Manifestações na Índia após violação em grupo e morte de jovem veterinária

Divyakant Solanki / EPA

A Índia foi esta segunda-feira palco de várias manifestações e debates no Parlamento a exigir o reforço das penas por violência sexual, após a recente violação em grupo e assassínio de uma jovem veterinária

Com faixas onde se liam frases como “Pergunte, ouça e respeite”, “Que parte do ‘NÃO’ não entendeu?” ou “Não há sexo sem consentimento”, várias centenas de pessoas protestaram hoje no centro de Nova Deli pelo fim dos ataques às mulheres.

Além disso, pediram investigações “rigorosas e rápidas” de casos de violência sexual e julgamentos “rápidos e justos” para os acusados, disse à EFE a secretaria-geral da Pragatisheel Mahila Sangathan (Grupo de Mulheres Progressistas, em hindi), uma das organizações que convocaram o protesto.

As manifestações também ocorreram em outras cidades da Índia, como Calcutá ou Hyderabad, onde na semana passada houve uma violação em grupo e assassínio que desencadeou esta onda de indignação em todo o país.

A vítima, uma veterinária de 26 anos, foi enganada por quatro homens, que primeiro furaram as rodas da sua motocicleta e depois, enquanto fingiam ajudá-la a consertá-la, levaram-na à força para uma habitação onde sofreu uma violação em grupo e, em seguida, foi asfixiada, tendo posteriormente o seu corpo sido regado com gasolina e queimado.

O deputado Revanth Reddy, representante oposicionista do Partido do Congresso no estado de Telangana, da qual Hyderabad é a capital, foi um dos participantes desta segunda-feira na manifestação de Nova Deli e publicou na sua conta no Twitter que é preciso “enforcar os culpados o mais rápido possível”.

O debate no hemiciclo do parlamento indiano também foi tenso, com pedidos contínuos de ação rápida contra os culpados, o mais exemplares possível, para impedir que atos como esse acontecessem novamente. “Esse tipo de pessoa (violador) precisa ser apresentado em público e linchado”, disse a parlamentar e atriz Jaya Bachchan, do partido Samajwadi, mulher do ator de Bollywood Amitabh Bachchan.

Jaya Bachchan não foi a única a solicitar ações violentas contra os violadores. “As quatro pessoas que cometeram esse crime devem ser enforcadas antes de 31 de dezembro”, disse a parlamentar Vijila Sathyanath, do partido regional AIADMK.

As leis contra agressões sexuais endureceram na Índia depois de uma jovem estudante universitária ter morrido após ser violada e torturada por seis homens num autocarro, em Nova Deli, em 2012. Entretanto, este endurecimento da lei não evitou que outros casos continuem a acontecer no país.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Rio alerta para "claro divórcio entre a sociedade portuguesa e os partidos políticos"

O presidente do PSD, Rui Rio, disse ontem, em Paredes, no distrito do Porto, haver "um divórcio entre a sociedade e os partidos", defendendo que só uma maior "abertura" das estruturas às "pessoas" pode inverter …

Megaoperação de combate à pedofilia detém mais de 30 pessoas

Mais de 30 pessoas foram detidas em onze países no âmbito de uma megaoperação de combate à pornografia infantil realizada pela Europol e pela polícia nacional de Espanha, país onde foram presos mais de metade …

Grandes hotéis acusados de ignorar tráfico sexual. Queixa em grupo relata casos de 13 mulheres

Uma ação judicial deu entrada segunda-feira em Columbus, Ohio, nos Estados Unidos (EUA), com vários grandes grupos hoteleiros a serem acusados de lucrar com o tráfico sexual, ignorando os crimes e os danos nas vítimas. Segundo …

Líder da Birmânia, Suu Kyi, vai a Haia defender o país de acusação de genocídio

A líder birmanesa Aung San Suu Kyi decidiu comparecer perante o Tribunal Internacional de Justiça (TIJ) para defender o seu país da acusação de genocídio contra a minoria muçulmana rohingya, durante uma audiência de três …

Impeachment. Democratas preparam-se para avançar com duas acusações formais contra Trump

Os democratas estarão a planear apresentar esta terça-feira dois artigos de impeachment que acusam Donald Trump de abuso de poder e obstrução do Congresso. De acordo com o jornal norte-americano The New York Times, o Comité …

Esquema de venda de droga na darkweb. Fortuna em bitcoins fica nas mãos do Estado

Pedro e Rita vendiam droga para todo o mundo na darkweb. Agora, a fortuna em bitcoins acabou por ficar nas mãos do Estado. Pedro, um engenheiro informático, e Rita, uma web designer, montaram um esquema para …

CDS e PAN querem regime protetor do denunciante no combate à corrupção

CDS e PAN vão apresentar propostas no combate à corrupção que tem sido discutido desde segunda-feira. Os partidos querem um regime protetor do denunciante. Numa iniciativa de combate à corrupção, o CDS e o PAN vão …

Morreu Marie Fredriksson, vocalista dos Roxette

A cantora sueca Marie Fredriksson, dos Roxette, morreu segunda-feira aos 61 anos, anunciou esta terça-feira a sua manager em comunicado. Marie Fredriksson, vocalista e co-fundadora da banda Roxette, faleceu esta segunda-feira, aos 61 anos. A morte …

Taxa de sucesso no ensino profissional atinge os 63%. É o valor mais alto de sempre

No ano letivo de 2017/2018, 63% dos alunos inscritos no ensino profissional concluíram os seus cursos no tempo previsto, mais dez pontos percentuais do que quatro anos antes, avança o jornal Público. De acordo com um …

Regra para filhos de pais separados em casas alternadas divide partidos

A lei já prevê que os filhos de pais separados possam ficar em residência alternada se o tribunal assim o decidir. Porém, as regras não são claras e vai ser discutida a melhor forma de …