Morreu Abbas Kiarostami, maior nome do cinema iraniano

Pedro J Pacheco / Wikimedia

O realizador Abbas Kiarostami

O realizador Abbas Kiarostami

O cineasta iraniano Abbas Kiarostami, 76 anos, morreu esta segunda-feira em França, vítima de cancro.

Abbas Kiarostami, que venceu a Palma de Ouro no Festival de Cannes, em 1997, com o filme “O Sabor da Cereja“, deixou Teerão, capital iraniana, a semana passada para se submeter a tratamentos em França, disse a agência iraniana ISNA.

Depois de vários meses doente e em tratamento num hospital privado em Teerão, Kiarostami viajou para França na semana passada para tratamentos suplementares. De acordo com a comunicação social iraniana, o realizador morreu vítima de um acidente vascular cerebral.

Os restos mortais Abbas Kiarostami vão ser trasladados para o Irão, onde será sepultado, segundo a imprensa.

(dr)

"O Sabor da Cereja" ("Taste of Cherry", 1997), filme de Abbas Kiarostami que venceu a Palma de Ouro em 1997

“O Sabor da Cereja” (“Taste of Cherry”, 1997), filme de Abbas Kiarostami que venceu a Palma de Ouro em 1997

Nascido em Teerão em 1940 no seio de uma família modesta, Abbas Kiarostami tornou-se um dos cineastas mais famosos do cinema iraniano nos anos 1960 e depois em todo o mundo, vindo a vencer dez prémios em festivais internacionais, que o trouxeram para a ribalta do cinema mundial e aí o mantiveram durante décadas.

Kiarostami permaneceu no seu país depois da revolução islâmica de 1979, continuando sempre a trabalhar com o mundo do cinema internacional e tolerado pelas estruturas do poder no seu país.

O realizador iraniano esteve pela última vez em Portugal, em 2010, para a antestreia no Estoril Film Festival do seu filme “Copie Conforme”, o primeiro rodado fora do Irão.

Inovador, moderno e belo

O Irão presta hoje homenagem ao mais célebre dos seus cineastas, com o Presidente a saudar em particular o seu “olhar diferente e profundo” sobre a vida.

“O seu apelo à paz e à amizade será um feito que perdurará na sétima arte”, afirmou Hassan Rohani o chefe de Estado iraniano no Twitter.

O ministro da Cultura e da Orientação Islâmica iraniano, Ali Janati, saudou, por seu lado, “um percussor da abordagem humanista e moral”.

“Através de obras inovadoras, modernas e belas, ele deu uma nova definição ao cinema e elevou bem alto o nome do Irão nos meios artísticos do mundo”, escreveu o ministro, numa mensagem de condolências publicada pela agência iraniana de notícias Isna, citada pela agência France Presse.

Também o ministro dos Negócios Estrangeiros iraniano, Mohammad Javad Zarif, sublinhou que o país “perdeu uma figura de proa do cinema internacional”.

O ator iraniano Shahab Hosseini, que foi premiado este ano em Cannes com a Palma de Ouro para o Melhor Ator, saudou a memória de uma “personalidade internacional, respeitável, da qual nos sentimos orgulhosos”, que “foi sempre um modelo de referência” pelo seu “espírito independente”.

Em todas as salas de cinema iranianas, a difusão de filmes será hoje interrompida pelas 22h locais (17h30 em Lisboa) e os espectadores rezarão uma oração em memória de Abbas Kiarostami.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Veneza com "centenas de milhões" de euros de prejuízo por causa das cheias

A cidade de Veneza, com inundações nos últimos dias, voltou este domingo a registar uma maré alta, mas de menor magnitude, tendo as chuvas intensas que afetam Itália levado a alertas para as cidades de …

Vila Galé abandona projeto que ameaçava reserva indígena no Brasil

O Vila Galé anunciou que vai abandonar o projeto para a instalação de um resort na região da Bahia, que tem estado debaixo de críticas por estar previsto para um local de potencial reserva indígena. Em …

Depois de ter sido expulsa da Hungria, universidade criada por George Soros reabre na Áustria

A Universidade da Europa Central, criada pelo bilionário George Soros em Budapeste, na Hungria, em 1991, foi expulsa do país depois que o primeiro-ministro Viktor Orbán a acusou de promover valores liberais no país, incluindo …

Bloco defende fim de portagens nas ex-Scut do interior

A coordenadora do BE defendeu esta segunda-feira, no Porto, o fim das portagens nas ex-Scut do interior do país e a necessidade de "rever" as parcerias público-privadas rodoviárias por serem "absolutamente lesivas para os cofres …

Jovem muçulmana de Tavira já tem equipamento para jogar basquetebol

A jovem atleta do Clube de Basquetebol de Tavira, impedida de alinhar num jogo no passado domingo, já possui o equipamento que lhe permite jogar segundo as regras da modalidade e da religião muçulmana. Fátima Habib …

Presidente da Catalunha começa a ser julgado por desobediência

O presidente do Governo regional da Catalunha reconheceu, esta segunda-feira, que não cumpriu a ordem da comissão nacional de eleições espanhola de remover os símbolos separatistas alegando ser "ilegal" e de cumprimento "impossível". "Sim, eu desobedeci", …

Um restaurante acabou de abrir a um quarteirão da Casa Branca. Chama-se "Comida de Imigrante"

Um restaurante chamado "Immigrant Food" ("Comida de Imigrante") abriu a um quarteirão da Casa Branca. O local quer fazer com que ajudar imigrantes seja tão fácil como pedir comida de um menu. Assim, além de comida, …

Trump admite testemunhar no inquérito para a sua destituição

O Presidente dos EUA admitiu, esta segunda-feira, "considerar seriamente" a possibilidade de testemunhar por escrito no inquérito para a sua destituição, que decorre no Congresso. "Embora não tenha feito nada de errado e não goste de …

INE espanhol está a "espiar" telemóveis para estudo estatístico

Um estudo do INE espanhol está a receber duras críticas por alegadamente infringir a privacidade de dados dos cidadãos. O gabinete irá monitorizar os telemóveis dos espanhóis. O Instituto Nacional de Estatística (INE) de Espanha deu …

Donald Tusk vai presidir o Partido Popular Europeu

O presidente do Conselho da União Europeia (UE) é o único candidato à presidência do Partido Popular Europeu (PPE) e vai suceder no cargo ao francês Joseph Daul. Esta será a primeira vez que um europeu …