Misteriosos muros cercam alguns dos lagos da exótica Titã

NASA / JPL-Caltech

Alguns do 600 lagos de hidrocarbonetos que pontinham a superfície de Titã, a lua exótica de Saturno, estão cercados por muros que os limitam completamente a distâncias de até 30 metros, revelou um novo estudo.

A investigação, liderada pela cientista da ESA Anezina Solomonidou, analisou mais profundamente esta formações, tendo por base dados recolhidos durante a última missão da Cassini da NASA, que levou a cabo a sua última missão em 2017.

“A formação dos lagos de Titã e as suas características permanecem uma questão em aberto“, disse Solomonidou citada em comunicado.

“Estes muros podem ter pistas importantes sobre como as regiões polares de Titã que se encheram com o lago se tornaram naquilo vemos hoje, pesquisas anteriores revelaram a sua existência, mas como é que foram formadas?”, questionou.

A equipa de cientistas analisou cinco regiões próximas do pólo norte de Titã, área rica em lagos e “muralhas” desta natureza, tendo também observado três lagos vazios numa região próxima para depois ser possível comparar os dados.

Os lagos variam em tamanho, tendo os menores 30 quilómetros quadrados e os maiores até 670 quilómetros quadrados. Todos os lagos foram completamente cercados por muros com uma altura compreendida entre os 200 e 300 metros, estendendo-se até 30 quilómetros para o interior das margens do lago.

“Os dados espectrais mostraram que as paredes têm uma composição diferente em relação ao seu entorno [área adjacente]”, disse Solomonidou. “Os solos dos lagos vazios que estudamos também parecem ser espectralmente semelhantes às paredes, sugerindo que tanto as bacias vazias quanto os muros podem ser feitos ou revestidas com material semelhante, e, portanto, podem ter sido formadas a partir de um maneira similar.

ESA

Duas hipóteses para explicar os muros

Os autores sugerem dois possíveis mecanismos que poderiam ter formado estas paredes, enfatizando, contudo, que este é um trabalho ainda preliminar, longe de ser conclusivo.

A primeira possibilidade é baseada no facto de os solos dos lagos vazios e dos os lagos cheios terem diferentes elevações, explica a agência Europa Press. Partindo desta característica, os cientistas acreditam que um processo que envolve um subsolo saturado de lençol freático pode ser responsável responsável por estas formações.

A segunda sustenta que a bacia de um lago e a crosta que a circunda primeiro endureça e depois se esvazie, fazendo com que o lago se infiltrar no subsolo. A parte da região que não se enche permanece sobre o terreno circundante para formar uma parede.

“É difícil restringir o mecanismo exato que explica como é que estas paredes são formadas, mas com mais pesquisas chegaremos a um entendimento crescente de corpos intrigantes como Titã”, rematou Solomonidou.

ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Alguns do 600 lagos de hidrocarbonetos que pontinham a superfície de Saturno, a lua exótica de Titã????
    ZAP faz uma descoberta revolucionaria!

Responder a ZAP Cancelar resposta

Tochas em Alvalade. Liga pede reunião de urgência ao MAI

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) solicitou, esta sexta-feira, uma reunião de urgência ao ministro da Administração Interna, na sequência dos incidentes no encontro entre Sporting e Benfica. "A Liga Portugal lamenta profundamente …

Moody’s mantém rating de Portugal acima do "lixo"

A agência de rating norte-americana manteve, esta sexta-feira, a notação financeira de Portugal em “Baa3”, acima de lixo, e a perspetiva em positiva. De acordo com um comunicado no site da agência, a Moody's assinala que …

Suspeitos da morte de jovem cabo-verdiano ficam em prisão preventiva

Os cinco suspeitos da morte do estudante cabo-verdiano vão aguardar julgamento em prisão preventiva, indiciados pelos crimes de homicídio qualificado e três tentativas de homicídio. A decisão, lida aos jornalistas cerca das 23h30 de sexta-feira por …

Cientistas descobriram o ponto fraco dos tardígrados

Os tardígrados, também chamados ursos de água, são conhecidos pela sua resistência. Mas um novo estudo revela agora que estes pequenos organismos também têm um ponto fraco: exposição de longo prazo a altas temperaturas. Em 2018, …

Detetadas "partículas fantasmagóricas" que o Modelo Padrão não pode explicar

O observatório IceCube, localizado no Pólo Sul, revelou que a Antena Antena Antártida de Impulso Transitivo (ANITA) detetou alguns "sinais muito estranhos" que "não pode ser explicados" pelo Modelo Padrão da Física. O projeto ANITA, …

Descoberto primeiro asteróide que se move apenas dentro da órbita de Vénus

Uma rede de telescópios robóticos operados à distância observou um asteróide que, além de ser o asteróide mais próximo do Sol, é também o primeiro asteróide descoberto que se move completamente dentro da órbita de …

Mark Zuckerberg tem medo do TikTok (e já se sabe porquê)

Mark Zuckerberg já deixou claro, mais do que uma vez, que não gosta do TikTok. No entanto, agora sabemos o que está por trás desta hostilidade pelo rival: a aplicação está a crescer muito, mesmo …

A empresa mãe da Google já vale um bilião de dólares

Esta quinta-feira, a Alphabet, empresa mãe da Google, conseguiu uma cotação na bolsa de 1 bilião de dólares, cerca de 900 mil milhões de euros. A Alphabet tornou-se, esta quinta-feira, a quarta empresa norte-americana a conseguir …

Cientistas criam "cimento vivo" capaz de se "curar"

Uma equipa de cientistas dos Estados Unidos criou um "cimento vivo" juntando areia e bactérias num material de construção capaz de se auto-reproduzir, de absorver dióxido de carbono e manter a resistência. "Já usamos materiais biológicos …

Sporting 0-2 Benfica | Águia vence dérbi e foge na frente

O Benfica foi o grande vencedor do dérbi lisboeta. Na visita ao Sporting, os “encarnados” marcaram dois golos sem resposta, ambos na segunda parte, por Rafa Silva, entrado no decorrer da segunda parte, após ter …