Morte de bebé no hospital da Guarda investigada por alegada falta de assistência

A administração da Unidade de Saúde Local da Guarda está a investigar o caso de uma mulher que, esta quinta-feira, perdeu a sua bebé, depois de só ter sido atendida por um obstetra uma hora e meia depois.

Segundo o Jornal de Notícias, a mulher em final de gestação deu entrada no Hospital da Guarda, esta quinta-feira, com perdas de sangue. No entanto, terá estado uma hora e meia à espera do obstetra, que só chegou quando já não havia nada a fazer.

A administração da Unidade de Saúde Local da Guarda já abriu um processo para apurar responsabilidades pela morte da bebé, por alegada falta de assistência.

De acordo com o JN, a mulher só tinha cesariana agendada para o próximo dia 27 mas, naquela manhã, decidiu deslocar-se ao serviço de obstetrícia, onde acabou mesmo por entrar em trabalho de parto.

Em conferência de imprensa, a administração do hospital recusou-se a confirmar qualquer cenário, declarando que já foi aberto um inquérito.

“Esta situação precisa de ser observada por alguém externo. Não posso estar a dizer algo que não está provado ainda”, explicou o diretor clínico, citado pelo Correio da Manhã. O corpo da bebé foi entretanto transportado para o Instituto de Medicina Legal do Porto.

Escreve o CM que a mulher, de 39 anos, estava grávida de uma menina, depois de ter recorrido a vários tratamentos para conseguir engravidar.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Mais uma notícia envolvendo este hospital pelos piores motivos….

    Sou de Coimbra mas de “ascendência” da Beira Alta terra de boa gente; tenho no entanto muita vergonha por, desde pequeno, ouvir dizer muito mal deste hospital….estes últimos meses então têm sido profíquos em desgraças….

    A ideia com que fico das notícias destes útlimos tempos é a de que tudo se deve a razões economicistas, que não contratam/pagam o necessário para que este tipo de tragédias ocorra…

    Sr Ministro, veja o histórico deste hospital e aja…puna severamente quem põe dinheiro à frente da saúde

    ps. não tenho nem nunca tive qualquer afiliação com este o outro hospital, nem tão pouco trabalho em saúde; esta notícia foi apenas o transbordar do copo talvez por imaginar o sofrimento desta família que tanto terá penado, através de PMA’s e não só para poder ser pais….o que aconteceu é de uma injustiça indescritível

  2. Uma triste noticia que envolve o Hospital da Guarda. O meu filho nasceu há quase um ano na maternidade do Hospital da Guarda e só posso dizer bem deste Hospital. As aulas de preparação para o parto nesta instituição foram sem duvida uma grande ajuda, muito esclarecedoras. A médica que seguiu a minha esposa foi incansável, uma excelente profissional. Enquanto a minha mulher lá esteve internada vi que toda a equipa se preocupava com o bem estar das mães e dos bebés. É de facto uma das melhores maternidades do país!

    Esta situação é desoladora, é necessário apurar factos e responsabilidades e perceber o que falhou.

RESPONDER

Portugal vs França Em Direto. Onze provável da seleção com Renato e Moutinho de início

A seleção de Portugal joga esta quarta-feira o tudo por tudo contra a França, num encontro que pode significar o apuramento para os Oitavos de Final do Euro 2020 ou o regresso a casa mais …

Ana Paula Vitorino já tem luz verde para liderar AMT

A Comissão de Recrutamento e Seleção para a Administração Pública (CReSAP) aprovou a escolha da ex-ministra do Mar e atual deputada Ana Paula Vitorino para a presidência da Autoridade da Mobilidade e dos Transportes (AMT), …

"Pensão na Hora". Dez mil portugueses pediram reforma aprovada em 24 horas

A Segurança Social já recebeu dez mil pedidos de reforma através do "Pensão na Hora", mas só 14% foram deferidos automaticamente 24 horas depois. A ferramenta digital "Pensão na Hora" está disponível há cerca de quatro …

Depois da nega de Costa, associações da Cultura foram recebidas por Marcelo

O Presidente da República reuniu-se, esta terça-feira, com representantes das associações e promotores de espetáculos, que expressaram as dificuldades que o setor atravessa, como a obrigatoriedade de testagem para a realização de eventos. "Estivemos em Belém …

Portugal regista três mortes e o maior número de casos desde fevereiro

Portugal registou nas últimas 24 horas três mortes associadas à covid-19, 1.497 novos casos de infeções confirmadas - o maior número desde 24 de fevereiro - e uma diminuição nos internamentos em enfermaria e cuidados …

PAN quer proibir animais de companhia acorrentados e em varandas

O PAN quer proibir os donos de animais de companhia de os acorrentarem permanentemente ou os colocarem em varandas por largos períodos de tempo, através de um projeto de lei entregue hoje na Assembleia da …

IGAI abre processo ao protesto do Movimento Zero. Manifestante fez a saudação fascista

A Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) anunciou, esta terça-feira, que abriu um processo administrativo à manifestação dos elementos das forças de segurança que pertencem ao Movimento Zero, tendo pedido informações à Polícia de Segurança Pública …

Iniciativa Liberal garante que sardinhada de S. João é um “jantar como outro qualquer”

O evento foi divulgado ontem no Facebook mas acabou por ser retirado ao fim da tarde da página do partido para não gerar “más interpretações”. Ao contrário do “Arraial Liberal”, que se realizou em Lisboa, …

Membros do comando saudita que assassinou Khashoggi foram treinados nos EUA

Os quatro membros do comando que matou o jornalista saudita Jamal Khashoggi, em 2018, terão recebido formação paramilitar nos Estados Unidos. O jornal norte-americano The New York Times noticiou, na terça-feira, que quatro membros do comando …

Homem de etnia cigana morre após polícia pressionar joelho no seu pescoço. Caso já é comparado ao de Floyd

O caso ocorreu na República Checa. Um homem de etnia cigana morreu depois de um polícia ter pressionado o joelho sobre o seu pescoço durante vários minutos. A vítima, Stanislav, de 40 anos, viria a …