continuamos a ver. Este casal, com um bebé morto por incúria do SNS, alguma vez vai perdoar este desgoverno? Acho que nunca.

  2. Se isto é assim agora com um abaixamento de nascimentos considerável, o que seria caso os níveis de natalidade de a alguns anos atrás se mantivessem actualmente? Entre propaganda e realidade ainda vai uma distância enorme!.

RESPONDER

"Love in on my side." The Black Mamba vencem o Festival da Canção

Love is on my side, dos The Black Mamba, vai representar Portugal no Festival Eurovisão da Canção, em maio, nos Países Baixos. Este sábado, os The Black Mamba venceram a 55.ª edição do Festival da Canção, …

A Perseverance usa o processador dos iMac de 1998

A Perseverance, a sonda da NASA que pousou no dia 18 de fevereiro em Marte, é movida por um processador PowerPC 750, que foi usado no iMac Bondi Blue original da Apple em 1998. Muitos podem …

Idosos que dormem menos de 5 horas têm o dobro do risco de sofrer de demência

Os idosos que dormem menos de cinco horas por noite têm o dobro do risco de sofrer de demência, sugere uma nova investigação. Os resultados são de uma equipa de cientistas do Brigham and Women's …

ROUGHIE. Planador subaquático observa silenciosamente os mares (sem perturbar a vida selvagem)

Os veículos subaquáticos autónomos tornaram-se ferramentas versáteis para explorar os mares. Porém, estas ferramentas podem ser prejudiciais para o meio ambiente ou ter problemas em movimentar-se em espaços confinados. Uma equipa de investigadores da Purdue University, …

Igreja cipriota pede que a música "demoníaca" da Eurovisão seja cancelada. Governo rejeita

El Diablo foi a canção escolhida para representar o Chipre no festival da Eurovisão, que terá lugar em Roterdão, em maio. A música cipriota da Eurovisão está a causar polémica. A Igreja Ortodoxa do Chipre pediu, …

Cientistas propõem que indústria da moda pague "royalties" pelo padrão leopardo

Cientistas de Oxford, no Reino Unido, propõem que a indústria da moda comece a pagar royalties pelo uso do padrão que imita a pele de leopardo, para tentar ajudar a reverter o declínio deste felino. "O …

André Ventura foi reeleito presidente do Chega com 97,3% (e deixou recados ao PSD)

André Ventura foi reeleito este sábado, com 97,3% dos votos nas eleições internas para a presidência do Chega. O presidente demissionário do Chega foi reeleito este sábado com 97,3% dos votos, percentagem que considerou legitimá-lo para …

Uma das maiores camas do céu. JetBlue revela a nova classe executiva do Airbus A321neo

Uma das maiores camas no céu deverá estrear dentro de alguns meses, quando a JetBlue começar a voar com os seus A321neo de Boston e Nova Iorque a Londres. No dia 26 de fevereiro, a norte-americana …

Putin diz que Internet pode destruir a sociedade se não for regida pela moral

 Internet pode destruir a sociedade a partir se não não for regida por valores e leis da moral, considerou Vladimir Putin. O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, advertiu que a Internet pode destruir a sociedade a …

China torna-se o primeiro país do mundo a ter mais de mil multimilionários

A China tornou-se o primeiro país do mundo a ultrapassar a marca dos mil multimilionários, tendo neste momento um total de 1058 pessoas que têm a sorte de poder fazer parte desse grupo restrito. De acordo …