Mistério do Apple-1 desvendado. Já sabemos quem escreveu os números de série à mão

O Apple-1 foi o primeiro computador produzido pela Apple, em 1976. Algumas das unidades remanescentes da máquina possuem números de série escritos à mão – e quase 50 anos depois, ninguém sabia ao certo quem os escreveu. Até agora.

Segundo o portal 9to5Mac, Steve Wozniak, co-fundador da Apple que concebeu e montou à mão o primeiro Apple-1, negou que os números tivessem a sua caligrafia.

Seguiram-se Steve Jobs e Daniel Kottke, o empregado encarregado da montagem e teste de algumas das placas de circuito, que também rejeitaram terem sido os autores da inscrição, adensando o mistério.

Uma das hipóteses mais populares deste longo enigma à volta da empresa de Cupertino apontava para Paul Terrell, o proprietário da loja que comprou as primeiras 50 unidades do computador, mas o responsável acabou por também negar.

Para pôr fim à especulação, Achim Baqué, curador do site Apple-1 Registry, que inclui um catálogo de todas as unidades do Registo Apple-1 conhecidas, viajou da Alemanha para os Estados Unidos e recorreu aos serviços da PSA, uma empresa que fornece serviços de autenticação para autógrafos e outras caligrafias manuscritas.

Os peritos recolheram todas as imagens disponíveis do número de série em questão e realizaram uma análise grafológica longa e complexa.

Os resultados, conhecidos três meses depois do início deste trabalho, colocaram um ponto final neste misterioso caso: o autor foi Steve Jobs. Já a razão pela qual o co-fundador da Apple marcou estas unidades é um segredo que ficará por resolver para sempre.

O Apple-1 foi o primeiro modelo de computador produzido pelo gigante da tecnologia.

Chegou às lojas em 1976, tendo sido produzidas apenas 200 unidades. As primeiras 100 tinham o número de série escrito à mão na placa principal no formato “01-00###”.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.