Morsi também vai ser julgado por evasão da prisão

DonkeyHotey / Flickr

O ex-presidente do Egipto, Mohamed Morsi

O ex-presidente do Egipto, Mohamed Morsi

O ex-Presidente do Egito Mohamed Morsi, destituído pelos militares, vai ser julgado a 28 de Janeiro, com mais 130 acusados, incluindo membros do Hamas palestiniano e do Hezbollah libanês, por se ter evadido da prisão durante a revolta popular de 2011.

Morsi é atualmente indicado em três processos. Para além dos ataques a prisões e da sua evasão no início de 2011, deve responder por cumplicidade nas mortes de manifestantes quando estava no poder e será também julgado por “espionagem” destinada a promover “ações terroristas” que envolveriam o Hamas e formações ‘jihadistas’, anunciou hoje fonte judicial citada pela agência noticiosa AFP.

Primeiro Presidente eleito democraticamente no Egito em junho de 2012, Morsi foi destituído em 03 de julho de 2013.

Em meado de dezembro, o procurador tinha declarado que, para além do ex-chefe de Estado islamita, 132 pessoas estavam a ser indiciadas neste processo, incluindo 70 membros do Hezbollah e do Hamas, e que serão julgados à revelia.

O Ministério público afirma que os militantes da Irmandade Muçulmana, a confraria de Morsi declarada recentemente “organização terrorista”, do Hamas, do Hezbollah e dos ‘jihadistas’ atacaram prisões e esquadras de polícia durante os primeiros dias da revolta que afastou do poder o ex-Presidente autocrático Hosni Mubarak no início de 2011, provocando a morte de polícias e contribuindo para a fuga de milhares de detidos.

Um porta-voz do Hamas em Gaza denunciou estas acusações “falsas e sem fundamento” e assegurou que muitos dos acusados estão mortos ou detidos em prisões israelitas.

Pouco após a sua evasão, Morsi afirmou que os guardas da prisão abandonaram os seus postos, enquanto os detidos, aproveitando-se do caos, escaparam das suas celas.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Incidência e R(t) recuam em dia com mais 1.023 infetados e sete mortes

Portugal registou, esta sexta-feira, 1.023 novos casos e sete mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal …

Apoiantes de Navalny acusam Google e Apple de "censura" política

Os apoiantes de Alexei Navalny acusaram hoje as empresas Google e Apple de terem suprimido o apelo ao voto "útil" proposto pelo oposicionista através das respetivas plataformas, denunciando "censura" num processo eleitoral em que a …

Presidente da República argentino cancela viagens para impedir que vice assuma Governo

Cristina Kirchner é parceira maioritária na coligação de Governo e exige, entre outras mudanças, a substituição de ários ministros, secretários e presidentes de organismos públicos. Recentemente, tem mostrado em público o seu descontentamento face à …

"Bazuca" europeia não resolve problema da falta de habitação

De acordo com vários especialistas, as 26 mil casas identificadas como prio­ritárias pelo Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) não chegam para as necessidades do país, que podem chegar às 46 mil. A questão da aplicação …

Peça que terá sido usada no batismo de D.Maria II está à venda. Estado não a compra por ser demasiado cara

Há uma semana que está à venda uma peça que pertenceu à coroa portuguesa. Terá pertencido à família real depois do Terramoto de 1755 e, de acordo com o antiquário que agora a comercializa, terá …

"Dupla pancada". Vítimas de violência doméstica são deixadas ao abandono sem indemnização

Mais de 80% das vítimas de violência doméstica, a maioria mulheres, não recebem indemnizações, nem dos agressores nem do Estado. Se as vítimas não tiverem sofrido uma incapacidade para o trabalho por um período igual ou …

Ministério Público declara ilegal eleição de André Ventura

Ministério Público invalidou a mudança nos estatutos do Chega, incluindo a eleição direta de André Ventura. O líder do partido admite um novo congresso. No início do mês, o Ministério Público (MP) pediu ao Tribunal Constitucional …

Ministra dos Negócios Estrangeiros dos Países Baixos demite-se por causa do Afeganistão

Sigrid Kaag demitiu-se do seu cargo de ministra dos Negócios Estrangeiros dos Países Baixos, depois de o Parlamento considerar que o Governo fez uma má gestão da retirada de cidadãos do Afeganistão. A ministra dos Negócios …

Rio "atirou" Costa aos macacos e pediu aos eleitores que "penalizem" o descaramento do PS

Rui Rio afirma nunca ter visto um "desplante" semelhante ao do PS no que respeita a promessas eleitorais como o que está a acontecer na atual campanha para as autárquicas. Mais um dia, mais uma capelinha. …

Boris quer destronar Thatcher com mais uma década no poder

Há quem acredite que o atual primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, quer bater o recorde de Margaret Thatcher, que exerceu o cargo de 1979 a 1990. Um membro do Governo britânico terá dito ao The Times que …