Morreu antigo líder da Volkswagen Ferdinand Piëch

Ferdinand Piëch, antigo líder e figura histórica do construtor automóvel Volkswagen, morreu no domingo, aos 82 anos, no hospital de Rosenheim, onde já estava internado, anunciou a família em comunicado.

“O meu marido morreu subitamente e de forma inesperada no dia 25 de agosto”, escreveu a mulher, Ursula Piëch, num comunicado que confirmou as informações que circulavam na imprensa, lembrando ainda “uma vida marcada pela paixão pelos automóveis e pelos funcionários que os constroem”.

Nascido em Viena em abril de 1937, Ferdinand Piëch era considerado o patriarca da Volkswagen (VW), que transformou num grupo com várias marcas automóveis (VW, Audi, Seat, Bugatti, Lamborghini e Porsche) a partir de 1993, tendo cedido a liderança em 2002.

Piëch tirou o curso na ETH Zurich em 1962 com formação em engenharia mecânica, tendo escrito tese de mestrado sobre o desenvolvimento de um motor de Fórmula 1. Ao mesmo tempo, Porsche estava envolvido com a F1 e desenvolveu um motor de 8-cilindros para o Porsche 804.

Era considerado uma das figuras mais importantes da indústria alemã e neto de Ferdinand Porsche, fundador da marca de luxo. Assim como outros membros das famílias Piëch e Porsche, Ferdinand era acionista da Porsche.

Piëch ganhou o prémio “Carro Executivo do Século” em 18 de dezembro de 1999, em Las Vegas.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Quase seis mil denúncias de agressões sexuais em viagens da Uber nos EUA

A plataforma de transporte de passageiros Uber divulgou na quinta-feira um relatório, revelando quase seis mil denúncias de agressões sexuais a utilizadores, motoristas e terceiros nos Estados Unidos (EUA), em 2017 e 2018. No relatório de …

Polícia de Los Angeles vai usar dispositivo "ao estilo Batman" para prender suspeitos

A polícia de Los Angeles, nos Estados Unidos, vai adotar, no início do próximo ano, um novo dispositivo, conhecido como BolaWrap 100, que dispara um cinto de fibra sintética a uma velocidade de 200 metros …

Corriere dello Sport defende-se das acusações e garante ser "inimigo do racismo"

O jornal desportivo italiano Corriere dello Sport afirmou esta sexta-feira ser “inimigo do racismo”, defendendo-se das críticas motivadas pela manchete de quinta-feira, com o título “Black Friday” e ilustrada com os futebolistas negros Romelu Lukaku …

Alisadores e tintas para cabelo podem aumentar o risco de cancro da mama

Alisadores e tintas para cabelo são dois produtos comummente utilizados por mulheres. Um novo estudo sugere que estes podem aumentar o risco de cancro da mama, especialmente em mulheres negras. Muitos produtos capilares contêm compostos que …

Black Friday. Marca de cosméticos oferece por engano desconto de 96% e perde 10 milhões em duas horas

Uma falha no site oficial da marca de produtos cosméticos Foreo fez com que o seu artigo mais caro fosse vendido com um desconto de 96%, fazendo com que a empresa sueca perdesse 10 milhões …

Camisola usada por Pelé no seu último jogo foi vendida por 30 mil euros em leilão

Uma camisola usada por Pelé no seu último jogo com a seleção brasileira foi vendida por 30 mil euros num prestigiado leilão de objetos desportivos, realizado na quinta-feira em Turim, Itália. A camisola com o número …

A maior entrada de sempre em bolsa. Saudi Aramco garante 25,6 mil milhões de dólares

Para além de fazer uma entrada em estilo na bolsa de Riade na próxima semana, com a maior IPO de sempre, a Saudi Aramco torna-se na empresa mais bem avaliada do mundo. A Saudi Aramco, petrolífera …

Novo livro revela provas de que Albert Camus foi assassinado pelo KGB

Giovanni Catelli é autor da teoria que o prémio Nobel da literatura Albert Camus foi assassinado pelo KGB. No seu novo livro, reitera essa ideia e revela algumas provas. O romancista Albert Camus foi vencedor do …

Embaixada da China reage com "forte indignação” às declarações de Pompeo em Lisboa

A embaixada da China em Portugal reagiu esta sexta-feira com “forte indignação e firme oposição” às declarações do secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, sobre o governo e empresas chineses, durante a visita que fez …

Ministério Público quer anular libertação do amante de Rosa Grilo

O Ministério Público (MP) pediu a nulidade do despacho judicial que ordenou esta sexta-feira a libertação de António Joaquim, acusado de matar o triatleta Luís Grilo, em coautoria com a mulher da vítima, Rosa Grilo. “O …