Morreu Saturn, o jacaré que sobreviveu a um bombardeamento da II Guerra (e que se diz que pertenceu a Hitler)

Facebook / Moscow Zoo

Saturn, um jacaré norte-americano de 84 anos, morreu esta sexta-feira no jardim zoológico de Moscovo, na Rússia, anunciou a instituição na sua conta de Facebook, dando conta que o animal morreu de velhice.

O réptil nasceu em meados de 1936, nos Estados Unidos, sendo depois transferido para o zoológico de Berlim, na Alemanha, de onde escapou de um bombardeamento na zona do zoo em 23 de novembro de 1943, durante a II Guerra Mundial.

Não se sabe o que aconteceu na vida de Saturn nos três anos após o bombardeamento na cidade alemã, observa a revista norte-americana Time. Em julho de 1946, o animal foi encontrado por soldados britânicos que o devolveram à União Soviética.

УМЕР САТУРН

УМЕР САТУРНВчера утром наш миссисипский аллигатор Сатурн умер от старости. Ему было около 84 лет – крайне почтенный возраст. В дикой природе продолжительность жизни представителей этого вида – 30-50 лет.Сатурн прожил долгую и полную событий жизнь. Родился в США примерно в 1936 году. Почти сразу же был доставлен в Берлинский зоопарк, откуда сбежал после бомбардировки 23 ноября 1943 года. Как аллигатор провел дальнейшие 3 года – загадка. Известно лишь, что британские солдаты нашли его в 1946 году и передали СССР.В июле 1946 года Сатурн прибыл в Москву. Почти сразу родился миф о том, что он якобы был в коллекции Гитлера, а не в Берлинском зоопарке. Однако даже если чисто теоретически он и принадлежал кому-то – животные не причастны к войне и политике, абсурдно обвинять их в людских грехах.Московскому зоопарку выпала честь содержать Сатурна 74 года. Мы старались ухаживать за почтенным аллигатором максимально бережно и предупредительно. Он был разборчив в еде и отлично запоминал доверенных киперов, любил массаж щеткой, а если ему что-то не нравилось – мог разгрызть стальные хваталки для подачи корма и бетонные декорации.Сатурн для нас – это целая эпоха. В этом нет ни малейшего преувеличения. Он пришел после Победы – и встретил с нами ее 75-летие. Это большое счастье, что каждый из нас мог взглянуть ему в глаза, просто тихо побыть рядом. Он видел многих из нас детьми. Надеемся, что мы его не разочаровали.Память Сатурна будет увековечена в Дарвиновском музее.

Publicado por Московский зоопарк/Moscow Zoo em Sábado, 23 de maio de 2020

Pouco depois de ter sido encontrado pelos soldados britânicos e devolvido à União Soviética, conta o zoo em comunicado, surgiram rumores que sustentavam que Saturn fazia parte da coleção privada de Adolf Hitler (1889-1945) e não do zoo da capital alemã.

Contudo, observa a instituição na mesma nota, “os animais não estão envolvidos em guerras e políticos e é absurdo culpá-los pelos pecados do Homem“.

A BBC frisa que não se sabe como é que este rumor começou a circular.

Satur era “exigente com a sua comida” e tinha “uma excelente memória dos seus guardiões”, contaram os funcionários do jardim zoológico de Moscovo, dando ainda conta que o animal “adorava ser escovado”. Os mesmo responsáveis sublinham que, em habitat natural, a esperança média de vida desta espécie é de 30 a 50 anos.

Durante 74 anos, Saturn, que tinha uma dieta à base de ratos, coelhos e peixes, foi uma das principais atrações do zoo de Moscovo, nota o jornal britânico The Independent.

ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Como acontecia com os antigos presidentes soviéticos, já deve ter morrido há uns tempos e só agora comunicaram.

  2. O jacaré foi encontrado pelos britânicos porque fez os possíveis para fugir dos soviéticos e entregar-se aos britânicos que o tratariam de forma mais humana.

    • Sim, sim… esses também ficaram conhecidos pelo tratamento muito humano e civilizado…
      Os britânicos de Diego Garcia que o digam:
      dn.pt/globo/europa/o-atol-que-foi-esvaziado-para-dar-lugar-a-base-americana-1506068.html

      • Bolsominions conseguem politizar até a vida de répteis. Aliás, da parentalha réptil, são especialistas. Não esquenta não Eu!, eles não conhecem os bondosos e santificados britânicos e o que fizeram na China na “Guerra do Ópio”. Viciaram uma nação inteira e ainda roubaram deles Hong Kong, simplesmente porque o imperador chinês resolveu acabar com a festa dos traficantes do Estado inglês. Sim, traficantes que trouxeram imensas riquezas ao erário da rainha, traficando ópio, viciando uma nação e roubando território alheio. Isso é histórico. Tem livros e ao menos um filme sobre o assunto.

