Misteriosas estruturas de pedra na Arábia Saudita podem ser dos monumentos mais antigos do mundo

(dr) Google Earth

Misteriosas estruturas de pedra antigas descobertas em Harrat Khaybar, na Arábia Saudita

Em 2017, foram encontradas na Arábia Saudita centenas de misteriosas estruturas de pedra. Um novo estudo revela que têm cerca de sete mil anos, sendo dos monumentos mais antigos do mundo.

Um novo estudo sobre as misteriosas estruturas de pedra – antes chamadas de “portões”, mas agora chamadas de “mustatils”, a palavra árabe para “retângulo” – sugere que eram usadas para rituais.

A datação por radiocarbono do carvão encontrado dentro de uma das estruturas indica que foram contruídas por volta de 5.000 a.C.

“O fenómeno mustatil representa um desenvolvimento notável da arquitetura monumental, já que centenas destas estruturas foram construídas no noroeste da Arábia”, escreveram os investigadores, de acordo com o LiveScience. “Esta paisagem monumental representa uma das primeiras formas em grande escala de construção de estruturas de pedra monumentais em qualquer lugar do mundo.”

As estruturas são feitas de paredes baixas de pedra que formam o que parece um portão de campo visto de cima. Variam em tamanho, com alguns a medir menos de 15 metros de comprimento e o maior cerca de 616 metros.

Quando construídos pela primeira vez, muitos dos mustatils teriam uma plataforma em cada extremidade do “retângulo”. Na plataforma de um mustatil, os cientistas descobriram uma pintura com desenhos geométricos. O design da pintura “não é conhecido atualmente noutros contextos de arte rupestre” na região.

Poucos artefactos foram encontrados dentro dos mustatils, sugerindo que as estruturas não eram ocupadas ou usadas durante todo o ano. Além disso, “as longas paredes são muito baixas e normalmente não têm pontos de entrada óbvios e, portanto, não parecem ser funcionais como algo como currais de animais”, escreveu a equipa.

Ainda assim, se os mustatils eram locais de rituais, ainda não é claro que tipo de rituais teriam acontecido lá.

Hoje, as estruturas são encontradas em vários lugares muito áridos, incluindo o deserto de Nefud ao sul, bem como campos de lava inóspitos e áridos. Porém, se as estruturas realmente foram construídas por volta de 5000 a.C., foram usadas quando o clima na Arábia Saudita era mais húmido do que é hoje.

Na época, as pessoas tendiam a ser pastores, dependendo de rebanhos de animais domesticados para se alimentar, enquanto caçavam alguns animais selvagens. Assim, os mustatils podem ter sido uma forma de as pessoas marcarem o seu território. Os mustatils podem “representar uma manifestação da crescente territorialidade que se desenvolveu, induzida por fatores como a competição por pastagens nos ambientes desafiadores e imprevisíveis da Arábia”, escreveram. Mesmo quando o clima na Arábia era mais húmido, “o ambiente seria altamente sazonal e teriam ocorrido secas”.

Este estudo foi publicado este mês na revista científica The Holocene.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Jogador admite: "Escrevi uma frase racista"

Danilo Avelar está fora dos relvados há muito tempo, começou a jogar mais online e foi expulso. Corinthians também deverá castigar o atleta. Danilo Avelar não joga desde outubro de 2020 mas, mesmo longe dos jogos, …

Morreu o ex-Presidente das Filipinas Benigno Aquino III

O ex-Presidente das Filipinas Benigno Aquino III morreu hoje, aos 61 anos, depois de ter sido hospitalizado em Manila, disseram familiares aos meios de comunicação social locais. O ex-presidente das Filipinas Benigno "Noynoy" Aquino, herdeiro de …

Turista morre durante caminhada pelo Grand Canyon (e o calor excessivo poderá ser o culpado)

Uma mulher residente no estado de Ohio morreu enquanto fazia uma caminhada pelo Grand Canyon. De acordo com as autoridades, a morte estará relacionada com as temperaturas extremas que se faziam sentir. Michelle Meder, de 53 …

"Não temos condições de avançar". Calamidade prorrogada, Portugal recua no desconfinamento

Portugal vai travar o processo de desconfinamento em todo o território nacional, anunciou o Governo em conferência de imprensa, no final do Conselho de Ministros desta quinta-feira. O conselho de ministros aprovou a prorrogação da Situação …

Túneis nazis em vulcão inativo da Polónia poderão esconder arquivo da Gestapo

Um grupo de exploradores polaco acredita que estes túneis nazis, construídos durante a II Guerra Mundial num vulcão inativo da Polónia, poderão esconder um arquivo da Gestapo. Uma rede de túneis feita pelos nazis num vulcão …

Portugal com duas mortes, 1.556 casos e menos internamentos

Portugal registou nas últimas 24 horas duas mortes associadas à covid-19, 1.556 novos casos de infeções confirmadas, a maioria em Lisboa e Vale do Tejo, uma diminuição nos internamentos em enfermaria e um aumento nos …

Cristiano sai? Juventus tem sete alternativas

Juventus já terá uma lista restrita de possíveis reforços, caso o português deixe Turim durante este verão. Cristiano Ronaldo pode não voltar a jogar pela Juventus e, por isso, o clube de Turim já estuda alternativas …

UNESCO recomenda incluir Veneza na lista de património mundial em perigo

A UNESCO publicou estas recomendações a um mês da próxima sessão do seu comité de património mundial, que se vai realizar na China, de 16 a 31 de julho. Em Veneza, o impacto do turismo de …

No One Britain One Nation Day, (quase) todas as crianças britânicas vão cantar uma canção patriótica

O Governo britânico está a encorajar todas as crianças em idade escolar a cantar uma música patriótica, muito criticada nas redes sociais. O Departamento de Educação do Reino Unido quer que as escolas participem no One …

Descoberta a causa da extinção em massa mais severa dos últimos 540 milhões de anos

A extinção em massa mais dramática nos últimos 540 milhões de anos eliminou mais de 90% das espécies marinhas e 75% das espécies terrestres da Terra. Mas qual foi a sua causa? Embora os cientistas tenham …