Míssil balístico norte-coreano atinge 2.000 km e reacende a tensão

(dv) KCNA / YONHAP

Lançamento de míssil balístico ICBM da Coreia do Norte a partir de um submarino

Lançamento de míssil balístico ICBM da Coreia do Norte a partir de um submarino

A Coreia do Norte realizou com sucesso o lançamento de um projéctil que aparenta ser um míssil balístico, que voou cerca de 30 minutos, atingindo uma altitude de 2.000 quilómetros.

A Coreia do Norte realizou um novo teste de um míssil, disparado às 05:27 locais deste domingo (21:27 de sábado em Lisboa) a partir da sua base de Kusong, a norte de Pyongyang.

O míssil balístico percorreu 700 km durante cerca de 30 minutos, tendo atingido uma altitude máxima de 2000 km, antes de cair no Mar do Japão. A informação foi avançada pela agência Kyodo, que cita fontes do governo japonês.

A notícia do novo lançamento de um míssil balístico por parte da Coreia do Norte surge após a eleição do novo presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, que expresssou disponibilidade para negociar com a Coreia do Norte o seu programa nuclear, tal como o fizeram nos últimos dias tanto Donald Trump como responsáveis norte-coreanos.

O presidente sul-coreano classificou já este domingo como “perigosa provocação” o lançamento realizado pela Coreia do Norte, o primeiro desde que assumiu o poder.

Moon Jae-In condenou veementemente o lançamento, por esta “provocação” ter ocorrido poucos dias depois da tomada de posse de uma nova administração na Coreia do Sul, declarou o porta-voz presidencial Yoon Young-chan.

“Preocupados com escalada da tensão”

A China e a Rússia estão “preocupadas com a escalada de tensão na península coreana, após o lançamento de um míssil pela Coreia do Norte em violação das resoluções da ONU”, afirmou este domingo o Kremlin.

Durante um encontro, em Pequim, o presidente russo, Vladimir Putin, e o seu homólogo chinês, Xi Jinping, “discutiram em detalhe a situação na península coreana”  e “as duas partes exprimiram a sua preocupação para com uma escalada de tensão”, declarou o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov, aos jornalistas.

“O mundo deve renunciar ao uso de retórica bélica para resolver os problemas da atualidade”, afirmou Vladimir Putin à margem do fórum “Um Cinturão e uma Rota”, que se realiza em Pequim para lançar o projecto “Rota da Seda”. “Não é possível resolver nenhum problema seguindo uma lógica antiga”, acrescentou o presidente russo.

A China já tinha apelado à contenção, reiterando a sua oposição às violações das resoluções do Conselho de Segurança da ONU por parte da Coreia do Norte, num comunicado divulgado pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros chinês.

“Todas as partes envolvidas devem exercer contenção e abster-se de aumentar a tensão na região”, afirmou, poucas horas depois do lançamento do míssil.

A Casa Branca, por seu turno, apelou à adoção de sanções “muito mais fortes” contra o regime de Pyongyang

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Depois do 4-2-4 contra Costa, Rio muda a táctica para conquistar indecisos

A prestação de Rui Rio nos debates televisivos, nomeadamente contra António Costa, correu muito melhor do que se esperava no seio do PSD. O presidente social-democrata jogou ao ataque, "em 4-2-4" contra o líder do …

Jogadores do Porto irritados com fúrias de Sérgio Conceição

Os jogadores do FC Porto estão incomodados com os ataques de fúria do seu treinador, Sérgio Conceição, que em alguns casos já levaram a situações de humilhação pública. O caso mais mediático foi o de …

Prejuízos na TAP agravam-se e podem afastar Neeleman. Governo já procura novo comprador

A TAP apresentou prejuízos de cerca de 119 milhões de euros no primeiro semestre de 2019, um agravamento de 29 milhões relativamente a 2018. São os resultados negativos mais elevados desde a privatização da companhia …

"Deixem as vacas em paz!" Marcado mega churrasco de protesto na Universidade de Coimbra

Continuam a chover críticas à Universidade de Coimbra depois da decisão de banir a carne de vaca das cantinas. Associações do sector da produção bovina apelam a que se "deixem as vacas em paz" e …

Parte do programa do PDR é literalmente igual ao do PSD

O programa eleitoral do PDR para as legislativas de 6 de outubro é "exactamente igual" ao programa do PSD. São parágrafos inteiros e medidas exactamente iguais, diz o Público. Os programas eleitorais do Partido Democrático Republicano, …

Cofina chega a acordo com Prisa. TVI vendida por 255 milhões de euros

A Cofina SGPS anunciou este sábado ter chegado a acordo com a espanhola Prisa para comprar a totalidade das ações que detém na Media Capital, valorizando a empresa em 255 milhões de euros. Em comunicado enviado …

BE é feminista porque "isso é querer igualdade e segurança" (e não queima pontes)

A coordenadora nacional do Bloco de Esquerda assumiu sexta-feira o partido como feminista, explicando que "isso é querer igualdade e segurança" para ambos os sexos, e que é preciso "mudar as regras do jogo em …

O mistério da origem do estanho da Idade do Bronze foi finalmente resolvido

A origem do estanho usado na Idade do Bronze tem sido um dos maiores enigmas da pesquisa arqueológica. Agora, investigadores resolveram parte do quebra-cabeças. Um grupo de arqueólogs da Universidade de Heidelberg e do Centro de …

Votos postais dos portugueses no Reino Unido estão a ser devolvidos aos remetentes

Os correios britânicos estão a investigar "com urgência" a razão pela qual os envelopes com os votos postais dos portugueses residentes no país estão a ser devolvidos aos remetentes, informou hoje uma fonte oficial à …

Fuligem da poluição do ar encontrada na placenta de mulheres grávidas

Manchas de fuligem expelidas de motores de automóveis e centrais de combustíveis fósseis podem ser encontradas no lado fetal da placenta. Uma equipa liderada por cientistas da Universidade Hasselt, na Bélgica, estudou as placentas após o …