Ministra da Saúde espanhola demite-se após escândalo com mestrado

Juanjo Martin / EPA

Carmen Montón, Ministra Saúde espanhola

A ministra da Saúde espanhola, Carmen Montón, demitiu-se esta terça-feira depois de notícias sobre alegadas irregularidades na forma como obteve o seu mestrado.

Carmen Montón, ministra da Saúde espanhola, demitiu-se esta terça-feira por supostas irregularidades no seu mestrado, realizado em 2011 no Instituto de Direito Público da Universidade Rei Juan Carlos (URJC), em Espanha.

A ministra assumiu o cargo há pouco mais de três meses. Esta demissão surge agora numa altura em que Montón tinha recebido o apoio público do presidente do Governo Pedro Sánchez, que ignorou as pressões internas do PSOE. “A ministra está a fazer um trabalho extraordinário e vai continuar a fazê-lo”, disse, citado pelo Diário de Notícias.

Esta segunda-feira, o eldiario.es anunciou que a ministra da Saúde tinha obtido o seu título académico através de várias irregularidades. De acordo com o jornal online espanhol, Montón iniciou o mestrado em Estudos de Género quatro meses após o início oficial do ano letivo e pagou a matrícula três meses depois do prazo.

Depois desta notícia, Carmen Montón convocou uma conferência de imprensa na qual garantiu não ter cometido qualquer irregularidade, tendo admitindo ainda que não se iria demitir – algo que, inclusivamente, reafirmou na terça-feira de manhã em entrevista -à rádio cadena SER.

No entanto, horas depois a URJC confirmou, através de comunicado, que as notas da ministra da Saúde foram manipuladas após o final do mestrado, confirmando a notícia avançada pelo jornal online.

A estação televisiva La Sexta revelou ainda que o trabalho final de Montón tinha textos idênticos aos de outros autores, textos esses que não eram devidamente citados.

Esta sucessão de acontecimentos dos últimos dias fez com que Carmen Montón não resistisse a toda a polémica, acabando por renunciar ao cargo no início da noite desta terça-feira.

Montón é já a segunda baixa do Governo de Sánchez, o segundo membro a demitir-se em pouco mais de 100 dias. O primeiro a demitir-se foi o ministro da Cultura Maxim Huerta, por envolvimento num processo de fraude fiscal.

O líder da oposição, Pablo Casado, está também acusado de deter um diploma irregularmente obtido na mesma universidade.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. A “família” política quer em Portugal, tenha a cor que tiver, quer no resto do Mundo, lêem pela mesma cartilha, devidamente escrita nas suas próprias línguas, por isso é que gente séria e honesta não vai para a política.

  2. O problema é que ingressam cedo na política partidária já com intuitos de fazer carreira. E por isso tentam obter qualificações com batota seja pq frequentam universidades de baixo nível ou recebem benesses por vezes num bom conjunto de disciplinas.
    E o inverso do que devia ser: primeiro qualificarem-se numa boa universidade, trabalharem, e só depois ocuparem cargos governamentais ou de confiança do governo

  3. mais um pais e seus ministros a copiarem o exemplo dos politicos portugueses
    por este andar, é melhor começarem a pagar direitos de autor, assim portugal sai da crise, rssss

RESPONDER

Mudanças climáticas ameaçam 60% das espécies de peixes do mundo

Uma nova investigação levada a cabo por cientistas do Instituto Alfred Wegener, na Alemanha, sugere que as mudanças climáticas podem destruir mais espécies de peixes do que se pensavam anteriormente. Se as temperaturas globais subirem …

Engenheiros desenvolvem célula de combustível duas vezes mais eficiente do que a de hidrogénio

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, desenvolveu um novo processo para uma célula de combustível que funciona com o dobro da tensão das células a combustível tradicionais de hidrogénio. O novo …

Preços das bebidas concertados durante anos. Seis supermercados sob suspeita de cartel

Seis grupos de distribuição alimentar e dois fornecedores de sumos, vinhos e outras bebidas, foram acusados pela Autoridade da Concorrência de concertarem preços durante vários anos em prejuízo do consumidor. "Após investigação, a Autoridade da Concorrência, …

Sindicato denuncia mobilização forçada de médicos para tratar surto de Reguengos de Monsaraz

O Sindicado dos Médicos da Zona Sul (SMZS) denunciou hoje o que diz ser uma “mobilização forçada de médicos” pela Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo para o combate ao surto de covid-19 de …

Novo comboio-bala entra ao serviço na linha Tóquio-Osaka

O mais novo modelo de comboio-bala do Japão - o N700S - entrou ao serviço no dia 1 de julho, numa jornada inaugural de Tóquio a Osaka. A série N700S (sendo que o "S" significa "Supreme") …

Kanye West anuncia candidatura à Presidência dos EUA

O músico norte-americano Kanye West anunciou este sábado, Dia da Independência dos Estados Unidos, a sua candidatura à Casa Branca, depois de ter apoiado anteriormente o atual Presidente e candidato à reeleição, Donald Trump. "Agora devemos …

Vídeo revela, pela primeira vez, como é que o cérebro se livra dos neurónios mortos

Uma equipa de cientistas conseguiu usar, pela primeira vez, uma técnica que "mata" uma célula cerebral isolada e permite observar o processo de limpeza do sistema nervoso em tempo real. A equipa de investigadores conseguiu registar …

Reutilizável, dobrável e esterilizável. Novo "escudo" protege profissionais de saúde

Uma equipa de cientistas desenvolveu, recentemente, um dispositivo dobrável em forma de tenda que atua como um escudo físico para os profissionais de saúde na linha da frente contra a covid-19. A tenda redutora de gotículas …

O Lamborghini mais potente acelera dentro de água. É um iate com 4.000 cavalos

O resultado da primeira colaboração entre a a Lamborghini e os especialistas da Tecnomar é um iate de luxo, com 4.000 cavalos que recria a sensação de condução de um superdesportivo dentro de água. O mais …

Aproxima-se o lançamento do rover Perseverance

O rover Perseverance da NASA está a menos de um mês da data de lançamento prevista para 20 de julho. A missão de astrobiologia do veículo vai procurar sinais de vida microscópica passada em Marte, explorar …