Morreu a indiana que foi queimada quando ia a caminho do tribunal

Divyakant Solanki / EPA

A suposta vítima de violação, que foi incendiada a caminho de uma audiência de tribunal, morreu, esta sexta-feira, num hospital de Nova Deli.

A mulher foi atacada por um grupo de homens na cidade de Unnao, no estado de Uttar Pradesh, entre os quais dois dos cinco indivíduos que havia acusado de violação coletiva em 2018, e que tinham sido libertados sob fiança.

Cinco homens foram detidos em conexão com este último ataque.

A mulher, de 23 anos, sofreu ferimentos graves e foi transportada de avião, na quinta-feira, para o Hospital Safdarjung, em Nova Deli, onde morreu de paragem cardíaca, de acordo com o chefe da unidade de queimados daquela instituição de saúde, Shalab Kumar.

A morte da mulher ocorreu no mesmo dia em que a polícia do estado de Telangana, no sul do país, matou quatro homens suspeitos de violarem e matarem uma veterinária de 27 anos.

A vítima foi enganada por quatro homens, que primeiro furaram as rodas da sua mota e depois, enquanto fingiam ajudá-la a consertá-la, levaram-na à força para uma habitação.

Os homens tinham sido levados para o local onde supostamente aconteceu a violação para ser feita uma reconstituição do crime, mas, segundo a polícia, tentaram fugir e conseguiram mesmo tirar armas aos agentes, provocando o tiroteio, que se revelou fatal para os suspeitos.

A Comissão Nacional de Direitos Humanos, um órgão autónomo do Parlamento da Índia, anunciou na sexta-feira o envio de uma missão de investigação à cena do crime, em resposta a dúvidas de deputados da oposição sobre as circunstâncias das mortes dos suspeitos.

Em resposta a estes casos, esta semana milhares saíram às ruas em protesto contra estes ataques, exigindo uma melhor proteção para as mulheres e o reforço das penas por violência sexual.

As leis contra agressões sexuais endureceram no país depois de uma jovem estudante universitária ter morrido após ter sido violada e torturada por seis homens num autocarro, em Nova Deli, em 2012.

Este endurecimento da lei não evitou que outros casos continuem a acontecer. De acordo com os dados do Governo, em 2017, foram reportados mais de 33 mil casos de violação, dos quais mais de 10 mil foram cometidos sobre vítimas menores. Os números deverão ser ainda mais altos, uma vez que há muitos casos que nunca chegam a ser denunciados.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

"Ataque contra a imprensa livre." Justiça brasileira acusa jornalista Glenn Greenwald de cometer cibercrimes

O Ministério Público Federal acusou o jornalista Glenn Greenwald por "auxiliar, orientar e incentivar" um grupo de hackers que acedeu aos telemóveis do ex-juiz e ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e dos …

United faz nova proposta por Bruno Fernandes. Saída pode ficar fechada esta quarta-feira

Sporting e Manchester United retomaram as negociações por Bruno Fernandes esta semana, podendo a saída do médio dos leões ser confirmada ainda esta quarta-feira, segundo escreve o desportivo A Bola. De acordo com o jornal, …

Portugal tem de ser "implacável" no combate à corrupção, diz Santos Silva

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, assegurou na terça-feira que o Governo vai continuar a aprofundar a cooperação com Angola, a respeitar a independência judicial e "não ser precipitado a tirar conclusões", após as …

Ministério das Finanças já admite “documento de trabalho” sobre injeção no Novo Banco

Depois de negar ter recebido uma proposta do Banco de Portugal (BdP) com a hipótese de uma injeção final de 1,4 mil milhões no Novo Banco, o Ministério das Finanças, liderado por Mário Centeno, já …

Lobo d'Ávila: "No dia em que quisermos ser um Chega II não seremos o CDS"

O candidato à liderança do CDS Filipe Lobo d’Ávila acha que o partido “não deve cair na tentação” nem cometer o “erro tremendo” de tornar-se num “Chega II”, porque há “um mundo de diferenças” entre …

Em busca da câmara oculta. Cientistas querem voltar a "bombardear" a Grande Pirâmide de Gizé com raios cósmicos

Uma equipa de cientistas quer "bombardear" a Grande Pirâmide de Gizé, no Egito, com raios cósmicos para confirmar a existência de uma câmara interna, detetada numa outra investigação anterior. A informação é avançada pelo portal …

Primo de Sócrates garante que o dinheiro que tinha nas contas era seu

José Paulo Pinto de Sousa, primo de José Sócrates e arguido na Operação Marquês, afirmou ao juiz que era dono do dinheiro que o Ministério Público diz pertencer ao antigo primeiro-ministro, segundo fonte ligada ao …

Telemóvel de Jeff Bezos terá sido hackeado por príncipe herdeiro saudita

O telemóvel do dono da Amazon Jeff Bezos terá sido hackeado pelo príncipe da coroa saudita Mohammed bin Salman em maio de 2018, revela uma investigação do The Guardian. O multimilionário norte-americano Jeff Bezos, CEO da …

"Muu". O mugido de uma vaca pode revelar como se sente

https://vimeo.com/386240607 Ao ouvido humano, os mugidos parecem indistintos. No entanto, um estudo recente revelou que cada vaca tem a sua própria voz - e esta persiste em inúmeras situações. De acordo com um estudo recente, levado a …

Aeroporto do Montijo avança com luz verde da Agência Portuguesa do Ambiente

O projeto do novo aeroporto no Montijo, na margem sul do Tejo, recebeu esta terça-feira uma decisão favorável condicionada em sede de Declaração de Impacte Ambiental (DIA), anunciou a Agência Portuguesa do Ambiente (APA). Em comunicado, …