        • Os britânicos ficaram para a história como os maiores traficantes de droga a nivel mundial. Cultivavam e compravam no Afeganistão e vendiam na China e não eram libras mas sim toneladas de produto. Tudo legal e devidamente sancionado pela coroa… 😉 Os da Colombia e do México são mesmo uns meninos…

          • Corretíssimo Paulo. Hoje a gangue da CIA faz algo semelhante no Afeganistão. Depois da invasão americana o país se tornou o maior produtor mundial de heroína. 80% do que é produzido no planeta vem de lá. Dizem que para bancar as “Black ops” da central de inteligência pelo mundo. Coisas que nem mesmo a casa branca sonha conhecer. Além do que, bancos, tais quais HSBC, Wells Fargo, e outros que não me vêm a mente, já foram acusados de lavar a grana de toda essa sujeira.

RESPONDER

Salgado acusa Banco de Portugal de "deslealdade" e "desonestidade"

Na contestação à coima aplicada pelo supervisor por violação de normas de prevenção de branqueamento de capitais, a defesa de Ricardo Salgado acusou o Banco de Portugal de ter sido “desleal e desonesto” na forma …

No Reino Unido, só 22% das pessoas que testaram positivo relataram ter sintomas

Um novo estudo acaba de revelar que, no Reino Unido, apenas 22% dos casos positivos tinha sintomas da covid-19 no dia em que fizeram o teste. Um estudo do Office for National Statistics (ONS) britânico, divulgado …

Administração Trump notifica formalmente o Congresso sobre saída da OMS

O Governo norte-americano informou esta terça-feira o Congresso sobre a sua saída forma da Organização Mundial da Saúde (OMS). A Administração Trump já notificou formalmente o Congresso norte-americano de que os Estados Unidos vão sair da …

“Não vou ser infetado e propagar a covid-19”. Burundi anuncia triagem maciça da população

O Governo do Burundi começou esta segunda-feira uma campanha de triagem maciça da covid-19, decisão que demonstra uma alteração das políticas implementadas pelo novo Presidente do país no sentido de combater mais assertivamente a propagação …

Despedida de Centeno e estreia de Leão. Eurogrupo elege presidente na quinta-feira

A eleição para a presidência do Eurogrupo, na quinta-feira, será a última reunião presidida por Mário Centeno e a estreia europeia de João Leão como ministro das Finanças. A eleição para a presidência do Eurogrupo é …

Governo está a preparar um programa específico de apoio ao Algarve

O Algarve terá um programa específico de apoio, que já está a ser preparado pelo Governo, avançou o ministro da Economia esta terça-feira. O ministro da Economia disse, esta terça-feira, que o Governo está a preparar …

OMS admite transmissão pelo ar e pede que se evitem espaços fechados

Depois do alerta de 239 especialistas, a Organização Mundial de Saúde diz que há novas provas de que o novo coronavírus se transmite pelo ar. A Organização Mundial de Saúde (OMS) admitiu, esta terça-feira, haver novas …

Lufthansa vai cortar mil empregos administrativos (e reduzir novas aeronaves a metade)

Esta terça-feira, a Lufthansa anunciou novas medidas do seu plano de reestruturação que incluem uma redução de mil postos de trabalho nos serviços administrativos. A companhia aérea alemã Lufthansa anunciou, esta terça-feira, que irá reduzir o …

Bloco deixa recado ao PS: voto do Suplementar não estará garantido para o OE2021

Depois de o PCP ter rompido o espírito de acordos à esquerda, foi a vez de o Bloco de Esquerda deixar avisos para 2021. Em entrevista ao portal esquerda.net, divulgada esta terça-feira, Mariana Mortágua deixa claro …

Ferrari vai enfrentar problemas no Mundial de F1 "sem chorar"

O diretor-geral da Ferrari elogiu o talento de Leclerc e mostrou-se preocupado com os problemas que afetaram Sebastian Vettel. O diretor-geral da Ferrari, Louis Camilleri, reiterou esta terça-feira a confiança na equipa e assegurou que a …